9 frutas que cachorro não pode comer: é indispensável saber quais são

Saber quais são as frutas que cachorro não pode comer é essencial para não causar nenhum mal ao pet. Veja a lista!
cachorro com cereja

Frutas são fontes ricas em vitaminas e nutrientes, contudo, nem todas são adequadas para cachorros. Mesmo para os pets que estão em forma, é importante saber oferecer com moderação. E algumas devem ser evitadas rigorosamente, independente da saúde do cão.

Nesse artigo, separamos frutas que os tutores não devem oferecer aos cães e como elas podem prejudicar a saúde dos peludos, confira.

9 frutas perigosas paras os cães

lulu da pomerania com abacaxi

1. Abacate

O abacate pode ser muito saudável para os tutores, mas é um perigo para os cães. A fruta possui persina, uma substância venenosa para os cachorros e que pode causar vômito, diarreia e até mesmo desencadear problemas cardíacos.

2. Abacaxi, laranja e limão

Oferecer abacaxi, laranja ou limão ao seu cãozinho não faria mal algum se não fosse pela acidez dessas frutas. Frutas ácidas devem ser evitadas, pois podem causar gastrite, já que atacam fortemente o estômago dos peludos.

3. Açaí

É impensável dar chocolate para cachorro, certo? Pois o mesmo deve acontecer quando o assunto é açaí. Ambos os alimentos contêm uma substância chamada teobromina, que pode causar intoxicação.

Isso acontece, pois o organismo dos cães não sintetiza a substância, causando incontinência urinária, diarreia, vômito e, nos casos mais graves, até coma. Se o cão apresentar qualquer um desses sinais, não hesite em procurar o veterinário.

4. Carambola

A carambola é muito perigosa para cães, pois possui ácido oxálico, que pode levar à insuficiência renal. Além disso, a fruta tem caramboxina em sua composição, uma substância que pode causar até mesmo alterações neurológicas.

5. Cereja

A semente de cereja contém cianeto, uma substância tóxica para cachorros, que quando ingerida, interfere no transporte de oxigênio no sangue. As hemácias são células responsáveis pelo transporte de oxigênio no organismo e quando sofrem alterações, pode desencadear doenças como anemia. É possível tentar oferecer a fruta sem semente, mas pode ser uma tentativa arriscada.

6. Figo

Tudo em excesso faz mal, até mesmo frutas. Se o cão consome muito figo, pode trazer à tona reações alérgicas como inflamações na língua e na boca, além de vômito e diarreia. Isso acontece porque as enzimas figsimina e ficusina estão presentes na fruta e podem ter um efeito muito forte sobre o organismo dos peludos.

7. Maracujá

Cachorro pode comer maracujá, desde que seja sem casca, sementes ou folhas. Assim como as sementes de cereja e maçã, as do maracujá possuem cianeto, uma substância tóxica para o organismo dos cães. Sabendo disso, opte por frutas mais práticas e seguras.

8. Tomate

Alguns estudiosos acreditam que não existe problema em oferecer tomate aos cães, desde que esteja maduro e seja servido com moderação. Contudo, quando o tomate ainda não está maduro, ele contém glicoalcaloide, que é tóxico e pode causar vômito, diarreia e até mesmo descompensar os batimentos cardíacos do animal.

9. Uvas

Ainda não se pode afirmar ao certo o que torna a uva perigosa para cachorros, mas sabe-se que ela pode provocar doenças renais. Existem casos em que cães tiveram vômito e diarreia após ingerir. No pior dos casos, a fruta pode ser fatal.

Cuidados e atenção sempre

chihuahua com uvas

Na hora de oferecer qualquer fruta aos peludos, é importante sempre remover caroços e sementes, além de servir pequenas quantidades. E antes de introduzir um alimento novo na dieta do seu cão, não se esqueça de consultar o veterinário.

Comentários