Meu cachorro é feliz? 35 dicas para deixar seu cachorro mais feliz

O segredo da felicidade dos cães passa por muitos cuidados relacionados à saúde mental e física. Separamos 35 hábitos para tornar um cachorro mais feliz
Pit Bull correndo

Saber se o seu cachorro é feliz, é um assunto que todo dono responsável deveria pensar, mas que muitos, infelizmente, ainda negligenciam. Entender o que torna um cachorro feliz é importante para melhorar a qualidade vida dele e também para melhorar a relação entre dono e pet.

É sobre esse assunto que nós falaremos neste artigo. Nele você poderá entender quais são os fatores que determinam a felicidade dos cães e ainda encontrará dicas preciosas de como tornar a vida do seu cão mais feliz.

São 35 cuidados com a saúde do corpo e da mente do seu pet, fáceis de fazer e muito eficazes.

O que torna os cães felizes?

A felicidade é um assunto complexo e que não tem respostas fáceis. Isso vale tanto para as pessoas como para os cães. Porém, os especialistas em comportamento e saúde canina têm boas hipóteses do que pode tornar um cachorro mais feliz.

Para começo de conversa, é preciso entender que a saúde do corpo e da mente estão sempre associadas, especialmente no caso dos cães, que são criaturas sensíveis. Um cachorro com um corpo saudável tende a manifestar um estado emocional positivo, mostrando-se brincalhão, calmo, confiante e afetuoso.

Mas é claro que cuidar apenas do corpo do seu cão não é a solução. Cuidados diretos com a saúde mental, como tornar o ambiente em que o seu cão vive mais agradável, interagir constantemente com ele e fornecer brinquedos de que ele goste, também contribuem muito para melhorar o astral do seu cachorro.

Em resumo, o segredo da felicidade dos cães passa por muitos cuidados diferentes, relacionados à saúde mental e física dos pets. Abaixo você encontrará 35 desses hábitos capazes de tornar um cachorro feliz.

Dicas para tornar seu cachorro mais feliz

1. Forneça uma alimentação de qualidade

Nossa primeira dica é um pouco óbvia, mas não custa lembrar: uma nutrição de qualidade é essencial para manter um cachorro saudável e, consequentemente, mais feliz. E não basta apenas comprar uma ração de qualidade, capaz de atender as necessidades nutricionais do seu pet, conforme a idade, o peso ou outras condições físicas dele.

Os donos também devem estar atentos à frequência e à quantidade em que a ração é oferecida. Os fabricantes costumam fornecer instruções para o consumo da ração, mas o melhor é se informar com o veterinário sobre como alimentar o seu cachorro da melhor forma possível.

2. Aplique todas as vacinas

Os cães estão suscetíveis a diversas doenças, e todas elas impactam no bem-estar deles. Esteja atento ao calendário de vacinação e mantenha todas as vacinas em dia. Proteger o seu cachorro de doenças contagiosas é importante não apenas para a saúde dele, mas também para a sua própria saúde.

3. Mantenha seu cachorro livre de pulgas e carrapatos

Pulgas e carrapatos são um problema frequente em cães e que causa bastante incômodo. Esses parasitas causam ferimentos na pele dos cães, sugam nutrientes importantes e ainda podem ser vetores de doenças perigosas.

Manter tanto o cachorro como o ambiente em que ele vive limpos, é uma maneira eficaz de evitar infestações por parasitas. Lembre-se de tomar medidas contras os parasitas assim que eles surgirem, pois depois que uma infestação de pulgas ou carrapatos começa, pode ser um pouco difícil erradicá-la. Aplique os remédios adequados e procure um veterinário.

4. Forneça água limpa e fresca

Água é vida! Troque constantemente a água do seu cachorro e limpe o bebedouro. Mantenha a água sempre fresca, limpa e ao alcance do seu cachorro.

5. Mantenha a casa segura e limpa

Seu cachorro só poderá se sentir feliz se viver num ambiente seguro e agradável. Além das limpezas regulares, lembre-se de eliminar objetos perigosos ou incômodos para o seu cachorro. Um jardim mal-cuidado, por exemplo, pode esconder insetos transmissores de doenças e objetos cortantes ou enferrujados.

Certifique-se de que seu cachorro está protegido de ameaças externas e de que ele não tem aceso fácil à rua. Tome um cuidado especial com o cantinho em que seu cachorro dorme ou costuma ficar. Faça limpezas regulares, procurando eliminar poeira, parasitas, restos de comida e fezes.

