Dogue alemão: fatos curiosos sobre essa raça gigante

Veja tudo o que você precisa saber sobre um dos maiores cães do mundo, o dogue alemão. Conheça a personalidade, fatos curiosos e o preço
dogue alemão preto deitado

O dogue alemão é um dos maiores cachorros do mundo, tem um porte gigante e pode ser comumente referido como mastiff alemão, “great dane dog”, ou “Apolo dos cães”. Uma pequena homanagem feito por seus admiradores, já que Apolo é o deus grego do sol, o elemento mais brilhante do céu. A raça não é muito comum no Brasil, mas não é impossível conseguir encontrá-la por aqui.

O dogue alemão certamente têm importância no mundo canino e se destaca bastante quando o assunto é o seu tamanho. Embora pareçam ser bravos e imponentes, na realidade são um dos cães mais bem-humorados e amorosos que existem. Além disso, são animais de estimação doces, afetuosos, que adoram brincar e são gentis com as crianças.

Se você ficou curioso para saber mais sobre essa raça, este artigo é para você. Ao longo do texto vamos contar um pouco sobre a sua história, personalidade, características, saúde e também o valor de um filhote de dogue alemão no Brasil. Para ficar por dentro do assunto, acompanhe até o final!

A história do dogue alemão

Desenhos de cães que se parecem com o dogue alemão foram encontrados em artefatos egípcios que datam de 3000 a.C. e em templos babilônios que foram construídos por volta de 2.000 a.C. Há evidências de que animais semelhantes a eles se originaram no Tibete, com relatos escritos desses peludos aparecendo na literatura chinesa em 1121 a.C.

Acredita-se que a raça tenha sido levada a várias partes do mundo pelos assírios, que negociavam seus cães com gregos e romanos. Os ancestrais do Mastiff Inglês provavelmente estiveram envolvidos no desenvolvimento do dogue alemão, e algumas pessoas acreditam que o Wolfhound Irlandês ou Greyhound Irlandês também podem ter desempenhado esse papel. Além disso, o dogue alemão é considerado hoje em dia um membro do grupo dos cães mastiffes.

Os dogues alemão antigamente eram chamados de Boar Hounds, um nome de referência à caça de javalis, tendo em vista que foram criados para esta função. Suas orelhas foram cortadas para evitar que as presas de javali os rasgassem durante as caçadas. Mas no século 16, o dogue alemão começou a ser usado para outras funções e logo o nome da raça foi alterado para dogue inglês.

No final dos anos 1600, no entanto, muitos nobres alemães decidiram tornar a raça como pertencente à eles. Logo, começaram a criar esses peludo e procuraram mantê-los maiores e mais bonitos do que já eram. A partir daí, os alemães começaram a chamar esse pet de Kammerhunde (cães de casa). Esses cães, durante esta época com os alemães, eram mimados e usavam coleiras douradas forradas de veludo. Com isso, após sua popularização na Alemanha, o nome Dogue Alemão surgiu em 1700.

Características do dogue alemão

dois dogue alemão studio

Se há uma coisa que diferencia o dogue alemão de muitas outras raças de cães, é seu enorme tamanho. Por muitos anos, esses peludos conquistaram o recorde de cão mais alto do mundo.

Ele pode chegar a medir até 87 centímetros e pesar cerca de 90 quilos. O seu corpo é magro, alto e esguio, logo, ele tende a apresentar um porte elegante e charmoso. O dogue alemão podem ser encontrados em uma variedade de padrões e cores de pelagem, que incluem:

  • Azul;
  • Manto (principalmente preto com branco nos pés, cauda, peito e área do rosto);
  • Merle cinza, arlequim (principalmente branco com manchas pretas por toda parte);
  • Preto
  • Tigrado (uma combinação de fulvo e preto que aparece em um padrão listrado);
  • Fulvo (amarelo dourado com preto aparecendo ao redor dos olhos, região das sobrancelhas e orelhas).

A personalidade do dogue alemão

Um dogue alemão bem criado é um dos cães mais bem-humorados e amáveis para se ter em casa. Eles tendem a ser pets gentis, doces e afetuosos que adoram brincar e ficam a vontade na presença de crianças. Eles ainda têm uma grande vontade de agradar os tutores, o que faz com que eles sejam fáceis de treinar.

O dogue alemão quer estar onde está a família e odeia ficar sozinho. Eles gostam muito de pessoas, incluindo estranhos e crianças, e receberão os visitantes com alegria, a menos que achem que você está em perigo.

Bem-humorados como são, os dogues alemães definitivamente precisam de socialização precoce – exposição a muitas pessoas, imagens, sons e experiências diferentes – quando são jovens. A socialização ajuda a garantir que seu filhote se torne um cão equilibrado quando adulto.

E devido ao seu corpo alto e esguio, tentar criar um animal desse em um apartamento é uma decisão extremamente arriscada. Além dele precisar de muito espaço para viver bem e feliz, o dogue alemão poderá esbarrar e quebrar as coisas da casa com frequência por conta do seu tamanho. Outro ponto é que esse pet tem um nível de energia bem alto, logo, prepare-se para dar bons passeios e brincar bastante com ele.

Como é a saúde do dogue alemão?

dogue alemao com um buldogue

Assim como outras raças gigantes, a expectativa de vida média do dogue alemão é inferior ao dos cães menores. Logo, esses peludos vivem cerca de 6 a 8 anos, podendo chegar até os 10 anos de idade.

De modo geral, o dogue alemão é um cão saudável, mas como todas as raças, são propensos a certos problemas de saúde. Entretanto, é importante salientar que nem todos os dogues alemães terão as doenças comuns da raça, mas vale estar ciente. As doenças que essa raça costuma desenvolver são:

  • Problemas de desenvolvimento: os problemas de crescimento ou desenvolvimento podem ocorrer em filhotes e adultos jovens. Às vezes, isso está associado a uma dieta inadequada – geralmente acontece quando o animal tem uma dieta muito rica em proteínas, cálcio ou suplementos;
  • Displasia do quadril: Esta é uma condição hereditária em que o fêmur não se encaixa perfeitamente na articulação do quadril;
  • Torção gástrica: também chamada de inchaço, é uma condição com risco de vida que pode afetar cães grandes e de peito profundo, como os dogues alemães;
  • Câncer ósseo: às vezes conhecido como osteossarcoma, é o tumor ósseo mais comum encontrado em cães desse porte;
  • Doenças cardíacas: as variedades incluem cardiomiopatia dilatada, defeitos da válvula mitral, displasia da válvula tricúspide, estenose subaórtica, persistência do canal arterial e arco aórtico direito persistente.

Curiosidades e fatos sobre o dogue alemão

  • Com suas quatro patas no chão, essa raça já é gigante! Imagine então quando ficam de pé em duas patas. Eles se tornam enormes e maiores do que muitos humanos adultos, com recordes que passam de 2 metros;
  • Em inglês, o nome da raça é great dane, que significa grande dinamarquês. Mas não há nenhuma relação entre o dogue alemão com a Dinamarca;
  • Um dos personagens caninos mais famosos do mundo, o Scooby Doo é um lindo dogue alemão. Mas é preciso destacar que apenas a sua personalidade amigável e seu físico gigante são características próximas à realidade. Ao contrário do desenho, em que o cachorro é medroso, o dogue alemão, na realidade, defenderia corajosamente o seu tutor caso ele estivesse em perigo;

Qual o preço do dogue alemão no Brasil?

dois dogue alemão filhotes

Assim como a maioria dos cães que não são comuns no Brasil, o dogue alemão tende a não ser uma raça barata e acessível, podendo custar cerca de R$ 5.000 até R$ 8.000. Logo, você terá que pesquisar bastante até encontrar um canil confiável que trabalhe com a raça.

Comentários