Confira 9 alimentos tóxicos e perigosos para os cães

Você sabe quais alimentos são tóxicos para seu cachorro? Separamos uma lista com 9 alimentos que você não deve oferecer de jeito nenhum ao seu pet. Confira!

Você sabia que alguns alimentos são tóxicos para seu cachorro? Se você é dono de um pet, provavelmente já vivenciou a seguinte situação: ao começar a comer um alimento delicioso, você se depara com o seu cãozinho com aquela cara de poucos amigos querendo um pedaço. E nós sabemos que as vezes é difícil resistir a tamanha fofura e ao olhar “pidão”.

Cavalier King Charles Spaniel com o olhar “pidão”

No entanto, nem sempre o que comemos pode ser oferecido aos cães. Alguns alimentos simples que para nós são deliciosos, como o chocolate e alguns tipos de frutas, são tóxicos para os cachorros, podendo causar alergias graves e até mesmo levar o cãozinho à morte. Por isso os tutores devem ter muito cuidado.

Estes alimentos são perigosos pois muitas vezes o organismo dos cães não consegue metabolizar e digerir as substâncias de forma correta. Além disso, algumas comidas têm muita gordura e excesso de carboidratos, o que pode causar danos ao pet. Outro ponto são as frutas que possuem sementes, que podem ficar presas no estômago do cãozinho, sendo necessário tamanho cuidado.

Por isso, neste artigo, nós vamos mostrar para você 9 alimentos tóxicos e perigosos para os cães. Logo, você vai conseguir entender o porquê eles apresentam riscos para seu amiguinho e o motivo que você não deve oferecê-los de jeito nenhum. Caso o animal chegue a ingerir algum dos alimentos presentes neste artigo, leve-o ao médico veterinário. Boa leitura!

Os 9 alimentos mais perigosos para os cães

1 – Chocolate

O chocolate é um alimento rico em carboidratos e açúcares, logo, pode causar sobrepeso nos animais devido ao excesso de calorias. Mas o perigo do chocolate não acaba por aí. Esse alimento contém em sua composição a teobromina, uma substância que tem um alto potencial tóxico para a saúde dos cães.

Dependendo da quantidade de chocolate que o seu cãozinho comer, ele pode ter alguns efeitos colaterais, como a intoxicação. Os sinais que ele pode apresentar quando está intoxicado por chocolate são: vômito, agitação, tremor, convulsão e reações cutâneas.

Cachorro olhando para barra de chocolate
Cachorro olhando para uma barra de chocolate

Veja também: Cachorro pode comer bolo?

2 – Alho e cebola

O alho e a cebola são muitas vezes indispensáveis nas comidas caseiras. Por isso, pode ser muito perigoso você compartilhar a sua comida com o seu cãozinho.

O alho e a cebola têm em sua composição a alicina, um princípio ativo que pode vir a romper as células vermelhas no sangue do animal. Se essas células são rompidas, o animal pode apresentar um quadro de anemia e danos aos rins. Ao ingerir o alho e a cebola, o pet pode ficar com fraqueza, dor no estômago e sangue na urina.

3 – Abacate

O abacate é uma fruta deliciosa para os humanos, mas muito perigosa para os cães. Infelizmente, o abacate é danoso para os cãezinhos devido as toxinas presentas na casca e polpa.

O abacate é tão perigoso que se o animal ingerir uma grande quantidade, ele pode ficar sufocado e sofrer um bloqueio intestinal. Além disso, essa fruta é rica em gordura, logo, ela pode provocar vômitos e pancreatite no seu cãozinho.

4 – Uvas

A uva pode causar problemas sérios nos cães devido as toxinas e substâncias presentes na fruta. Além disso, produtos derivados da uva, como o suco, também são perigosos.

Ao ingerir, o cachorro pode ter vômito, diarreia e insuficiência hepática. A ação das toxinas são tão rápidas que o animal pode começar a apresentar um quadro de diarreia após algumas horas.

5 – Laticínios

Dar um pouco do seu sorvete ou algum outro derivado do leite para o seu cãozinho pode parecer inofensivo. Mas infelizmente a maioria dos cães são intolerantes à lactose. Com isso, ao ingerirem qualquer derivado do leite, eles podem ter gases e diarreia devido ao alto teor de gordura presente no leite. Logo, é importante que o tutor evite laticínios.

6 – Frango

É comum os tutores pensarem que qualquer fonte de proteína é saudável e segura para os cães. No entanto, o frango pode ser perigoso por alguns motivos. O principal deles são os ossos presentes na carne do frango, que ao serem ingeridos, podem obstruir e perfurar o estômago do seu cãozinho, causando dor e desconforto. Além disso, alguns temperos presentes no frango cozido podem fazer mal ao seu peludo.

7 – Salmão cru

Por mais que você seja um grande admirador da culinária japonesa, o sashimi pode ser perigoso para o seu cão. O salmão cru contém alguns parasitas que podem envenenar o pet. Ao ingerir o alimento, o animal pode perder o apetite, ter febre, vomitar e apresentar fadiga.

Caso o cãozinho faça a ingestão do salmão cru, leve-o imediatamente ao veterinário, pois ele pode ir a óbito caso não seja tratado. Os sintomas podem aparecer até uma semana depois, fique atento. Por outro lado, o salmão cozido não apresenta esses riscos.

8 – Pães e massas

Os cães podem gostar muito de comer um pedaço de pão, uma pizza ou até mesmo outro tipo de massa ao lado do tutor. No entanto, esses alimentos precisam ser evitados a todo custo, pois possuem em sua composição a levedura. Essa substância é muito perigosa para os cães, pois pode se expandir dentro do estômago e intestino.

Logo, ao ingerir esses alimentos, o cachorro pode ter gases, indisposição, vômitos e fortes dores abdominais. Evite dividir o seu lanche com o pet!

9 – Caroço de frutas

As frutas em si não causam perigo para os cães e muitas vezes podem ser oferecidas para os pets. No entanto, o grande perigo está no caroço dessas frutas. O caroço da maçã, ameixa e pêssego podem obstruir o intestino do cachorro.

Cachorro Husky Siberiano comendo melancia
Cachorro comendo melancia

Além disso, essas sementes têm em sua composição os glicosídeos cianogênicos, que são tóxicos e muito perigosos para os cães. Eles podem causar dificuldade respiratória, salivação excessiva, convulsões e até coma.

Sabendo disso, a fruta pode ser oferecida para o animal, mas você deve remover todos os caroços presentes para evitar que haja intoxicação.
Não se esqueça: o melhor alimento para seu pet é a ração adequada para ele!

Gostou? Compartilhe esse artigo nas suas redes sociais e deixe outros donos de cachorro conhecerem os alimentos que não devem ser oferecidos para os seus cães.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *