Tudo sobre a raça Basset Hound

O Basset Hound é uma das raças mais populares e chamativas que existem. Conheça detalhes de seu temperamento, imagens, filhotes, preço e muito mais!
  • Tudo sobre a raça Basset Hound
  • Basset no jardim
  • Basset Hound em pé
  • Basset Hound mostrando a língua
  • Basset na grama
  • Basset Hound branco com manchas marrom
  • Filhote de Basset Hound correndo
  • Basset Hound marrom
  • Basset Hound preto

O Basset Hound é uma das raças mais populares e chamativas que existem. Seu corpo bem estirado, com patas curtas, focinho pronunciado e orelhas realmente longas são características inconfundíveis que fazem com que estes cães não passem despercebidos onde quer que estejam.

Por seu caráter muito obstinado, os Bassets precisam receber uma ótima educação e ser socializados desde filhotes para aflorar a teimosia que observamos em muitos exemplares desta raça.

Se você é um orgulhoso tutor de um Basset Hound ou está pensando em adotar um cãozinho desta raça, não deixe de conhecer suas características físicas e comportamentais. Além disso, também te oferecemos algumas ótimas dicas para você cuidar bem e oferecer uma vida saudável e feliz ao seu Basset Hound.

Índice – você encontrará as seguintes informações nesse artigo:

  1. Ficha técnica
  2. Características da raça
  3. Características físicas
  4. Personalidade
  5. Como cuidar
  6. Saúde
  7. Filhotes
  8. Preço
  9. Dúvidas frequentes
  10. História

Ficha técnica da raça Basset Hound:

Adaptação
Bom para apartamento
Gosta de ficar sozinho
Gosta de outros cachorros
Gosta de gatos
Gosta de estar com a família
Higiene e saúde
Cuidados com a higiene
Riscos com a saúde
Solta pelos
Tamanho
Treinamento
Fácil de adestrar
Necessidade de exercícios físicos
Late muito
Gosta de brincadeiras
Características da raça:

Grupo: Grupo dos Hounds
Altura: 33 a 38 cm para machos e fêmeas
Peso: 30 a 35 kg para machos e 25 a 29 kg para fêmeas
Personalidade: Corajoso, dócil, fiel, persistente, amigável, afetuoso, dedicado, gentil
Expectativa de vida: 10 a 12 anos

Características físicas do Basset Hound

Embora seja baixinho e robusto, o Basset Hound é um cão de aspecto imponente com privilegiada massa muscular, grande força e notável resistência física. Oficialmente, a raça é classificada como de porte médio, que costumam medir entre 33 e 38 cm (altura medida em relação ao solo). O peso corporal considerado saudável para esta raça varia de 25 kg a 35 kg.

O corpo do Basset Hound é bem esticado, tendo um comprimento muito superior à altura. Em toda sua extensão, está coberto por uma pele grossa e elástica, que é revestida por pelos curtos, lisos e densos.

Segundo o padrão da raça, são aceitos exemplares bicolores e tricolores. A cor branca deve estar presente em todos os cães, mas não existem requisitos para a distribuição das manchas, que podem ser pretas ou ter diversas tonalidades de marrom.

A cabeça do Basset Hound é grande e maciça, tendo um formato levemente afilado. O focinho é largo e poderoso, com lábios superiores que caem folgadamente sobre os inferiores e os escondem à simples vista.

O nariz do Basset Hound é quase paralelo à linha superior do seu crânio, porém, a longitude total do focinho não deve superar a do crânio. Os olhos, geralmente, são castanhos escuros ou café, porém, alguns cães podem ser olhos caramelo ou cor de mel.

Sem dúvidas, as enormes orelhas (que podem se mover animadamente com a ação do vento) consistem na característica mais chamativa e encantadora desta raça.

Muitos exemplares exibem várias rugas na testa e perto dos olhos, e papadas na região inferior do pescoço, o que lhes dá um aspecto realmente adorável. A pele abaixo dos olhos (as bolsas) também é um pouco frouxa e, quando o cão é adulto, pode cair deixando ver uma parte da conjuntiva.

Esta característica muito típica do Basset Hound costuma dar um ar tristonho ou comovente a estes cães, convidando a enchê-los de abraços e muitos mimos.

Personalidade e temperamento do Basset Hound

O nariz do Basset Hound possui cerca de 20 milhões de receptores sensoriais, uma concentração inferior apenas aos cães da raça Bloodhound. Esta característica lhes dá não apenas uma extraordinária capacidade olfativa, mas também influencia no seu comportamento.

Se observarmos um Basset passeando pelas ruas, raramente veremos sua cabeça levantada. Estes cães estarão quase todo o tempo com o nariz colado no solo, investigando todos os aromas disponíveis e tentando identificar novas presas.

