Tudo sobre a raça Chihuahua

O Chihuahua é a menor raça de cães de todo o mundo, e conquistou milhares de fãs por meu olhar meigo e jeitinho muito especial. Confira suas características físicas, personalidade, quanto custa, imagens e muito mais.
  • Tudo sobre a raça Chihuahua
  • Chihuahua fundo preto
  • Chihuahua branco
  • Chihuahua pelo longo
  • Chihuahua marrom sentado
  • Chihuahua sentado
  • Perfil Chihuahua
  • Chihuahua branco brincando na grama
  • Chihuahua em pé
  • Chihuahua marrom
  • Chihuahua preto
  • 5 Chihuahua de cores diferentes
  • Rosto do Chihuahua

O Chihuahua é a menor raça de cães de todo o mundo, e conquistou milhares de fãs por meu olhar meigo e jeitinho muito especial.

Estes simpáticos cachorrinhos são tão queridos e carismáticos que ganharam seu lugarzinho especial na vida de muitas celebridades e pessoas famosas por todo mundo.

Se você está pensando em adotar ou já é um orgulhoso tutor de um Chihuahua, te convidamos a conhecer as principais características físicas e comportamentais destes curiosos cãezinhos, além de saber quais são os cuidados essenciais para proporcionar uma vida feliz e saudável ao seu cãozinho.

Índice – você encontrará as seguintes informações nesse artigo:

  1. Ficha técnica do Chihuahua
  2. Características da raça
  3. Características físicas
  4. Personalidade do Chihuahua
  5. Como cuidar de um Chihuahua
  6. Problemas de saúde de um Chihuahua
  7. Filhote de Chihuahua
  8. Quanto custa um Chihuahua?
  9. Dúvidas sobre a raça
  10. História e Origem

Ficha técnica da raça Chihuahua:

Adaptação
Bom para apartamento
Gosta de ficar sozinho
Gosta de outros cachorros
Gosta de gatos
Gosta de estar com a família
Higiene e saúde
Cuidados com a higiene
Riscos com a saúde
Solta pelos
Tamanho
Treinamento
Fácil de adestrar
Necessidade de exercícios físicos
Late muito
Gosta de brincadeiras
Características da raça:

Grupo: Grupo dos Toys
Altura: de 15 cm a 23 cm para machos e fêmeas
Peso: de 1 kg a 5 kg para machos e fêmeas
Personalidade: Dedicado, Vivaz, Alerta, Rápido, Corajoso, Territorial
Expectativa de vida: 12 a 20 anos

Características físicas do Chihuahua

O Chihuahua é um cão pequeno e compacto, de tipo toy, que demonstra grande agilidade em seus movimentos.

Para falar sobre as características físicas desta raça, devemos mencionar que existem 2 tipos de Chihuahua: o Chihuahua “cabeça de maçã” e o Chihuahua “cabeça de veado”.

O Chihuahua “cabeça de maçã” é o mais conhecido e popular em todo o continente americano. Evidentemente, seu nome deriva do formato de sua cabeça, que é muito similar ao de uma maçã.

Suas orelhas são grandes (em comparação com o tamanho do seu corpo) e estão bem distanciadas entre si. Já seus olhos são globulares e um tanto esbugalhados.

Por suas expressões faciais meigas e por seu corpo pequeno e fino, estes cãezinhos tem um ar doce e um aspecto frágil. Cabe destacar também que o rabo destes Chihuahuas se dobra sobre o dorso do cão.

Por outro lado, o Chihuahua “cabeça de veado” é maior, mais alto e mais robusto que os exemplares “cabeça de maçã”.

Sua cabeça alongada e com traços suaves se assemelha a de um pequeno veado, o que explica seu nome popular. Sua aparência também é delicada e meiga, porém, não predomina o aspecto frágil do Chihuahua “cabeça de maçã”.

Os dois tipos de Chihuahuas podem exibir pelagens curtas ou longas, mas sempre lisas e suaves.

O padrão da raça aceita Chihuahuas de qualquer cor, desde uniformes em branco, preto, café, chocolate ou creme, até tigrados e tricolores com linhas ou manchas.

A seguir, resumimos as principais características físicas da raça Chihuahua:

  • Tamanho (altura em cruz): machos e fêmeas tem tamanhos parecidos, de 15 cm a 25 cm;
  • Peso corporal: de 1 kg a 3 kg;
  • Contextura física: corpo levemente alongado, compacto e musculoso, dorso curto e forte, patas curtas e fortes;
  • Pelagem: 2 tipos de pelagem – curto e longo, mas sempre com pelos lisos;
  • Cores de pelagem: o padrão da raça aceita qualquer cor de pelagem, desde uniformes em branco, preto, café, chocolate ou creme, até tigrados e tricolores com linhas ou manchas;
  • Cabeça: pode ser formato “maçã” ou “veado”, com focinho afilado e levemente pronunciado em relação à linha do crânio. Suas expressões faciais demonstram simpatia e doçura;
  • Olhos: globulares, ressaltados e brilhosos, sempre em cores escuras;
  • Nariz: pequena e preta;
  • Rabo: fino, geralmente dobrado sobre o dorso do cão.