6. Brinque todos os dias com seu cachorro

Cachorros em geral adoram brincar, especialmente se forem filhotes. Lembre-se de interagir constantemente com seu cachorro, pois esses estímulos melhoram muito o estado emocional dele e estreitam os laços entre dono e pet.

7. Lembre-se de dar carinho para seu cachorro

Acredite: o seu cachorro precisa muito do seu carinho, especialmente se ele for de uma raça mais carente. Os cães, ao longo do tempo, se tornaram criaturas sensíveis e muito ligadas aos humanos. Um cachorro que não recebe carinho do seu dono tende a apresentar problemas emocionais e de comportamento, como depressão e estresse.

Sempre que possível, fique com o cachorro no seu colo ou passe algum tempo acariciando ele.

8. Escove os pelos

Os pelos dos cães podem se sujar muito facilmente. Eles podem se tornar morada para parasitas e microrganismos ruins. Especialmente no caso dos cães que soltam muito pelo, a escovação deve ser constante, de 2 a 3 vezes por semana. Para os cães que soltam pouco pelo, o recomendável é escovar pelo menos uma vez por semana.

9. Tose os pelos

Se o seu cão for do tipo que tem muito pelo, a tosa também é uma medida importante para a saúde dele. O excesso de pelo dificulta a mobilidade e aumenta a possibilidade de infestações por parasitas.

10. Ofereça petiscos de vez em quando

Todo mundo gosta de variar na dieta, não é mesmo? Os petiscos são uma forma excelente de surpreender o paladar do seu cão e também são estímulos úteis na hora do treinamento. Tome cuidado apenas para não exagerar na dose. O recomendado é que os petiscos não ultrapassem 10% da alimentação diária dos cães.

11. Torne os passeios mais divertidos

Os cães adoram passear, e os passeios são importantes para manter a saúde deles em dia. Nos passeios, os cães gastam energia, interagem com pessoas e outros animais e saem da rotina.

Você pode, ainda, aproveitar os passeios para aumentar bastante a felicidade do seu cachorro. Procure visitar lugares diferentes, com espaços e objetos divertidos, como parques, praias, trilhas e fazendas. Certifique-se apenas de manter o seu cachorro seguro e próximo de você.

12. Visite regularmente o veterinário

Visitar o veterinário regularmente é uma excelente maneira de prevenir contra doenças e de saber como anda a saúde do seu pet. Procure um veterinário de confiança, com o qual o seu cachorro se sinta confortável.

13. Castrar seu cão é muito recomendável

A castração, ao contrário do que muitos podem pensar, traz múltiplos benefícios aos cães. Ela melhora o temperamento deles e previne contra várias doenças.

14. Ensine truques para seu cachorro

Adestrar o seu cachorro é uma forma interessante de aumentar a interação entre você e de evitar problemas de comportamento. Além disso, é sempre bom exercitar a inteligência do seu cachorro e isso pode inclusive ajudar a retardar a perda de capacidade cognitiva quando os cães chegam
à velhice.

15. Conheça a linguagem do seu cachorro

Os cães são criaturas muito comunicativas, e a maior parte da linguagem deles não é verbal. Entender a linguagem canina é importante para melhorar a relação com o seu cachorro e para entender se ele está feliz ou não.

16. Não deixe seu cachorro sozinho por muito tempo

Os cães são muito ligados aos seus donos e normalmente detestam ficar longe deles. Caso fique muito tempo longe de você, seu cachorro pode desenvolver ansiedade de separação.

Evite ficar muito tempo longe do seu cachorro ou deixe ele com alguma companhia. Se for realmente necessário deixar o cachorro sozinho, procure saber qual a melhor forma de fazer isso.

17. Sua comida não é adequada para seu cachorro

Difícil resistir quando o seu cachorro te pede comida, não é mesmo? Mas deixar ele comer da sua comida não é recomendável. Os cães possuem necessidades nutricionais diferentes das nossas e alguns dos alimentos que costumamos comer são perigosos para os cães.

Procure fornecer a ração adequada e surpreender com os petiscos, como sugerimos acima.

18. Faça petiscos caseiros para seu cachorro

Aproveite os petiscos para divertir a relação com o seu pet e surpreender o paladar dele. Uma dica é investir em frutas seguras para cães, que podem ser congeladas e servidas nos dias quentes.

19. Lembre-se de identificar o seu cachorro

Identificar o cachorro é uma medida que pode evitar muito transtorno. Certifique-se de que ele esteja devidamente identificado na hora do passeio, com uma coleira adequada com o nome dele e o seu telefone. Uma alternativa útil é a aplicação de um chip intracutâneo, que vai permitir que você rastreie facilmente seu cachorro quando ele se perder.

20. Saiba para quem ligar nos momentos de emergência

Outra medida útil para os momentos de emergência é montar uma lista com os telefones de profissionais e estabelecimentos importantes, como veterinários, pet shops e cuidadores de cães.

21. Cuide da boa forma do seu cachorro

A obesidade em cães é um problema sério, que pode levar ao surgimento de doenças como diabetes e artrite. Além de fazer o seu cachorro se exercitar regularmente, lembre-se de não exagerar na alimentação dele.

22. Dê banhos regulares

Os banhos são importante para deixar seu cachorro limpo, livre de parasitas e germes. Você pode levá-lo a um lugar especializado ou dar banho em casa, mas lembre-se de usar produtos de higiene adequados aos cães.

23. Cuide da saúde bucal

Os cães podem apresentar diversos problemas bucais, como tártaro e dentes quebrados. Escove os dentes do seu cachorro regularmente, esteja atento ao estado da boca dele e, se possível, forneça uma alimentação que beneficie a saúde bucal do seu cachorro.

24. Corte as unhas do seu cachorro

Unhas grandes impactam na mobilidade do seu cachorro e podem causar alguns acidentes. Não deixe as unhas do seu cachorro crescerem até encostarem no chão e tome cuidado para não feri-lo na hora de cortar as unhas. Saiba como cortar a unha do seu cão de forma segura.

25. Mantenha as orelhas dele sempre limpas

As orelhas dos cães juntam sujeiras e parasitas com algumas facilidade. Carrapatos, por exemplo, adoram se alojar nessa região e a otite, uma inflamação nos ouvidos cães, é uma doença bastante comum. Limpe as orelhas do seu cachorro uma vez por semana, com algodão e uma solução especial para essa tarefa.

26. Dê brinquedos para ele morder

Os cães, por natureza, adoram usar os seus dentes para morder coisas. Dar brinquedos para se cachorro morder ajudam-no a diminuir o estresse e a manter-se ativo. Certifique-se, no entanto, de que o brinquedo é seguro para seu cachorro.

27. Leve seu cachorro para nadar

A natação para cachorro é um exercício muito potente, capaz de estimular diversas partes do corpo dos pets. Algumas raças, como Poodle e Labrador adoram nadar, enquanto outras não se dão muito bem na água. Para todas elas, no entanto, é necessário que o dono esteja por perto, atento a possíveis acidentes.

28. Converse com ele

Seu cachorro não vai te responder com palavras, mas será capaz de entender alguma coisa do que você disser. Conversar com os cães é uma boa forma de interação, que faz o seu cão se acostumar à sua voz e ao seu temperamento.

29. Leve seu cachorro para visitar amigos

Saia da rotina e leve seu cachorro para ver rostos conhecidos ou para conhecer novos. Visitar amigos e familiares ajuda na socialização dos cães, com pessoas e outros animais também.

30. Proteja do frio e do calor

Tanto o frio em excesso quando o calor em excesso podem ser perigosos para os pets. Os cães adoram sol, por isso, nos dias quentes, hidrate seu cachorro e dê mais banhos. Nos dias frios saiba como protegê-lo, como por exemplo, cobrindo com agasalhos e deixando a casa bem quentinha.

31. Não dê doces para seu cachorro

Os doces são especialmente maléficos para os cães, principalmente por causa do açúcar contido neles. Uma boa alternativa são as frutas permitidas aos cães.

32. Cachorros adoram música

Cães são capazes de reconhecer e gostar de música. O ideal é colocar músicas mais leves e tranquilizadoras.

33. Varie nos brinquedos

Os cães podem se cansar dos brinquedos com o tempo. Varie nos brinquedos e procure aqueles que o seu cão mais gosta.

34. Dê massagem no seu cachorro

A massagem pode aliviar o estresse do seu cachorro e estimular certas partes do corpo dele, como músculos e articulações, ajudando na prevenção de doenças.

35. Seja sempre gentil com seu cachorro

Nossa última dica é algo que todo dono deveria fazer, mas que nem todos fazem. Ser agressivo com seu cachorro impacta na saúde mental dele e é a melhor maneira de tornar o seu cachorro infeliz.

Para torná-lo realmente feliz, você deve ser gentil e carinhoso, procurando demonstrar nos mais diversos momentos o quanto você gosta do seu pet.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *