Sempre por perto: As 11 melhores raças de cachorro para companhia

Sempre por perto: As 11 melhores raças de cachorro para companhia

Se você está buscando por um cachorro para companhia, confira a nossa lista com os melhores cães que são apegados ao dono e amigos para a vida toda.

Já faz alguns milênios que os cães são grandes companheiros das pessoas. Pastorear rebanhos, proteger a casa e a família e ajudar na caça de animais selvagens sempre foram, talvez, as suas principais funções. Nos tempos modernos, no entanto, os cachorros se consagraram como excelentes animais de companhia. Ou seja, hoje em dia, o mais comum é que um tutor espere do seu amiguinho de quatro patas tão somente carinho e diversão, sem pedir mais nada em troca.

Neste artigo, nós trataremos das 12 raças mais indicadas para desenvolver a função de cão de companhia. Os animais desta lista se destacam pela sua paciência, lealdade e apego aos tutores, características essenciais para um pet encher um lar de amor e alegria.

  • 01 de 11

    Golden Retriever

    Golden Retriever com criança

    O Golden Retriever é a prova de que não são apenas os pequeninos que podem ser excelentes cães de companhia. Os animais dessa raça são muito conhecidos pela sua paciência e lealdade. Não é à toa que são muito aproveitados como cães-guia.

    Mas Golden Retrievers também cheios de energia e adoram uma aventura ao ar livre. Ou seja, esse é um cão ideal para aqueles que desejam uma companhia para programas mais emocionantes do que, digamos, uma maratona de séries no fim de semana.

  • 02 de 11

    Poodle

    Poodle branco

    Os Poodles são umas das mais famosas raças de cão de companhia. Mas se engana quem acha que eles são apenas criaturinhas fofas, que querem apenas ficar no colo de seus donos. Os Poodles são uma das raças mais inteligentes que existem. Eles também são cheios de determinação e não têm medo de encarar o perigo. Além disso, o seu pelo hipoalergênico é ideal para quem tem alergias respiratórias.

  • 03 de 11

    Shih Tzu

    Shih Tzu filhote

    O Shih Tzu encanta as pessoas com sua adorável companhia há bastante tempo. Eles eram os preferidos de antigos aristocratas na China e desenvolveram muito bem as características típicas de um cão de companhia: são afetuosos, sociáveis e cães muito fieis aos seus donos. Para manter seu aspecto gracioso, no entanto, são necessários alguns cuidados básicos, como escovação e banho.

  • 04 de 11

    Yorkshire Terrier

    Yorkshire em pé nas plantas

    O Yorkshire Terrier parece ser o típico “cachorrinho de madame”, mas eles também possuem uma personalidade forte. Usados muito tempo atrás como caçadores de ratos, esses cães peludinhos carregam até hoje um certo instinto selvagem, mas sem deixar de ser um excelente pet de companhia.

  • 05 de 11

    Pug

    Pug deitado no sofá

    Sabe aquele tipo preguiçoso, mas simplesmente irresistível? Pois é, assim é o Pug. Quem cria um cão dessa raça sempre busca estar o máximo possível perto dele, e o Pug realmente não é de dispensar uma boa companhia.

    Afetuosos e muito pacientes, sem deixar de serem também alegres, os Pugs são ideais para quem gosta de passar umas horas jogado no sofá ao lado do seu pet.

  • 06 de 11

    Chihuahua

    Rosto do Chihuahua

    Os Chihuahuas são cães de companhia clássicos. Minúsculos, cheios de energia e muito apegados aos seus donos, eles conseguem derreter até o mais duro dos corações. E para quem deseja um cãozinho para segurar no colo, eles também são ideais, já que adoram ficar pertinho dos seus “humanos de estimação”.

    Mas é claro que não se deve exagerar muito na dose. Todos os cães, mesmo os menores e mais caseiros, precisam de exercícios físicos regulares, o que inclui um pequeno passeio pela vizinhança.

  • 07 de 11

    Bulldog Francês

    Bulldog Francês preto

    O Bulldog Francês pode até ter uma carinha de mal, mas ele é um cachorro de companhia de longa data. Eles foram desenvolvidos especialmente para esse fim, e por isso são tão tranquilos e apegados aos seus tutores. Tamanho apego, no entanto, pode ter o seu lado negativo: se deixado só por muito tempo, o Bulldog Francês pode sofrer com a ansiedade por separação.

  • 08 de 11

    Maltês

    Maltês olhando para câmera

    Muito alegres e companheiros, os Malteses também são outra excelente opção para quem busca um amiguinho de quatro patas. Eles adoram estar perto dos seus donos e fazer jus ao posto de uma das raças de cachorro mais fofas. Ainda que possam parecer frágeis, os Malteses na verdade têm uma saúde invejável e vivem bastante frequentemente alcançando os 15 anos de vida.

  • 09 de 11

    Dachshund

    Dachshund arlequim

    Só a aparência do Dachshund já nos dá vontade de dar um abraço apertado e brincar bastante com ele. Também conhecidos como “salsichinha”, devido ao corpo comprido e as perninhas curtas, os animais dessa raça possuem uma energia contagiante e estão sempre em busca de diversão. Outra qualidade do Dachshund é que seu pelo é de fácil manutenção.

  • 10 de 11

    Boston Terrier

    Boston Terrier em pé feliz

    O Boston Terrier tem um passado meio sombrio. Resultado do cruzamento entre antigos cães de briga, a raça também foi usada nessa triste atividade nos seus primeiros anos de existência. Mas depois que se mudou para a cidade de Boston, nos EUA, ela foi ganhando pouco a pouco as características de um gentil cachorro de companhia. Hoje, felizmente, o Boston Terrier compete apenas pelo carinho dos seus tutores.

  • 11 de 11

    Lulu da Pomerânia

    Lulu da Pomerânia marrom

    O Lulu da Pomerânia possui a elegância de um leão com sua juba, mas também poderia ser confundido com um pom-pom. Como cães de companhia, sabem agradar bem aos seus tutores, com muito companheirismo e com todos os truques que são capazes de aprender.

Eles também precisam de companhia

As raças que apresentamos aqui são ideais para fazer companhia graças ao seu apego aos seres humanos. E mesmo que algumas sejam mais calminhas, como o Pug, e outras mais agitadas, como o Chihuahua, todas elas sabem conquistar o coração dos seus tutores com muito carinho e diversão.

Por outro lado, quem procura a companhia de um cão também deve se lembrar que eles também gostam (e precisam) muito da companhia humana. Cães mais apegados aos tutores tendem a sofrer bastante com a separação e a solidão, e normalmente precisam de doses generosas de afeto para se sentirem bem.