Tudo sobre a raça Poodle

Existem três tipos de poodle e cada um possui característica e personalidade diferentes. Tudo o que você precisa saber sobre essa raça como o seu temperamento, características físicas, fotos, imagens, preço, cuidados e muito mais. Confira!
  • Poodle correndo no mato
  • Poodle filhote andando na grama
  • Poodle anão sorrindo
  • Poodle branco
  • Poodle filhote branco olhando para a câmera
  • Poodle gigante
  • Poodle grande
  • Filhotes de poodle brancos
  • Poodle marrom com a língua
  • Poodle médio branco mostrando a língua
  • Poodle de pelo liso
  • Poodle pequeno em pé com a língua para fora
  • Poodle preto
  • Poodle Standard preto
  • 2 Poodles toy brancos
  • Tipos de Poodle gigante, médio e anão

O Poodle é um dos cães mais populares em todo o mundo. Desde seu nascimento, atravessou fronteiras e conquistou milhões de fãs em diferentes culturas. Você poderá encontrar exemplares desta raça, ou mestiços com parentesco, passeando pelas ruas de quase todos os países.

Seja por sua aparência elegante, por sua notável inteligência ou por seu caráter equilibrado, o fato é que o Poodle é um sucesso indiscutível. E se você está pensando em adotar um Poodle como seu mais fiel companheiro, é importante conhecer suas principais características, origens, cuidados e problemas de saúde. Aproveite para tirar suas dúvidas e conhecer melhor este pequeno grande cão.

Índice – neste artigo você encontrará as seguintes informações:

  1. Resumo sobre a raça
  2. Características do Poodle
  3. Personalidade
  4. Cuidados básicos com o Poodle
  5. Cuidados com a saúde
  6. Dúvidas frequentes sobre a raça
  7. Origem e história

Ficha técnica da raça Poodle:

Adaptação
Bom para apartamento
Gosta de ficar sozinho
Gosta de outros cachorros
Gosta de gatos
Gosta de estar com a família
Higiene e saúde
Cuidados com a higiene
Riscos com a saúde
Solta pelos
Tamanho
Treinamento
Fácil de adestrar
Necessidade de exercícios físicos
Late muito
Gosta de brincadeiras
Características da raça:

Grupo: Grupo dos Toys (Toy) e Grupo dos Não Esportistas (gigante, médio e anão)
Altura média: Gigante: 45 a 60 cm, Médio: 35 a 45 cm, Anão: 28 a 35 cm, Micro Toy: 24 a 28 cm
Personalidade: Inteligente, Treinável, Instintivo, Alerta, Fiel, Ativo
Expectativa de vida: 12 a 15 anos

Características físicas da raça Poodle

Para muitas pessoas, a aparência de um Poodle é quase idêntica a um “cãozinho de pelúcia”. Sua fisionomia dócil e a volumosa pelagem lanosa fazem desta raça um pet irresistível. Tanta beleza é o resultado de muitos padrões estéticos, obtidos durante séculos de evolução e cruzes seletivos entre os melhores exemplares da raça.

Segundo a FCI (Federação Cinológica Internacional), a raça Poodle admite quatro tamanhos ou tipos de cão: gigante, standard (ou normal), anão e toy. Este dado não diz respeito apenas às dimensões de cada animal, mas também influencia nas suas características físicas e nos aspectos de seu comportamento. A variedade toy, por exemplo, foi criada com o único propósito de ser um animal de companhia, dócil e amigável. Enquanto isso, os exemplares standard possuem notáveis comportamentos instintivos de “levante de presas”, que foram herdados de seus antepassados.

Entretanto, todos os tipos de Poodle compartilham as seguintes características físicas:

  • Pelagem: longa, fina e lanosa (com aspecto frisado);
  • Cores de pelagem: admitidos em preto, marrom, cinza, branco, avermelhado fulvo e abricó. Devem ser sempre uniformes, e não malhados;
  • Contextura física fina e elegante;
  • Corpo forte e moderadamente musculoso;
  • Extremidades bem proporcionadas;
  • Cabeça retilínea, olhos escuros amendoados, nariz bem marcado, e expressões faciais distinguidas;
  • Nariz: negra, quando a pelagem do cão é negra, branca ou cinza; marrom, nos cães de pelo também marrom;
  • Peso corporal (adulto): entre 3kg (toy ou anão) e 10kg (gigante);
  • Tamanho (adulto): entre 28cm (toy) e 60cm (gigante).

Personalidade e temperamento do Poodle

Quem já teve a oportunidade de conviver com um Poodle, sabe muito bem o que é contar com um companheiro fiel, carinhoso e muito inteligente. Como se não bastasse seu carisma natural, o Poodle também ocupa o 2º lugar no ranking das raças caninas mais inteligentes, segundo o livro “A Inteligencia dos Cães”, de Stanley Coren. São capazes de aprender com muita facilidade e demonstram uma notável capacidade de memorização.

Além disso, são donos de um caráter dócil, ativo, brincalhão e, ao mesmo tempo, equilibrado. Por isso, o Poodle é considerado uma das melhores raças para conviver com crianças, e também para os tutores de primeira viagem. Costumam se adaptar facilmente à vida familiar, e são compatíveis com uma grande variedade de personalidades.

Outra habilidade destacável desta raça é seu grande sentido de empatia. Um Poodle é capaz de detectar facilmente o estado de animo de todos seus familiares. E rapidamente, utilizará sua fofura e seu afeto para fazer com que você se sinta melhor.

Não se estranhe se seu peludo se mostrar algo desconfiado frente a pessoas e animais desconhecidos. Embora sejam incondicionais com sua família e se mostrem sociáveis com os visitantes, os Poodles possuem um excelente instinto de guarda. Por isso, sempre estarão atentos às presenças incomuns em seu território e prontos para proteger seus seres queridos. Quando bem socializados, rapidamente se mostrarão amigáveis frente a novas pessoas e animais.

Cuidados básicos para cães de raça Poodle

A volumosa pelagem que esta raça ostenta requer muita atenção para se conservar bela e saudável. Entre os cuidados indispensáveis de um Poodle, devem constar as escovações de seus pelos de 2 a 3 vezes por semana. Já os banhos podem ser dados 1 ou 2 vezes ao mês. Além disso, o ideal é levar seu Poodle a um cabeleireiro canino, pelo menos, a cada 2 ou 3 meses.

Ao ser muito sensível e demonstrar grande apego à sua família, o Poodle precisa receber afeto e contar com a companhia de seus seres queridos. Caso contrário, poderá sofrer com quadros de depressão ou ansiedade. Além disso, como são cães muito enérgicos, precisam se exercitar moderadamente todos os dias para liberar tensão e evitar sintomas relacionados ao stress. Realizar 1 ou 2 passeios, entre 20 e 30 minutos com seu peludo, já será suficiente.

Assim como todo cão, o Poodle precisa receber uma alimentação equilibrada para se manter forte, alegre e saudável. Devemos escolher uma ração de boa qualidade e oferecer a quantidade adequada a nosso peludo, de acordo com seu tamanho, peso e idade. Além de evitar oferecer comida humana temperada ou industrializada.

Devemos ressaltar que um Poodle requer especial atenção à sua educação e socialização, para prevenir comportamentos histéricos ou obsessivos, como latir ou chorar excessivamente. O ideal é começar a socializar um Poodle nas suas primeiras 20 semanas de vida. Aproveite que seu melhor amigo é muito inteligente e predisposto para aprender para educá-lo com a ajuda do reforço positivo.

Saúde de um cachorro Poodle

Ainda que seu aspecto possa parecer vulnerável, o Poodle é um cão forte e resistente. Sua expectativa de vida gira em torno de 12 a 15 anos, e dificilmente adoecem.

De fato, apenas 3 patologias são realmente frequentes nesta raça: torção gástrica, doença de Addison e adenite sebácea. Em muito menor escala, os Poodles também podem padecer de epilepsia, catarata, displasia de quadril, distiquíase e entrópio.

Assim como qualquer outro cão, os Poodles precisam receber uma adequada medicina preventiva para ser saudáveis e ter uma boa longevidade. Para preservar a saúde de seu peludo, realize visitas periódicas ao veterinário (de 6 em 6 meses), respeite o calendário de vacinação  e não se esqueça dos tratamentos antiparasitários internos (vermífugos) e externos (pipetas, comprimidos mastigáveis, etc.).

Dúvidas frequentes

  1. O Poodle é um bom cão para as crianças?

    Seu caráter equilibrado e sua intensa energia fazem dele um companheiro perfeito para as crianças em fase de crescimento. Além disso, são capazes de transmitir um afeto incondicional, contribuindo para fortalecer a auto-estima de crianças e adolescentes.

  2. Os Poodles são frágeis e adoecem facilmente?

    Não. Os Poodles podem parecer frágeis, mas são cães fortes e resistentes, suscetíveis a pouquíssimas doenças. Quando recebem uma alimentação equilibrada e uma adequada medicina preventiva, os Poodles dificilmente adoecem e podem viver até 15 anos.

  3. Posso ter um Poodle no meu apartamento?

    Sim, mas sempre dedicando a atenção e o afeto que ele precisa e merece. O Poodle é um cão de porte pequeno/médio, sociável e com grande capacidade de adaptação. Por isso, é uma raça apta para ser criada em ambientes reduzidos, como apartamentos. Porém, precisam se exercitar, ser bem educados e ter a companhia de seus tutores para evitar signos de depressão, ansiedade ou stress.

  4. O Poodle pode conviver com outros cães ou gatos?

    Depende. Introduzir um novo animal no ambiente de seu Poodle requer paciência e conhecimento. Os cães possuem um instinto de guarda inerente a sua natureza, por isso, podem se mostrar desconfiados frente a desconhecidos. Por isso, um novo cão ou gato deve ser apresentado ao seu Poodle, preferencialmente quando um deles ainda é um filhote. Caninos e felinos estabelecem suas noções de convivência durante sua infância.

Origem e história

As origens da raça Poodle ainda conservam um tanto de mistério. Embora estejamos acostumados a associar o Poodle à cultura francesa, não foi possível, até hoje, determinar o país exato de seu nascimento. De fato, esta raça é tão querida que Alemanha, França e Rússia disputam pela proeza de sua criação.

Por um lado, seu nome deriva da palavra alemã “pfudel“, que pode ser traduzida como “poça de água” (uma clara referência às suas notáveis habilidades aquáticas). Na França, o Poodle é chamado de Caniche, assim como na maioria dos países de língua espanhola. Porém, muitos especialistas apontam para o Barbet, um típico cão de água francês, como um possível ancestral do Poodle.

Polêmicas a parte, sabe-se que o Poodle começou a ser retratado durante o século XV, na Europa, e ganhou enorme popularidade na corte do Rei Luis XVI da França, já no século XVI. Inicialmente, acompanhavam exclusivamente os membros da nobreza, e eram utilizados nas atividades de caça recreativa. Quase sempre, ficavam os responsáveis por recolher as presas que caíam sobre as águas, para devolvê-las a seu tutor.

Por muitas décadas, o Poodle foi protagonista de atrações circenses, o que está proibido por lei atualmente. Graças à sua facilidade de aprendizagem e amabilidade, também foi utilizado como cão guia em muitos países. E pode parecer insólito, mas a raça foi treinada como cão militar.

O Poodle começa sua brilhante “carreira” nas exibições caninas somente no final dos anos 1800, ganhando enorme popularidade em todo o planeta. Curiosamente, a raça quase desapareceu dos Estados Unidos por volta de 1920. Somente em meados da década de 30, sua popularidade despontou novamente e o Poodle se instalou, de uma vez por todas, entre os cães mais amados do mundo.