Temperamento e personalidade do Chihuahua

O Chihuahua é uma raça versátil, que não possui um temperamento bem definido. Isso quer dizer que o comportamento de um Chihuahua depende fundamentalmente da educação e do ambiente que seus tutores lhe oferecem.

Geralmente, os Chihuahuas são corajosos e intrépidos, estando sempre bem dispostos para encarar uma aventura junto a seus familiares.

Porém, alguns exemplares podem ser mais tranquilos e caseiros, preferindo o conforto de sua caminha aos estímulos do exterior.

Personalidade do Chihuahua
O Chihuahua é uma raça versátil, que não possui um temperamento bem definido.

Esta raça costuma ser extremamente devota e carinhosa com seus familiares, porém, podem se mostrar desconfiados com pessoas e animais estranhos.

Apesar de seu reduzido tamanho, são cães dominadores e valentes, com muita tendência a desenvolver comportamentos possessivos ou ciumentos em relação à sua família e ao seu território.

Não pensarão 2 vezes antes de encarar animais de maior porte para proteger seus entes queridos. De fato, os Chihuahuas parecem não ter a mínima noção de seu próprio tamanho ou força.

Por isso, precisam ser bem educados e socializados desde filhotes para aprender a se relacionar positivamente com outros indivíduos.

Como cuidar de um Chihuahua

Os Chihuahuas são cães ativos e inquietos, que precisam de uma boa dose de exercícios diários para não se mostrarem nervosos ou estressados.

Por isso, são necessários 2 passeios diários, com 20 a 30 minutos cada, para permitir que gastem energia e conservem um comportamento equilibrado.

Também são essenciais os jogos interativos e brinquedos interessantes para estimular a mente de seu Chihuahua, mesmo quando você não esteja em casa.

Quanto à sua higiene, os Chihuahuas requerem cuidados bem simples: com 1 ou 2 escovações semanais, você conseguirá manter sua pelagem limpa e sedosa. Os Chihuahuas podem ser banhados 1 vez a cada 2 meses.

É importante não exagerar nos banhos, pois são cães extremamente sensíveis ao frio e que precisam conservar a oleosidade natural de seu corpo para se protegerem.

Para complementar a higiene de seu Chihuahua, lembre-se de limpar diariamente as remelas que podem se formar em seus olhos, além de escovar seus dentes de 3 a 4 vezes por semana.

Outro cuidado fundamental de um Chihuahua diz respeito à sua educação e socialização. Estes cãezinhos são territoriais e podem desenvolver comportamentos histéricos ou possessivos com muita facilidade.

Por esta razão, o ideal é começar a socializar seu Chihuahua durante sua infância, preferencialmente antes de seus 6 meses.

Além disso, o adestramento será indispensável para evitar a teimosia e o “excesso de valentia” que caracteriza muitos exemplares desta raça.

Como todo cão, o Chihuahua precisa receber uma alimentação equilibrada de excelente qualidade para se manter ativo, forte e saudável.

Escolha sempre uma ração de boa qualidade e lembre-se de respeitar as porções diárias de acordo com o tamanho, o peso e a idade de seu cão. Não exagere nas guloseimas, pois os Chihuahuas tem muita tendência à obesidade.

Principais problemas de saúde do Chihuahua

Os Chihuahuas podem parecer super sensíveis e frágeis, mas estão entres as raças mais longevas do mundo. Sua expectativa de vida pode chegar aos 20 anos de idade, desde que sejam tomados os devidos cuidados e com uma excelente medicina preventiva.

Porém, as seguintes condições podem ser diagnosticadas eventualmente nesta raça:

  • Epilepsia
  • Hérnia de disco
  • Hipoglicemia
  • Estenose pulmonar
  • Luxação de patela
  • Glaucoma
  • Hidrocefalia
  • Hemofilia
  • Problemas cardíacos

É importante lembrar que todo cão, independente de sua raça ou idade, precisa receber uma adequada medicina preventiva para manter sua boa saúde e desfrutar de uma longevidade privilegiada.

Para cuidar bem de seu Chihuahua, realize visitas ao veterinário de 6 em 6 meses, respeite o calendário de vacinação  e não se esqueça dos tratamentos antiparasitários internos (vermífugos) e externos (pipetas, comprimidos mastigáveis, etc).

Filhotes de Chihuahua

Uma Chihuahua fêmea, por cada gestação, costuma parir entre 3 e 4 filhotes, mas a ninhada pode chegar a 7 cachorrinhos. Estes pequeninos terão um crescimento acelerado até seus 6 ou 7 meses, porém, só se tornarão adultos a partir do 1º ano de idade.

8 filhotes de Chihuahua em uma cesta rosa
Filhotes de Chihuahua

É fundamental contar com o acompanhamento de um médico veterinário durante toda a gestação e desde os primeiros dias de vida dos filhotinhos.

Lembre-se que a saúde dos filhotes é mais vulnerável que a dos cães adultos, pois seu sistema imunológico ainda não está completamente desenvolvido.

Preço do Chihuahua

O investimento em um filhotinho de Chihuahua depende fundamentalmente de sua linhagem, seu sexo e do canil de origem.

Por exemplo: se um cãozinho é filho de progenitores premiados internacionalmente terá um valor bem elevado, pois sua genética é muito apreciada.

Hoje em dia, um filhote de Chihuahua pode custar entre R$ 1.000,00 e R$ 8.000,00.

Não indicamos comprar filhotes diretamente com particulares, em pet shops ou na Internet.

Perguntas frequentes sobre o Chihuahua

  1. O Chihuahua late muito?

    Sim! Estes cãezinhos são barulhentos por natureza e costumam latir muito, principalmente durante o dia. Latem, correm, saltam e pedem atenção constantemente. Por isso, seus tutores devem educá-los desde chegada ao novo lar e evitar atitudes super protetoras, como o excesso de colo e de consentimento. Um Chihuahua superprotegido ou mimado pode representar um risco para si mesmo, e um problemão para seus tutores.

  2. O Chihuahua solta muito pelo?

    Não! Os Chihuahuas soltam poucos pelos e requerem cuidados simples com sua higiene. Porém, as escovações semanais são essências para eliminar os pelos mortos e as impurezas de sua pelagem.

  3. O Chihuahua se adapta bem aos apartamentos?

    Sim, o Chihuahua é um excelente cão para ambientes reduzidos como os apartamentos. Apesar de ser hiperativo, seu pequeno tamanho permite que gaste energia facilmente, correndo pelo apartamento e passeando 2 vezes por dia.  Além disso, são cães muito sensíveis ao frio que se mantem mais saudáveis em ambientes internos, com exposição moderada ao ar livre.

    Porém, os Chihuahuas são extremamente apegados aos seus tutores e precisam de sua atenção constante. Além disso, é essencial manter seu Chihuahua mentalmente estimulado durante sua ausência para evitar os comportamentos destrutivos causados pela ansiedade por separação.

  4. Os Chihuahuas são bons cães para crianças?

    Apesar de ser conhecido como “cão de único dono”, o Chihuahua costuma se sentir cômodo em um núcleo familiar. Esta raça não é indicada para crianças muito pequenas, pois podem se machucar facilmente e reagir negativamente para se defender. Porém, podem ser excelentes companheiros para crianças maiores de 10 anos e adolescentes.

    Como sempre ressaltamos, todo cão deve ser socializado e ter aprendido os comandos básicos de obediência antes de brincar com crianças ou com outros pets. Independente de sua raça, tamanho, idade ou raça, os cachorros precisam aprender a se relacionar com outros indivíduos e compartilhar seu território de forma positiva.

  5. Os Chihuahuas podem conviver com outros pets?

    Como te explicamos, os Chihuahuas são cães pequenos, mas com notável comportamento territorial e dominador. Por isso, costumam se mostrar muito desconfiados frente a animais desconhecidos. Porém, quando socializados desde filhotes, podem conviver bem com outros pets, principalmente com cães pequenos ou da mesma raça.

Origem e história do Chihuahua

O Chihuahua desperta certa polêmica sobre seu nascimento. Hoje em dia, alguns especialistas dizem que esta raça poderia ser originária da China e que teria sido trazido ao “Novo Mundo” pelos navegantes espanhóis.

Porém, a hipótese mais aceita afirma que estes cães são originários do México, mais especificamente da cidade de Chihuahua, e que seu nome quer dizer literalmente “lugar árido e arenoso”, fazendo referência justamente a seu local de nascimento.

Conta-se que seus antepassados foram capturados e domesticados pelos povos indígenas durante o império da civilização Tolteca.

De fato, a história dá um ponto a favor desta teoria, já que foram descobertas diversas pinturas de cães muito parecidos aos atuais Chihuahuas na região de Tula (onde hoje se encontra a cidade de Chihuahua).

Na civilização Asteca, estes cãezinhos acompanhavam a quase todas as famílias e eram cremados junto a seus familiares. Porém, também poderiam ser sacrificados para honrar os deuses e servir de alimentos em épocas de escassez.

Depois da conquista espanhola, os Chihuahuas foram abandonados e praticamente desapareceram. Porém, por volta de 1850, foram encontrados 3 exemplares destes pequenos cãezinhos justamente na cidade de Chihuahua.

Inicialmente, a raça ganhou pouca atenção nos Estados Unidos, porém, sua popularidade aumentou quando Xavier Cugat (o famoso “rei da rumba”) deu a conhecer seu mais fiel companheiro: um belo exemplar de Chihuahua mexicano.

A partir daí, os Chihuahuas viraram um verdadeiro sucesso no continente americano e, até hoje, permanece como uma das raças mais populares como cães de companhia.