Pulgas em cães: saiba como tratar e lidar com o problema

Para tratar as pulgas, cuide dos cães e também do ambiente onde elas se infestam. Veja o que você precisa para acabar com o parasita.
cachorro coçando

Geralmente quando o assunto são as pulgas o primeiro pensamento que vem em mente é como eliminá-las de vez dos nossos cães. Procuramos remédios, coleiras, shampoos e muitos outros métodos. Mas quando o assunto é eliminar esses parasitas, apenas cuidar do pet não é suficiente. As pulgas vivem apenas a vida adulta sob os animais, ou seja, em suas outras fases elas vivem pelo ambiente.

O tutor, antes de se preocupar com os parasitas nos pets, precisam atentar-se aos possíveis ambientes infestados. Mesmo que o animal seja tratado continuamente com medicação anti-pulga, como as coleiras e shampoos, caso o ambiente esteja contaminado, ele pode ser re-infestado, tornando um ciclo sem fim.

Pulgas no ambiente

A contaminação no ambiente acontece devido ao ciclo de vida do parasita. As pulgas fêmeas são capazes de colocar cerca de 50 ovos por dia. Esses ovos levam apenas de um a dez dias para se desenvolverem.

O cuidado também deve ser redobrado durante o verão, pois quanto mais alta a temperatura, mais rápido elas se desenvolvem e se tornam adultas, se espalhando pelo ambiente e chegando até os animais.

Médicos veterinários afirmam que a condição ideal para o ciclo da pulga é de temperaturas entre 20° e 30°C, com umidade relativa de 70 a 85%. Quando protegida em seu casulo, a pulga é capaz de sobreviver por até 6 meses até encontrar um ambiente favorável, que são os animais.

Os parasitas ainda formam um casulo quando estão presentes no pelo do pet, por isso as medicações continuas são tão importantes para resolver o problema.

As pulgas não são responsáveis apenas por causar uma coceira permanente e bastante incomoda nos peludos. Elas também são responsáveis por causar problemas graves na saúde do animal, como alergias, verminoses, dermatites, anemias e até mesmo sintomas de estresse nos pets devido a coceira geradas pelas picadas.

E os problemas causados pelas pulgas não param por aí e não afetam apenas os animais, esses parasitas também podem picar os tutores e toda a família. Logo, o cuidado deve ser ainda maior quando se tem crianças em casa. Os pequenos tendem a estar mais sensíveis e suscetíveis às picadas. Isso acontece pois muitas vezes brincarem nos ambientes onde as pulgas gostam de estar. Por isso o tutor deve estar atento em tratar o ambiente junto com o animal.

O tutor deve procurar lavar todo o local com desinfetantes e produtos adequados, higienizar as roupinhas do pet caso ele use, limpar a caminha onde ele costuma dormir, e no caso de animais mais peludos, manter a tosa em dia. Além disso, os tapetes da casa também devem ser lavados, pois as pulgas costumam ficar “grudadas” na superfície.

Neste artigo separamos algumas dicas para ajudar os tutores a lidarem com as pulgas. Confira:

Como eliminar as pulgas dos animais e do ambiente?

1 – Comece pela limpeza

A limpeza é a principal aliada no combate as pulgas, logo, os tutores devem procurar higienizar todo o ambiente e algumas superfícies específicas, como tapetes e sofás. Além disso, existem produtos específicos para este propósito no mercado, como os sprays anti-pulga e desinfetantes. No entanto, dependendo do local que o tutor for higienizar, como o chão, por exemplo, água e sabão neutro podem ser suficientes.

Porém, dependendo do nível de infestação, o tutor pode precisar procurar o serviço de dedetização do ambiente. As empresas especializadas vão auxiliar no combate de todos os estágios de vida do parasita, além de garantirem uma limpeza própria onde as pulgas se “prendem” com frequência.

2 – Utilize produtos contra as pulgas nos pets

Já nos animais, principalmente em cães que vivem em quintais, o ideal é sempre utilizar produtos anti-pulgas no cachorro, principalmente durante e após o banho, com o uso de shampoos, talcos e sprays. É importante também que o animal esteja sempre com o pelo tosado e aparado para ajudar no combate às pulgas.

Além disso, durante o processo de limpeza do ambiente, o tutor deve procurar utilizar as coleiras anti-pulgas nos animais, para evitar uma re-infestação, pois a pulga facilmente pode sair do ambiente e pular para o pelo do animal.

As coleiras também são muito eficientes no combate de pulgas adultas, uma vez que elas são capazes de resistir aos shampoos e sprays. Por isso, tenha cuidado para que o animal não fique infestado novamente.

3 – Após as pulgas irem embora, faça uma manutenção da limpeza na casa

 Mesmo tendo conseguido resolver o problema das pulgas, é muito importante que o tutor realize a limpeza mecânica e com uma certa frequência no ambiente, como o uso de aspiradores de pó e desinfetantes.

Além disso, é importante procurar lavar sempre todos os objetos dos cães, como brinquedos, cobertores, cama, travesseiros, vasilhas, entre outros. Já os jardins e áreas externas, como os quintais, devem ser dedetizados a cada 30 dias por alguma empresa especializada. E no verão todos esses cuidados devem se dobrados, pois durante a estação as pulgas aparecem e se multiplicam com mais facilidade.

4 – Fui picado por uma pulga, o que fazer?

As picadas das pulgas são bem parecidas como a de outros insetos, são círculos avermelhados que causam bastante coceira, mas não costuma ser dolorosa. No entanto, geralmente as pulgas costumam picar os humanos nos pés e nas pernas, pois são os locais onde elas conseguem alcançar com mais facilidade.

Caso você ou algum outro familiar tenha sido picado por uma pulga, além dos pets, é muito importante que o tutor consulte um médico para obter informações como poderá seguir o tratamento das picadas.

Geralmente, as picadas podem fazer com que a pessoa desenvolva eczema, que é uma reação alérgica à picada. Por isso, medicamentos tópicos e orais podem precisar serem utilizados. Já as crianças costumam ser mais sensíveis às picadas e podem apresentar reações alérgicas mais sérias, logo, consultar o médico se torna imprescindível.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *