Tudo sobre a raça Boxer

O Boxer é um cachorro que adora passar o tempo brincando com a família e com crianças. Tudo o que você precisa saber sobre essa raça como o seu temperamento, características físicas, fotos, imagens, preço, cuidados e muito mais. Confira!
  • Saiba tudo sobre a raça boxer
  • Boxer olhando para o lado com coleira
  • Boxer em estado de alerta com as orelhas levantadas
  • Boxer branco com os olhos vermelhos
  • Boxer branco em pé com o rabo empinado
  • Boxer tigrado olhando para trás
  • Boxer tigrado com o olhar fixo
  • Boxer correndo com bolinha na boca
  • Boxer filhote com cara de dó
  • Boxer deitado com fundo branco
  • Boxer filhote marrom com mancha branca no rosto
  • Boxer adulto deitado com seu filhote ao lado
  • Boxer gordo e velho
  • Boxer latindo com a língua para fora
  • Boxer preto com manchas brancas
  • Boxer preto brincando com uma bola vermelha

O Boxer é um cachorro de tamanho médio, robusto, compacto e com a cabeça quadrada. Embora possui uma musculatura bem desenvolvida e uma aparência de um cachorro bravo, os boxers são bastante amigáveis e brincalhões e gostam de passar o tempo ao ar livre.

Índice – neste artigo você encontrará as seguintes informações:

  1. Ficha técnica do Boxer
  2. Características do Boxer
  3. Personalidade e temperamento
  4. Cuidados com a higiene
  5. Alimentação
  6. Cuidados com a saúde do Boxer
  7. Preço do Boxer
  8. Dúvidas comuns sobre a raça
  9. Origem e história do Boxer

Ficha técnica da raça Boxer:

Adaptação
Bom para apartamento
Gosta de ficar sozinho
Gosta de outros cachorros
Gosta de gatos
Gosta de estar com a família
Higiene e saúde
Cuidados com a higiene
Riscos com a saúde
Solta pelos
Tamanho
Treinamento
Fácil de adestrar
Necessidade de exercícios físicos
Late muito
Gosta de brincadeiras
Características da raça:

Grupo: Grupo dos Trabalhadores
Altura média: Macho: 57 a 63 cm, Feminino: 53 a 60 cm
Peso médio: Macho: 25 a 30 kg, Feminino: 22 a 25 kg
Expectativa de vida: 10 a 12 anos

Personalidade e temperamento

O Boxer é calmo e equilibrado, muito confiante em si mesmo e destemido. O seu temperamento pode ser alterado devido a irritações e por isso deve ser tomada extrema atenção com a sua saúde mental.

É um cachorro famoso por ser bastante fiel e defender o seu dono e a sua família, cuidando da casa na ausência de seus tutores. O boxer normalmente é inofensivo para as pessoas e outros animais que convivem com ele mas, pode avançar e atacar estranhos.

O boxer não é uma raça que late muito. Normalmente, eles latem quando estão muito entusiasmados com alguma coisa ou brincadeira e quando suspeitam de alguma pessoa estranha.

O boxer é um cão fácil de adestrar pois possui grande habilidade e vontade de aprender e obedecer a comandos de seu dono. Além disso, tem um bom faro, disposição, coragem e habilidade natural para aprender.

Seu caráter é confiável, sem engano ou astúcia, mesmo em idade avançada.

Os boxers podem ser tanto cachorros para serem criados em meio familiar quanto para serem cães de guarda, companhia e trabalhadores.

É um cão que gosta muito de brincar, o que ajuda a manter a sua musculatura tonificada.

Cuidados com a higiene

É preciso ter bastante cuidado com o boxer para mantê-lo um cachorro limpo e saudável. Embora, o pelo do boxer não requer muita atenção, é necessário ficar atento às suas unhas, dentes e ouvidos.

Dê banhos no boxer quantas vezes for necessário. Geralmente, um banho por semana já é suficiente se o seu cão não fica solto em quintal com grande quantidade de terra e sujeiras.

Você pode escovar o pelo do boxer para retirar a pelagem solta e dar espaço para o crescimento de novos pelos. Se você decidir tosar o seu boxer, tenha bastante cuidado com pernas e as patas pois são regiões mais frágeis e qualquer movimento errado pode machucar o seu cachorro.

Para escovar os dentes de um boxer, utilize uma escova própria para animais e para a raça. O ideal é realizar a escovação dos dentes diariamente para evitar tártaros e contaminações por bactérias. Se não for possível, escove pelo menos 3 vezes na semana.

Para os cuidados com as unhas, corte-as sempre que julgar necessário. Se ouvir o barulho das unhas quando o boxer anda no chão ou quando elas começam a machucar o seu braco quando o cachorro pula em você, está na hora de cortar.

Fique sempre de olho nas orelhas e nos olhos de seu cão. Os ouvidos de um boxer não devem ter fortes odores e muita cera e os seus olhos não devem ficar com muitas secreções. Limpe-os sempre que achar necessário.

Alimentação

A alimentação dos cachorros é parecida com a dos humanos. Cada animal tem a sua necessidade dependendo de sua idade, tamanho, nível de atividade física, metabolismo, dentre outros. E a alimentação do boxer não é diferente.

O mais recomendado é consultar o seu veterinário e seguir as suas orientações. Porém, para os boxers, 2 a 3 xícaras por dia de uma ração de boa qualidade são suficientes para mante-los saudáveis. Tente dividir essa quantidade em duas refeições.

Para saber se o seu boxer está bem alimentado, você pode realizar dois testes simples.

  1. Teste visual: Olhando para o seu boxer de cima para baixo, você deve ser capaz de enxergar a sua cintura bem desenhada.
  2. Teste prático: Coloque as mãos nas costas do seu boxer, colocando os seus dois polegares ao longo de sua coluna. Você deve ser capaz de sentir as costelas mas não conseguir enxergá-las. Se você não senti-las, significa que o seu cachorro está acima do peso e precisa de menos comida e realizar mais exercícios físicos.

Cuidados com a saúde do Boxer

Um boxer saudável não deve ser muito gordo e nem muito magro ou com pouca musculatura.

Durante os cuidados com a higiene do boxer, verifique se há algum sinal de infecção na pele, no ouvido, nariz, boca, olhos e patas do cachorro. Os sinais mais comuns são vermelhidão e inflamação.

Principais doenças e complicações

  • Alergias
  • Cardiomiopatia
  • SAS
  • Displasia de quadril
  • Câncer
  • Torção ou dilatação gástrica
  • Hipotireoidismo
  • Degeneração do disco invertebral
  • Colite

Dúvidas comuns sobre a raça

  1. Os boxers são inteligentes?

    Os boxers são inteligentes e atendem aos comandos de seu dono se treinados adequadamente. Gostam de estar sempre brincando, correndo e na companhia de sua família. Por isso aprendem muito rápido.

  2. Os boxers são cachorros perigosos?

    Não. Desde que criados de maneira adequada, com respeito e carinho, os boxers são cães tranquilos e fáceis de lidar. Muitas vezes são associados com a violência pois são animais que possuem muita energia e afobação e podem acabar machucando outros animais, pessoas e crianças, mesmo sem querer.

  3. O cachorro boxer solta muito pelo?

    Não soltam muito pelo pois eles se tosam da mesma maneira que os gatos fazem. Se a quantidade de pelos estiver muito grande, escove-os uma vez por semana para manter uma boa aparência e abaixar a altura dos pelos.

  4. Quanto tempo vive um boxer?

    A expectativa de vida para cães dessa raça é entre 10 e 12 anos. Para que o seu boxer viva mais, mantenha sempre a vacinação em dia e siga as orientações de cuidados com a saúde e higiene repassados pelo seu veterinário.

Preço do Boxer

O valor de um filhote da raça Boxer pode variar muito com a região e com a qualidade dos pais e avós do cachorro. Em geral, pode-se encontrar filhotes com preços entre R$ 1.500,00 e R$ 3.500,00.

Antes de comprar um filhote de boxer, pesquise muito sobre as condições em que foi criado e se o canil não tem algum histórico de maus tratos com animais. Prefira lugares em que você saiba que são confiáveis e que você já tenha recebido alguma recomendação ou que já tenham ganhado prêmios, ido a exposições e que tenham clientes em que você possa entrar em contato e perguntá-los sobre a procedência e qualidade do canil.

Além disso, considere adotar um cachorro. Você não precisará se preocupar em saber quanto um boxer e ainda salvará uma vida animal e terá muito carinho e amor da mesma maneira.

Origem e história da raça

O Boxer é originado de uma raça que já não existe chamada Brabenter Bullenbeisser. Era um cachorro de pequeno porte, considerado antepassado imediato dos boxers.

Antigamente, os Bullenbeisser eram utilizados como cães de caça e ajudavam os caçadores a cercarem suas presas. Para serem mais eficientes, estes cachorros deveriam ter mandíbulas largas e dentes bem espaçados para ter uma mordida maior e mais aberta.

Um Bullenbeisser que tinha essas características era mais adequado para este trabalho e era utilizado para reprodução.

Mais tarde, os caçadores começaram a realizar uma criação seletiva, alternando cruzamentos entre raças diferentes para que fosse produzido um cão com um focinho largo e nariz virado para cima para que o cachorro pudesse respirar enquanto mantinha as presas em sua mandíbula.

Foram feitas tentativas com os cães das raças Mastiff por causa de seu tamanho, com os Terriers por causa de sua resistência e com os Bulldogs.

Após várias tentativas, o resultado foi um cachorro rápido, forte, musculoso, ágil com um corpo resistente, sendo utilizado tanto para caça quanto para trabalhos e guarda.

O Boxer foi uma das primeiras raças a serem utilizadas como guarda oficial das polícias e exército alemão e austríaco.