Isso pode parecer um pequeno detalhe, mas revela um aspecto marcante da personalidade de um Basset Hound. Tratam-se de cães extremamente obstinados, corajosos e fiéis, que possuem um talento nato para a caça e a detecção de narcóticos e outras substâncias ilegais.

Personalidade do Basset Hound
O Basset Hound é corajoso, fiel e possui um talento nato para a caça.

Infelizmente, esta raça ganhou uma injusta má fama de ser teimoso ou desobediente, com certa tendência a fugir de seus lares. Porém, este comportamento costuma ser consequência de uma educação deficiente ou da falta de estimulação física e mental que encontram em seu entorno.

Na verdade, os Basset Hounds se mostram muito carinhosos e divertidos no seu núcleo familiar. Seu caráter é naturalmente equilibrado e bem disposto, o que pode ser canalizado para facilitar seu treinamento.

No entanto, um Basset que não recebe um adestramento positivo ou que é exposto a rotinas sedentárias pode apresentar problemas de comportamento derivados da acumulação de stress, ansiedade ou tédio.

Quando um Basset escapa do seu próprio lar, isso não quer dizer que não tenha amor por seu tutor ou por suas famílias. Simplesmente significa que este cão não encontra formas de exercitar suas capacidades sensoriais, cognitivas e emocionais no entorno de seu lar.

Geralmente, um Basset Hound cria um vínculo muito especial com seus tutores, a quem dedicam sua lealdade e seu senso de proteção.

Como cuidar de um Basset Hound

Como mencionamos, o Basset Hound precisa exercitar seu corpo e sua mente para se manter saudável, forte e ativo. Os passeios diários (de 2 a 3, com 30 a 40 minutos cada) serão essenciais para combater os sintomas da obesidade e conservar um comportamento equilibrado.

Por outro lado, a estimulação mental (por meio de jogos e brinquedos interativos) será indispensável para permitir que seu Basset desenvolva plenamente suas capacidades sensoriais, físicas e sociais.

Esportes como o agility e o mushing não são recomendados para esta raça, graças à sua peculiar contextura física. Porém, o searching pode ser uma atividade muito benéfica para exercitar seu privilegiado olfato.

O adestramento e a socialização também serão cuidados fundamentais para um Basset Hound. Para aprender a se relacionar positivamente com as pessoas e outros animais, seu Basset deve ser socializado desde filhote (logo após completar o primeiro ciclo de vacinas e tratamentos contra parasitos internos e externos (vermes, pulgas e carrapatos).

Já o adestramento será o melhor exercício para ensinar seu Basset a respeitar as normas da casa, bem como para mantê-lo fisicamente e mentalmente bem estimulado.

Quanto à sua higiene, os Bassets requerem cuidados simples para conservar uma pelagem bonita e saudável. Com 1 ou 2 escovações semanais, será possível eliminar os pelos mortos e as impurezas de seus pelos.

Os banhos devem ser dados moderadamente (1 vez por mês ou a cada 6 semanas) para evitar eliminar a oleosidade natural que protege seu corpo.

Para complementar a higiene de seu Basset, é importante estar atento para suas orelhas, pois ele tende a acumular umidade e impurezas nesta região, o que favorece o desenvolvimento de infecções (como a otite canina).

Além disso, é importante limpar diariamente as remelas de seus olhos, além de escovar seus dentes 3 vezes por semana.

Principais riscos com a saúde do Basset Hound

A contextura física do Basset Hound pode nos parecer muito fofa e encantadora, porém, seu corpo extremamente esticado, combinado ao seu elevado peso, torna estes cãezinhos mais vulneráveis a dores e problemas de coluna.

Por isso, é muito importante evitar que seu Basset desenvolva um sobrepeso ou sofram qualquer tipo de acidente, como quedas ou golpes.

Além disso, esta raça também possui predisposição genética a desenvolver as seguintes doenças:

  • Displasia de quadril
  • Displasia de cotovelo
  • Hérnia de disco
  • Glaucoma
  • Conjuntivites
  • Torção gástrica
  • Obesidade

Quando recebem uma adequada medicina preventiva, os Bassets podem levar uma vida saudável e desfrutar de uma expectativa de vida entre 10 e 12 anos.

Para cuidar bem do seu Basset, realize visitas ao veterinário a cada 6 meses, respeite o calendário de vacinação  e não se esqueça dos tratamentos antiparasitários internos (vermífugos) e externos (pipetas, comprimidos mastigáveis, etc).

Filhotes de Basset Hound

Os pequenos Bassets precisarão dormir várias horas por dia para se desenvolverem corretamente. Entre seus 6 e 7 meses de vida, os filhotes experimentarão um crescimento muito acelerado. Porém, só devem ser considerados adultos depois de completar seu 1º ano de vida.

3 filhotes de Basset Hound
Filhotes de Basset Hound

Como são donos de uma personalidade forte e possuem instintos bem marcados, os Bassets devem ser bem educados e socializados desde sua infância. Assim que seu cãozinho chegar ao seu novo lar, será essencial apresentar as normas da casa e evitar reforçar condutas inapropriadas.

Ao completar o primeiro ciclo de vacinas e antiparasitários (entre seu 5º e 6º mês de vida), será o momento ideal para iniciar seu processo de socialização.

Quanto custa um cachorro dessa raça

O preço de um Basset Hound costuma variar segundo sua linhagem, seu sexo e seu canil de origem. Se seu filhotinho for herdeiro de exemplares premiados internacionalmente, seu valor será muito elevado, porque sua genética é muito apreciada no mercado cinófilo.

Atualmente, um filhote de Basset Hound pode custar entre R$1.500,00 e R$4.000,00.

Se você optar por adquirir um Basset Hound em um canil, lembre-se de escolher estabelecimentos confiáveis, que estejam devidamente registrados e cumpram com as normas de segurança e higiene. Não indicamos comprar filhotes diretamente com particulares, em pet shops ou na internet.

Dúvidas frequentes sobre a raça

  1. O Basset Hound late muito?

    Depende muito da educação dada a cada Basset Hound. Como estes cães tem um olfato apurado, podem ser muito reativos quando sentem certos aromas ou percebem estímulos estranhos no seu entorno. Porém, quando bem educados, estes cães mostram um comportamento muito sereno e equilibrado, latindo apenas quando querem expressar algo importante.

  2. Os Bassets se adaptam a viver em apartamentos?

    Os Bassets são cachorros ótimos para apartamentos, desde que seus tutores lhe ofereçam uma adequada estimulação física e mental. Lembre-se que estes cãezinhos são muito inteligentes e sensíveis, por isso, é indispensável proporcionar brinquedos e atividades que exercitem suas habilidades sensoriais e cognitivas.

    Além disso, os passeios diários serão essenciais para controlar seu peso e evitar os sintomas da obesidade.

  3. Os Basset Hounds são sociáveis com outros pets?

    De fato, estes cães não gostam de ficar sozinhos e podem desfrutar enormemente da companhia de outros pets. Porém, devem ser bem educados e socializados para aprender a se relacionar positivamente com as pessoas e com outros animais.

  4. O Basset Hound é um bom cão para crianças?

    Geralmente, os Bassets são muito serenos e se mostram pacientes com as crianças. Porém, não é uma raça indicada para crianças muito pequenas. Por serem tão fortes e sensíveis, podem reagir instintivamente e provocar acidentes, mesmo sem querer.

    Como sempre lembramos, deixar um cão brincar com uma criança requer alguns cuidados preparatórios. Por um lado, as crianças devem compreender que os cães não são brinquedos e podem se machucar. Por outro, seu Basset deve ser socializado e aprender as ordens de obediência básica antes de brincar com crianças ou com outros pets.

História e origens do Basset Hound

O Basset Hound é frequentemente associado à Inglaterra, porém, os especialistas afirmam que a raça nasceu na França, em meados do século XVI. De fato, a primeira menção a estes cãezinhos robustos, esticados e baixinhos foi feita nos escritos do autor francês Jacques du Fouilloux, sobre a caça de texugos.

Por um lado, o termo “Basset” derivaria da palavra francesa “bas”, que significa “anão” ou “baixinho”. Além disso, sabemos que os franceses costumavam levar cãezinhos de patas curtas e potente olfato nas suas jornadas de caça.

Entretanto, estima-se que os Bassets teriam praticamente desaparecido do território francês durante os anos da Revolução Francesa. Por isso, a continuidade da raça acabou sendo definida pelos exemplares sobreviventes no território inglês.

Porém, os Bassets originais não eram tão grandes e robustos como os exemplares que conhecemos atualmente. Os historiadores dizem que o atual Basset deriva dos cruzamentos controlados entre os antigos Bassets com cães da raça Bloodhound, que teriam acontecido em meados dos anos 1800.

A raça fez grande sucesso e rapidamente se expandiu não somente pela Europa, mas também para o continente americano. Por volta de 1900, já existiam diversos exemplares de Basset Hound nos Estados Unidos, e a raça foi oficialmente reconhecida pelo AKC (American Kennel Club) já em 1916.

Inicialmente, por sua privilegiada capacidade olfativa, os Bassets foram utilizados para caçar diferentes mamíferos, como lebres, texugos e coelhos. Porém, a particular beleza desta raça e seu temperamento divertido fizeram com que sua popularidade como cão de companhia crescesse muitíssimo, principalmente durante o século XX.

O Basset Hound conquistou sua máxima fama internacional depois que a famosa marca de calçados “Hush Puppies” adotou a imagem deste cãozinho como seu logotipo oficial.

A partir daí, o Basset Hound se reafirmou como uma das raças mais populares de todo o mundo.