Tudo sobre a raça Labrador

O Labrador ou Labrador Retriever é um dos cães mais queridos e populares de todo o mundo. Confira informações sobre suas características, temperamento, imagens, filhotes e muito mais!
  • Filhotes de Labrador Retriever
  • Labrador Retriever
  • Labrador dormindo
  • Labrador passeando com o dono
  • Labrador deitado na grama
  • Filhote de Labrador preto
  • Labrador brincando na água
  • Tipos de Labrador Retriever preto, chocolate, branco
  • Labrador de cor branca
  • Labrador de cor chocolate
  • Labrador Retriever em pé
  • Labradores no jardim
  • Labrador Retriever preto
  • Preço Labrador

O Labrador ou Labrador Retriever é um dos cães mais queridos e populares de todo o mundo. Além de sua inegável beleza, é dono de uma privilegiada inteligência, grande sensibilidade e de um caráter bondoso, brincalhão e super enérgico. Foi esta poderosa combinação carismática que fez do Labrador um excelente cão familiar.

Porém, é fundamental que os Labradores aprendam a canalizar sua intensa energia, para evitar problemas de comportamento e de saúde. Se você é um orgulhoso tutor de um Labrador Retriever, está pensando em adotar um cãozinho desta raça, ou simplesmente quer saber mais sobre o universo canino, te propomos conhecer as principais características físicas, o comportamento, e os cuidados essenciais para oferecer uma vida saudável e feliz a um cão dessa raça.

Índice – você encontrará as seguintes informações nesse artigo:

  1. Ficha técnica do Labrador Retriever
  2. Características da raça
  3. Aparência física de um Labrador
  4. Personalidade do Labrador
  5. Cuidados básicos
  6. Cuidados com a saúde
  7. Filhote de Labrador Retriever
  8. Quanto custa um filhote de Labrador?
  9. Dúvidas sobre a raça
  10. Origem e História do Labrador Retriever

Ficha técnica da raça Labrador:

Adaptação
Bom para apartamento
Gosta de ficar sozinho
Gosta de outros cachorros
Gosta de gatos
Gosta de estar com a família
Higiene e saúde
Cuidados com a higiene
Riscos com a saúde
Solta pelos
Tamanho
Treinamento
Fácil de adestrar
Necessidade de exercícios físicos
Late muito
Gosta de brincadeiras
Características da raça:

Grupo: Grupo dos Esportistas
Altura média: 55 cm a 60 cm para fêmeas e 57 cm a 62 cm para machos
Peso: 25 a 32 kg para fêmeas e 29 a 36 kg para machos
Personalidade: Inteligente, Extrovertido, Confiante, Gentil, Ágil, Temperamento balanceado, Afetuoso
Expectativa de vida: 10 a 14 anos

Características físicas de um Labrador Retriever

É muito provável que você já tenha visto muitos Labradores passeando pelas ruas de sua cidade. Esta raça registra recordes mundiais de popularidade pela quantidade de exemplares registrados. Trata-se de um cão de porte médio/grande, com corpo musculoso e compacto, que demonstra uma postura nobre, graças ao seu dorso reto e peito profundo.

Os Labradores exibem uma belíssima pelagem composta por 2 capas de pelos curtos, lisos e densos. A capa externa é densa, estando formada por pelos curtos e grossos. Já a capa interna é mais suave e impermeável, permitindo o excelente desempenho destes cães na água. O rabo dos Labradores também é coberto integralmente por pelagem similar ao do resto do corpo, sendo grosso na base e afinado na ponta.

Uma das características físicas mais destacadas desta raça são as expressões faciais simpáticas e gentis que os Labradores revelam em sua cabeça robusta, com focinho largo e bem pronunciado em relação à linha do crânio. Seus olhos são escuros e brilhantes, brindando uma aparência vivaz a sua face. Suas orelhas caídas para frente, lateralmente à sua cabeça, também aportam um alto grau de fofura a estes grandotes.

A seguir, resumimos as principais características físicas de um Labrador Retriever:

  • Altura: entre 54 cm e 60 cm para fêmeas e entre 57 cm e 62 cm para machos;
  • Peso corporal: de 25 kg a 35 kg;
  • Contextura física: corpo levemente alongado e musculoso, com dorso reto, peito profundo, patas fortes e extremidades potentes;
  • Pelagem: abundante, formada por 2 capas (interna e externa) de pelos curtos e lisos;
  • Cores de pelagem: o padrão da raça reconhece exemplares nas cores preto, amarelo e chocolate. A coloração da pelagem deve ser uniforme, porém são aceitos exemplares com manchas brancas no peito;
  • Cabeça: robusta, orelhas caídas para frente paralelamente à cabeça, focinho largo e bem pronunciado, com expressões faciais gentis;
  • Olhos: escuros e brilhantes, nas cores marrom ou café. Os exemplares com olhos claros não cumprem o padrão da raça;
  • Rabo: coberto por abundante pelagem curta e lisa, grosso e musculoso na base, com ponta afinada. O padrão da raça não reconhece exemplares com rabos enroscados ou curvados sobre o dorso do cão.

Clique aqui e confira o padrão oficial do Labrador Retriever de acordo com a CBKC (Confederação Brasileira de Cinofilia).

Personalidade e temperamento do Labrador Retriever

Os Labradores se destacam de todos os outros cães por seu caráter extremamente alegre, ativo e sociável. São cães ativos e divertidos, que adoram nadar e se exercitarem na água, mas também se sentem felizes ao correr livremente pelos campos. Dificilmente, um Labrador saudável recusará uma boa brincadeira, um passeio ou um bom mergulho no mar e na piscina. Por isso, junto ao Golden Retriever, são os cães de companhia preferidos pelas famílias com crianças.

Personalidade do Labrador Retriever
O Labrador Retriever é um cão muito inteligente e adora diversão

Além de sua notável simpatia, o Labrador Retriever também se destaca por sua inteligência e facilidade de aprendizagem. Ocupam o 7º lugar no ranking dos cães mais inteligentes do mundo. Como adoram agradar seus tutores e familiares, os Labradores sempre estarão predispostos a aprender novas tarefas e truques divertidos, para ganhar também uma deliciosa guloseima e uma carícia como reconhecimento de seu esforço.

É importante ressaltar que o Labrador costuma ter uma longa infância, demorando cerca de 2 anos para amadurecer e definir seu caráter. Esta característica é extremamente positiva, pois os torna mais flexíveis na hora de adestrar e sociabilizar, brindando-nos mais tempo para aperfeiçoar os pilares de sua educação. Porém, requer paciência por parte de seus tutores, já que um Labrador se comportará como um filhote hiperativo por muitos meses.

Cuidados essenciais para cães da raça Labrador Retriever

Os Labradores são muito ativos com excelente predisposição para realização de diversas tarefas e esportes caninos. Quando submetidos a uma rotina sedentária, estes cães podem se mostrar constantemente ansiosos, nervosos ou estressados, encontrando uma válvula de escape nas condutas destrutivas. Além disso, os Labradores mostram uma considerável tendência a desenvolver sobrepeso, necessitando se exercitar diariamente para manter sua boa forma. O ideal é passear com seu Labrador de 2 a 3 vezes por dia, com 30 a 40 minutos cada passeio.

Como seu melhor amigo é muito inteligente e sensível, também precisará manter sua mente bem estimulada. O adestramento é o melhor exercício para trabalhar conjuntamente a capacidade física, emocional, social e cognitiva de um Labrador Retriever. Os jogos, brincadeiras e esportes também serão excelente aliados para manter seu Labrador fisicamente e mentalmente ativo, evitando problemas de saúde e de comportamento. E lembre-se que, apesar de sua impressionante sociabilidade, um Labrador também precisa passar por um adequado processo de sociabilização, para aprender a se relacionar positivamente com as pessoas, com outros animais, com seu território e até com seus brinquedos.

A pelagem do Labrador requer cuidados simples para se manter bela e saudável. As escovações deverão ser realizadas de 2 a 3 vezes por semana para eliminar os pelos mortos e as impurezas. É importante utilizar uma escova para cães de cerdas metálicas. Como são muito brincalhões, os Labradores podem se sujar facilmente, mas não devemos exagerar nos banhos para não eliminar a oleosidade natural que reveste e protege seu corpo. O ideal é banhá-los de 1 a 2 vezes por mês, realizando sempre uma escovação prévia ao banho.

E assim como todo cão, o Labrador precisa e merece receber uma alimentação equilibrada para permanecer forte, ativo, feliz e saudável. Recomenda-se escolher uma ração de ótima qualidade como base da nutrição de seu cão, e respeitar as porções diárias segundo seu tamanho, peso e idade. Além disso, você pode consultar seu veterinário sobre o uso de suplementos naturais que ajudem a fortalecer as articulações e melhorar a resistência física de seu melhor amigo.

Saúde do Labrador Retriever

O Labrador Retriever é um cão forte, com uma expectativa de vida entre 10 e 14 anos. Recebendo uma alimentação balanceada, atividade física regular e os devidos cuidados com sua saúde e higiene, terão uma excelente qualidade de vida. Entretanto, esta raça revela predisposição genética a desenvolver certas doenças degenerativas, como a displasia de quadril, catarata, displasia retinal e displasia de cotovelo.

Como costumam ser gulosos e podem se mostrar obsessivos tanto com a comida como com a água, os Labradores são frequentemente diagnosticados com torção gástrica. Também são propensos a sofrer com a obesidade, tornando-se mais vulneráveis a doenças como diabetes e hipertensão.

Em menor escala, também podem se mostrar vulneráveis às seguintes condições:

  • Atrofia progressiva da retina
  • Dermatite piotraumática
  • Entropia

Assim como qualquer outro cão, o Labrador Retriever precisa receber uma adequada medicina preventiva para manter sua boa saúde e desfrutar de sua longevidade. Para cuidar bem da saúde de seu melhor amigo, realize visitas ao veterinário a cada 6 meses, respeite o calendário de vacinação e não se esqueça dos tratamentos antiparasitários internos (vermífugos) e externos (pipetas, comprimidos mastigáveis, etc.).

Filhotes de Labrador Retriever

Peludos, fofos, carinhosos, alegres, curiosos, brincalhões e até um pouco desastrados! Assim são os filhotes de Labradores: simplesmente irresistíveis! Não é a toa que protagonizam grande parte das propagandas e embalagens de produtos destinados aos cães. Além de conquistar corações por suas atuações em filmes, séries, novelas e livros. Quem não se comoveu com as travessuras do pequeno Marley, protagonista do livro e da posterior adaptação cinematográfica de “Marley e Eu“?

Preço do Labrador

O investimento em um filhote de Labrador Retriever dependerá da linhagem e do canil de origem do seu cãozinho. Para te dar uma ideia, adquirir um filhote de Labrador pode custar entre R$1800 e R$6500.

Opte por canis confiáveis, que sejam devidamente registrados, e cumpram com as normas de segurança e higiene. Não é recomendável comprar filhotes diretamente com particulares, em pet shops ou na internet. E uma última dica: você sabia que existem inúmeros cães lindíssimos, de todos os tamanhos e aspectos, esperando por uma 2ª oportunidade de receber o carinho de uma família? Adotar é um ato de amor e todo cão, seja mestiço ou de raça definida, pode aprender e brindar afeto incondicional a seus tutores.

Perguntas frequentes sobre o Labrador Retriever

  1. Posso ter um Labrador em um apartamento?

    Sim! Apesar de seu tamanho e de sua energia, os Labradores podem se adaptar muito bem à vida em um apartamento, principalmente quando recebem o amor de uma família.

    Entretanto, um Labrador Retriever é muito carinhoso e devoto aos seus familiares, precisando receber atenção constantemente para se sentir feliz e seguro. Além disso, você deverá dedicar tempo para passear com seu melhor amigo de 2 a 3 vezes por dia, entre 30 e 40 minutos cada passeio. Lembre-se que um Labrador sedentário pode apresentar problemas de comportamento e desenvolver transtornos psicológicos, como depressão ou transtorno obsessivo compulsivo (TOC).

  2. O Labrador é um bom cão para crianças?

    O Labrador Retriever é praticamente uma criança no corpo de um cão. Poucas raças demonstram tanta energia, paciência, disposição e bondade para acompanhar nossos pequenos em todas suas brincadeiras e aventuras. Além disso, o caráter extremamente fiel, carinhoso e devoto dos Labradores é ideal para transmitir valores fundamentais à formação de um jovem e melhorar sua autoestima.

    Porém, é fundamental ensinar a nossos cães e a nossas crianças a respeitar uns aos outros no momento da diversão, para evitar qualquer acidente. Seu Labrador deverá ser devidamente socializado e aprender os comandos de obediência básica para saber as regras de sua casa e as condutas apropriadas para uma boa convivência. Já as crianças deverão estar conscientes de que os cães são seres vivos e não brinquedos, e entender que as brincadeiras também possuem limites saudáveis.

  3. Um Labrador pode conviver com outros cães ou gatos?

    Se hoje em dia o Labrador é um dos cães mais amados do mundo, é por causa de seu temperamento extremamente sociável. Estes cães estão sempre bem dispostos a conhecer e brincar com as pessoas e com outros animais. Entretanto, todos os cães possuem seu próprio instinto territorial, por isso, você não deve descuidar da socialização de seu Labrador. O ideal é começar a socializar seu melhor amigo a partir de 6 meses de vida, ou após cumprir a primeira fase de vacinação e os tratamentos antiparasitários.

  4. O Labrador realmente gosta da água?

    Sim! Os Labradores são exímios nadadores e gostam muito de brincar na água, ou simplesmente de descansar em suas margens. Se você vive perto de uma praia que seja apta para cães ou possui uma piscina, pode ter certeza que viverá momentos divertidíssimos com seu melhor amigo!

História e origens do Labrador Retriever

Existem muitas polêmicas sobre as origens do Labrador Retriever. Muitos especialistas afirmam que a raça nasceu na ilha canadense de Newfound Land (Terra-nova). Entretanto, a FCI (Federação Cinológica Internacional) reconhece que o Labrador Retriever é originário das ilhas britânicas. Supõe-se que o ancestral direto do Labrador (o chamado “cão de São João” o Saint John’s Dog), foi introduzido na ilha de Newfound Land pelos pescadores britânicos. Neste momento, eram utilizados para arrastar e recolher as redes de pesca.

Em meados do século XIX, alguns exemplares de cães de São João foram levados de volta à Inglaterra, para serem cruzados com outros Retrievers na intenção de dar origem a um exímio cão buscador de caças. Destes cruzamentos seletivos nasceu o Labrador Retriever: uma raça versátil, inteligente e corajosa, que desempenhava com excelência as funções de busca de presas na água ou em terra firme.

Nas primeiras décadas do século XX, o Labrador Retriever foi devidamente reconhecido pelo AKC (American Kennel Club), dando início a sua exitosa carreira em competições de obediência. Rapidamente, por seu caráter, sua devoção e sua inteligência, o Labrador conquistou espaço em diferentes âmbitos e se tornou o cão de serviço mais versátil da história. Hoje em dia, podemos encontrar Labradores desempenhando funções como guias, farejadores, cães de terapia para crianças e adultos, cães de busca e resgate, e, claro, sendo o companheiro mais fiel de famílias ao redor de todo o mundo.