Aprenda a cortar a unha dos cães em casa

Dono de pets podem ficar receosos e com medo de cortar as unhas dos cães em casa. Separamos algumas dicas importantes para você fazer o procedimento
Filhote de Bull Terrier

Com a chegada do isolamento social e com muitos petshops com horário reduzido para evitar aglomerações, o corte de unha de cães e gatos passou a ser, também, uma preocupação dos tutores.

As recomendações devem se adequar à rotina desses animais. Cães que vivem em quintais com piso de cimento, por exemplo, ou qualquer piso áspero que promove o desgaste da unha precisam cortar todas as unhas para evitarem que se machuquem, inclusive a quinta unha, que não encosta no chão.

Cortar a unha dos cães é importante para prevenir que a unha fique curvada e longa demais, a ponto de ferir as “almofadinhas” das patas, que são bastante sensíveis, causando dor e incomodo no pet. Os cachorrinhos que vivem em ambientes em que o piso é “frio”, como cerâmica, madeira ou azulejo, por sua vez, precisam aparar todas as unhas com regularidade, pois o desgaste natural não acontece e as chances de se machucarem aumenta.

Os passeios em ruas asfaltadas também podem ajudar que as unhas sejam “lixadas” de maneira involuntária, no entanto, a unha deve ser cortada da mesma maneira para evitar problemas. O corte deve fazer parte da rotina não apenas para impedir que os cães se machuquem, como também evitar que os animais, sem querer, arranhem os móveis, gerando preocupação e dor de cabeça para o tutor.

É comum que os donos dos pets fiquem receosos e com medo de cortar as unhas dos cães, pois é comum que o animal acabe ficando nervoso e estressado na hora do corte. Mas para aqueles que se atrevem a tentar, neste artigo vamos dar algumas dicas importantes para você cortar a unha do seu cachorro sem machucá-lo. Boa leitura!

Qual é a hora certa de cortar a unha do meu cachorro?

Nos cães, o momento certo e ideal para cortar as unhas são quando elas começam a roçar no piso fazendo aquele barulhinho “tic tic tic”, como se elas estivessem batendo e arranhando o chão. Esse barulho ocorre apenas quando as unhas estão visivelmente longas. Ao notar que as unhas precisam ser cortadas, você não deve hesitar ou deixar para depois.

As unhas dos cães não podem ficar muito tempo sem serem cortadas devido aos nervos e veias presentes que são conhecidos como “sabugo”. Logo, quanto mais compridas as unhas ficam, maior fica esse sabugo. Com isso, o processo fica mais difícil, pois o animal pode vir a sentir dor e o risco de sangramento também aumenta. Por esse motivo, aparar as unhas do pet deve se tornar um hábito.

Confira algumas dicas para te ajudar no processo:

1 – Use o cortador certo e ideal para o seu pet

Para cortar a unha do seu cãozinho da melhor maneira, você vai precisar de um cortador de unhas específico, que pode ser tipo alicate ou guilhotina. O cortador tipo alicate atua como uma tesoura, onde você posiciona a unha do pet nas lâminas. Já no cortador guilhotina, existe um espaço onde você deve colocar a unha do cãozinho e mover verticalmente para cortá-la.

Esses acessórios são vendidos em petshops e possuem formatos diferentes. Verifique qual se ajusta melhor à unha do seu cachorro.

Importante salientar que você nunca deve utilizar tesouras regulares para cortar a unha do pet, pois isso pode lesionar o cachorro, causando dor e deixando ele estressado. Se estiver em dúvida em qual é o ideal para o seu pet, peça ajuda ao médico veterinário.

2. Escolha um bom local para o procedimento

O local para cortar a unha do seu cãozinho deve ser seguro e o animal deve se sentir confortável nele. Além disso, faça uma boa contenção para o que animal não fique se mexendo durante o procedimento, o que pode causar acidentes.

3. Tenha atenção com as veias e nervos

Cuidado para não atingir a área vascularizada, o “sabugo” que mencionamos anteriormente. Quando a unha do pet é transparente, é mais fácil vê-los, pois o sabugo é rosado. No entanto, muitos cães tem as unhas com a pigmentação escura e, se esse for o caso, os cuidados devem ser redobrados. O melhor a se fazer é ir cortando apenas as pontinhas, mas caso tenha medo, solicite a orientação de um profissional.

4. Esteja preparado caso algo dê errado

O cuidado deve ser grande e a atenção redobrada, no entanto, você deve estar ciente que acidentes acontecem. Por isso, tenha por perto o pó hemostático que ajuda na cicatrização e estancamento, caso haja sangramento da derme.

5. Verifique como está a saúde do pet

Não realize o corte em casa se tiver animais com alguma patologia pré-existente, como doenças cardíacas, por exemplo, pois o estresse que é exercido no momento pode comprometer o bem-estar do animal. Procure um profissional.

6. Deixe ele entender o que está acontecendo

Deixe-o cheirar e tocar nos utensílios, para que ele entenda que o procedimento não lhe causará nenhum mal. Tenha muita paciência e, se necessário, envolva o pet em uma colcha ou lençol que ajude na contenção.

7. Chame alguém para te ajudar

Para cães de grande porte, peça para alguém ajudar a segurar e se for preciso, utilize uma focinheira para evitar possíveis mordidas. E atenção, os cachorros possuem as unhas visíveis, portanto em cães, o corte deve ser realizado na diagonal da unha (45º).

8. Seja rápido

Tente não demorar muito na tarefa para não estressar o animal, principalmente os que demonstram os que não gostam muito de ficar imobilizados por longos períodos.

9. Recompense o animal

O cãozinho deve entender que o corte das unhas é algo para o bem dele, logo, você pode associar o momento a algo positivo. Ao término do corte, dê ele o petisco favorito ou brinque com o animal para agradar e dar o reforço positivo por ter se comportado bem.

10. Caso se sinta inseguro, procure um profissional

Se mesmo com todas as dicas você ainda não se sente preparado para cortar as unhas do seu cãozinho em casa, busque a ajuda de um profissional. Assim você evita o estresse para ambas as partes.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *