Canicross para cães: fique por dentro de tudo sobre o esporte

Você já conhece o canicross? Conheça melhor o esporte praticado entre o tutor e o cachorro, os benefícios e cuidados necessários
canicross

Dentro da vasta gama de esportes que podemos praticar com os cães, o que mais se destaca é o canicross, um esporte muito saudável tanto para o animal, como para os tutores. E se você está afim de começar a praticar essa modalidade com o seu bichinho ou conhecer melhor a atividade, é importante levar em consideração uma série de cuidados para evitar que o cão sofra lesões ou desenvolva problemas de saúde. Por isso, para te ajudar, neste artigo vamos abordar tudo o que você precisa saber sobre o canicross e como praticá-lo de maneira segura. Vamos lá!

O que é o canicross?

Canicross um esporte que o homem e o cão formam uma dupla perfeita em uma corrida. Ou seja, o cachorro será amarrado por um arnês e um elástico especial ao seu tutor e ambos correrão no mesmo ritmo em diversos tipos de solo, o que torna mais divertido e emocionante.

Em 1982 na França, o veterinário Dr. Gilles Pernound inventou o Canicross, considerado um método de socialização para cães. Pode-se dizer que é uma espécie de “corrida” em que o animal vai acompanhar e até mesmo puxar o tutor, por isso é necessário muito treinamento e dedicação.

A primeira competição de Canicross foi organizada em 1986, na França, por seu criador e, em 1988, na Bélgica por Jean-Luc Bertinchamps. Mas ao decorrer do tempo, o esporte se popularizou e hoje é bastante forte e comum no Brasil. Inclusive, existe em nosso país uma organização nacional para a prática do canicross, uma atividade muitíssimo prazerosa para quem gosta de atividade física ao ar livre.

Quais raças de cachorro podem praticar canicross?

Canicross, diferente de outros esportes com cães, não requer pedigree. São permitidas todas as raças, incluindo cães sem raça definida (vira-lata). Entretanto, para essa modalidade é importante escolher, preferencialmente, cachorro de médio ou grande porte, que sejam fortes, saudáveis e gostem de correr. O border collie, os cães do grupo pitbull, husky siberiano, pastor alemão, o galgo italiano, rottweiller, por exemplo, são boas opções.

Sendo assim, cães de pequeno porte como chihuahua, yorskhire, pug, lhasa apso, spitz alemão não são indicados praticar o esporte. Além disso, cães com displasia, ligamentos ou músculos rompidos, cachorros idosos, mancando ou braquicefálicos não devem em hipótese alguma praticar a modalidade

O canicross requer força e preparo físico, algumas competições podem fazer o tutor e o pet percorrerem cerca de 20 quilômetros, logo, todo cuidado é necessário.

O que é necessário para praticar o canicross?

A partir de cerca de um ano, é possível começar a correr com o cachorro progressivamente, ou seja, um ou dois quilômetros, realizando uma espécie de treinamento. Depois de algumas semanas, podemos aumentar gradualmente a distância, para três ou quatro quilômetros. E assim por diante, sem nunca forçar o cachorro.

Os treinos podem e devem ser feitos uma vez por dia, no início. Quando o cão estiver mais acostumado, o tutor pode treinar duas vezes ao dia. E lembre-se, se ele não quiser correr, não force-o, alguns cães simplesmente não gostam do esporte e não há problema nisso.

Para a prática do canicross, deve-se utilizar cinto, alça de puxar e sistema de arnês específicos, em hipótese alguma utilizar coleiras para caminhadas. Por isso, compre todo o material para evitar acidentes. E devemos sempre praticar o canicross ao amanhecer ou ao entardecer, nunca nos horários de calor (meio-dia) ou se a temperatura ambiente estiver a cima de vinte graus, pois o cachorro pode sofrer de insolação.

É totalmente normal o cão nos puxar durante o canicross, tanto que ele sempre vai estar a frente do tutor nas corridas. Por isso, lembre-se que ele se cansará três vezes mais do que você, logo, é sua obrigação zelar pela saúde dele e saber quando descansar. Cuide do seu pet!

Cuidados na hora de praticar o canicross

Realizar o Canicross não é algo simples, requer bastante cuidado, treinamento e preparo, já que o cão vai correr ao nosso lado por uma longa distância. Logo, se ele não tiver preparo e não estiver bem fisicamente, pode passar mal e ter diversas complicações. Por isso, antes de pensar em competir, esteja atento aos seguintes pontos:

  • Nunca corra em temperaturas acima de vinte e três graus;
  • Comece lenta e progressivamente, aumentando a distância ao longo dos meses;
  • Use um cinto específico para canicross e um arnês especial no nosso cão (nunca uma coleira), pois essa pode enforcar e machucar o animal;
  • Leve o animal ao médico veterinário para que ele realize uma série de exames, o tutor precisa se certificar que o cãozinho pode realizar o canicross;
  • Ao consultar o veterinário, peça a ele que monte uma dieta específica para o cãozinho, pois ele terá uma gasto energético significativo e precisará repor todas as vitaminas e minerais;
  • Nunca corra depois de comer (pode causar torção gástrica no animal);
  • E você também deve realizar um check-up médico para ter certeza que poderá praticar o esporte ao lado do seu amigo de quatro patas.

Benefícios do canicross

canicross husky

Praticar exercício com o cão não é apenas saudável para a saúde do tutor e do animal, mas também muito positivo para o fortalecimento dos laços emocionais e até para a socialização do pet. Praticar o canicross de maneira segura, tomando todos os cuidados, é algo totalmente recomendado por especialistas. Isso manterá seu sistema imunológico forte e sua condição física em forma. Além disso, seu cãozinho também estará cuidando da saúde e ficando mais feliz.

Competições de canicross no Brasil

Para se inscrever em competições de canicross, é importante que você entre no site Canicross Brasil e se informe sobre as corridas na sua cidade. Na maioria das vezes, o tutor pode fazer a própria inscrição e a do pet de maneira online. Algumas competições são pagas e outras gratuitas.

No momento, não estão havendo corridas de canicross no Brasil devido a pandemia da covid-19.

Comentários