Essas são as 12 raças de cachorro mais calmas

Listamos 12 raças de cachorros que são calmas e têm o temperamento tranquilo. Conheça cada uma delas e saiba qual a ideal para sua família
Chow Chow calmo deitado no chão

Um dos atrativos de se ter um cão em nossas vidas é a diversão que ele pode nos trazer. Raças mais hiperativas, como Labrador e Shih Tzu, são perfeitas para quem gosta de brincar com o seu cãozinho. No entanto, o excesso de energia pode às vezes significar um incômodo, principalmente se ele se traduzir em latidos frequentes ou móveis quebrados pela casa.

Pensando nisso, nós preparamos esta lista com as 12 raças de cachorro mais calmas. Os animais dessa lista são conhecidos por seu jeito mais tranquilo, por vezes mais reservado, ou apenas mais calado mesmo. Se você é do tipo que não curte muita bagunça ou barulho, elas são ideais para você.

No entanto, é sempre bom ter em mente que, não importa o quão tranquilo um cão possa parecer, ele sempre necessitará de algum agito na vida dele, nem que seja aquele passeio de fim de tarde na pracinha do bairro. Um cão que não se exercita o bastante, pode desenvolver problemas físicos e emocionais sérios, como obesidade e até depressão.

  • 01 de 12

    Fila

    Fila Brasileiro

    O Fila está entre as raças nacionais e é um queridinho dos brasileiros. O seu jeito tranquilo já conquistou muitos corações, sobretudo os das crianças, que adoram se divertir com os animais dessa raça. Mas se engana quem pensa que os Filas são simplesmente grandalhões inofensivos. Quando se trata de proteger a família, eles podem se tornar uma fera.

  • 02 de 12

    Chow Chow

    Tudo sobre a raça Chow Chow

    O Chow Chow é um cão de origem chinesa, famoso pela sua pelagem abundante e a sua língua azul. Costumam ser animais mais reservados, que podem inclusive reagir mal a excesso de contato físico. Por outro lado, são muito leais a seus tutores e estão sempre dispostos a protegê-los.

  • 03 de 12

    Basset Hound

    Tudo sobre a raça Basset Hound

    O Basset Hound é um pequenino tranquilão, com faro apuradíssimo. Eles estão sempre por aí, a cheirar o que encontram pelo caminho. E, embora tenham um comportamento mais calmo, não negam uma boa aventura com os seus tutores.

  • 04 de 12

    Akita

    Akita pai adulto com filhote

    Os cães da raça Akita (há duas variantes, o Akita Inu, japonês, e o Akita Americano) não são chamados de samurai à toa. Tal como os antigos guerreiros do Japão, eles são discretos, atentos e certeiros nos seus ataques. Apesar de serem mais reservados, são muito leais aos tutores, e um exemplo disso é o famoso cãozinho Hachiko, que era da raça Akita.

  • 05 de 12

    Bulldog Inglês

    Bulldog sentado

    O Bulldog Inglês é daquele tipo de cachorro com uma carinha meio tristonha, que não é muito ativo. Os animais dessa raça preferem viver no próprio ritmo, mas nem por isso deixam de ser uma excelente opção para a família. Eles inclusive se dão muito bem com as crianças, que adoram brincar com ele.

  • 06 de 12

    Shar Pei

    Shar Pei preto

    O Shar Pei é outra raça oriental com um temperamento mais tranquilo. Os cães dessa raça são conhecidos pelas suas várias dobrinhas, que quase escondem os seus olhos. Um pouco parecidos com o Chow Chow, essa raça de comportamento normalmente calmo possui grande força e instinto protetor. É preciso estar atento ao nível de exercícios do seu Shar Pei, pois eles têm tendência a ganhar sobrepeso.

  • 07 de 12

    Pug

    Pug com flores

    Os Pugs da vida real não costumam ser tão ativos e falantes como aquele do filme MIB – Homens de Preto. Pelo contrário, os animais dessa raça costumam latir muito pouco e arranjam muitos problemas para seus tutores. Se você estiver pensando em adotar um Pug, no entanto, é bom prestar atenção à saúde um pouco frágil da raça, sobretudo em relação a doenças respiratórias.

  • 08 de 12

    Galgo Espanhol

    Galgo espanhol preto e branco ao ar livre

    Ele pode até ser um grande velocista, mas não é nada agitado no dia-a-dia. O Galgo Espanhol é uma raça extremamente tranquila, que não requer muito exercício para se sentir bem. Muito apegados aos seus tutores, a raça costuma ter um comportamento mais acanhado e até medroso.

  • 09 de 12

    São Bernardo

    São Bernardo com 5 filhotes

    O São Bernardo costuma ser bem tranquilo no dia a dia, como a cara demonstra. Apesar da raça possuir grande força física, seu nível de atividade é baixo. Entretanto, dado o seu grande porte, o São Bernardo precisa de espaço e de exercícios físicos regulares para manter a forma e a saúde mental. São cães que adoram viver em família e têm um grande instinto protetor.

  • 10 de 12

    Dogue Alemão

    Dogue Alemão preto deitado

    O Dogue Alemão é uma das maiores raças do mundo, podendo facilmente superar a altura do seu tutor quando fica em pé. Apesar de todo esse tamanho, o Dogue Alemão é supertranquilo e dócil. São extremamente leais aos seus donos e podem se tornar bem ágeis quando se trata de protegê-los.

  • 11 de 12

    Cavalier King Charles Spaniel

    Cavalier King Charles Spaniel cabeça observando

    O Cavalier King Charles Spaniel é uma raça desenvolvida exclusivamente para ser um cão de companhia. Eles eram, inclusive, os queridinhos da realeza inglesa antigamente. É fácil de entender, portanto, porque a raça é muito indicada para pessoas idosas ou que estejam fazendo terapia. O Cavalier King Charles Spaniel adora ficar no colo dos seus tutores.

  • 12 de 12

    Golden Retriever

    Raça Golden Retriever

    Apesar de ser conhecida como uma raça aventureira, o Golden Retriever possui um temperamento muito tranquilo. Até por isso, eles são muito usados como cães guia, já que reúnem qualidades essenciais para essa função, como lealdade, paciência e disposição para se exercitar ao ar livre.

O que realmente determina o comportamento é a criação

Você conferiu nesse artigo as raças mais calmas de cachorro. Como você pôde ver, a tranquilidade do cão normalmente está ligado a um nível de atividade mais baixo, como no caso do Basset Hound ou do Dogue Alemão. Mas algumas, como o Golden Retriever, por exemplo, podem ser até bem agitadas, mas também são obedientes e não são de fazer barulho ou bagunça fora de hora.

Por outro lado, é sempre bom frisar que o que realmente determina se um cão será mais tranquilo ou mais problemático será a forma como ele foi criado, se foi socializado desde filhote, se recebeu treinamento, se vive num lugar confortável e cheio de afeto. Porque, mais do que um cão calminho, o melhor mesmo é um amigo de quatro patas leal e saudável.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *