Confira 4 raças de cães que convivem bem com os gatos

Inimigos? Nem sempre. Separamos uma lista com 4 raças de cachorro que se dão bem com gato, além de dicas para a socialização. Confira!

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Pet Brasil (IPB) mostrou que em cinco anos os gatos serão maioria nos lares brasileiros, ultrapassando os cãezinhos. O estudo mostrou que o número de gatos nas casas nacionais cresceu 8,1% entre 2013 e 2018, enquanto a quantidade de cães só foi de 3,8%. Portanto, se continuar com esses números, em 2023 os gatos serão a maioria na família dos brasileiros.

O motivo desse crescimento tem sido a mudança no estilo de vida dos tutores. Com vidas mais agitadas e morando em ambientes cada vez menores, os humanos têm elegido os gatos como o pet ideal. Os felinos conseguem se adaptar melhor aos apartamentos e o tutor não precisa levá-los para passear, como acontece com os cães. Mas isso não significa que eles não precisem de atenção, carinho e muito cuidado.

No entanto, por mais que os números indicam um crescimento dos felinos, muitos tutores que já têm um cachorrinho, decidiram ter a experiência de ter também um gatinho em casa. Deixando de lado a história de que os cães não se dão bem com os gatos,  as famílias brasileiras estão cada vez mais multi espécie, ou seja, com pets diferentes em casa. Legal né?

E para aqueles que querem ter na família um cãozinho e também um gato, nós separamos neste artigo as principais raças que se dão bem com os felinos. Mas é importante lembrar que tudo depende da socialização que é feita com o cachorro ainda filhote. Acompanhe até o final!

Cães x Gatos: a convivência entre os dois

Antes de considerar ter os dois pets em casa, é muito importante lembrar que se tratam de dois animais com personalidades completamente diferentes. Apesar dos cães se darem bem com os gatos, eles muitas vezes são bem mais energéticos e possuem um instinto de caça em relação a animais menores, logo, ele pode querer constantemente brincar e perseguir o gato, não o deixando sossegado nem por um instante. 

Os gatos são animais bastante brincalhões. No entanto, eles precisam de uns minutos para ficarem calmos e tranquilos, no espaço deles. Com isso, existem algumas raças de cães  muito energéticas que não são próprias para conviver com os gatos, como o Corgi ou o Fox Paulistinha. Já outras raças, como o Golden Retriever, podem ser excelentes companheiros para os felinos. Confira:

Raças de cães que convivem bem com os gatos 

1 – Golden Retriever 

Os cães da raça Golden Retriever são animais muito sociáveis, carinhosos e companheiros. Esses peludos têm uma tolerância enorme com crianças, idosos e outros animais. Logo, é muito fácil ver um Golden servindo como cão de companhia para diversas pessoas. Esse peludo pode ser uma excelente opção para conviver com os felinos e a probabilidade dele se tornar um grande amigo do seu gatinho é altíssima.

Mesmo sendo de grande porte, o Golden é um animal tranquilo e cuidadoso. Mas é importante que ele passe por adestramento e treinos de sociabilização antes de começar a conviver com um pet diferente.

Golden com a língua para fora
Cão da raça Golden Retriever

2 – Beagle 

Esse cãozinho é bastante sociável e amigável. Os Beagles, apesar da enorme disposição, têm um temperamento calmo e sereno, logo, ele pode querer até mesmo tirar longos cochilos à tarde ao lado do seu gatinho. Além disso, antigamente essa raça era usada na Inglaterra para acompanhar os cavalos durante as viagens, pois eles eram muito calmos e não incomodavam as outras pessoas e animais. 

Cão da raça Beagle

3 – Lulu da Pomerânia 

Para a surpresa de alguns, os cãezinhos dessa raça podem ser bons amigos dos felinos. O Lulu da Pomerânia é um cachorro muito inteligente e que pode facilmente se acostumar com a presença de um gatinho e tolerar o felino. Essa raça tem um tendência muito grande a conviver com outros animais de maneira tranquila. No entanto, é sempre importante fazer a socialização entre o gato e o cachorro ainda filhotes.

Quanto custa um Lulu da Pomerânia
Cão da raça Lulu da Pomerânia

4 –  Border Collie 

Dissemos anteriormente que cães mais energéticos tendem a não se darem bem com os gatos, mas existem algumas exceções. O Border Collie é considerado um dos cães mais inteligentes do mundo, logo, a convivência dele com um gato pode ser bastante tranquila e ele vai tolerar a presença de um novo amigo na casa. Mas para que a relação dê certo, é muito importante que o tutor se ocupe em gastar a energia desse cãozinho. A sociabilização aqui também é necessária.

Border collie cabeça
Cão da raça Border Collie

Quais são as raças menos indicadas para conviver com os gatos? 

Como dito anteriormente, as raças mais energéticas são as menos recomendadas para conviver com os gatos. No entanto, não existe uma regra específica sobre quais são os mais ou menos ideias para conviver com os felinos e também com os outros pets. Independente da raça, a relação entre as duas espécies pode ser construída contando que o tutor eduque o cãozinho e o sociabilize ainda filhote.

O adestramento e a sociabilização são ideias para ajudar o animal, não apenas para conviver com outros pets mas também para não se tornar um cão antissocial e ter uma tolerância maior com visitas e estranhos.

Essas técnicas também são essenciais para que os cães possam se comportar em locais públicos que tenham outros animais por perto. Logo, é muito importante que o tutor considere treinar o cãozinho ainda filhote.

Como fazer a socialização entre o cão e o gato?

O primeiro ponto é o tutor nunca forçar nada entre os dois, pois é importante que você deixe que eles se acostumem aos poucos. Além disso, o tutor deve ficar sempre de olho no gatinho, os felinos são animais territorialistas que se estressam muito rápido, logo, mostre para o bichano que a casa ainda é dele. Para fazer isso,  basta montar um cantinho separado para o cachorro, com todos os objetos dele até que o gatinho possa entender que ele é um novo morador.

E outro ponto importante, é você não se prender à crença de que gatos e cães são inimigos naturais. Eles são pets extremamente inteligentes que podem facilmente desenvolver uma relação, basta você ajudar e sociabilizar os dois.

Veja também: Cachorro pode comer ração de gato?

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *