O que é pedigree de cachorro, como tirá-lo e quanto custa

Saiba o que é pedigree, como obter um para o seu cachorro e qual é o preço para tirar o documento de identificação do seu cãozinho.

O pedigree é um documento que certifica o registro genealógico de um cão de raça. Ou seja: é um certificado que comprova a ascendência biológica e genética de um cachorro, confirmando a pureza sanguínea da sua linhagem (pais, avós e bisavós, pelo menos). No Brasil, o pedigree também é chamado genericamente de Registro Geral (RG).

Neste certificado, devem constar os dados essenciais para identificação de cada cão, tais como:

  • Nome do filhote
  • Raça
  • Sexo
  • Cor
  • Data de nascimento
  • Número de registro
  • Nome do criador
  • Nome do proprietário
  • Data de registro
Pedigree de cachorro
Modelo de um pedigree de cachorro

Além disso, o pedigree também deve informar a linhagem de cada cachorro, pelo menos até a terceira geração. No certificado, precisam constar os nomes e sobrenomes dos pais, dos avôs e dos bisavôs do filhote. Este dado é fundamental para evitar cruzamentos consanguíneos nas futuras ninhadas do seu cãozinho.

Se os antepassados do cãozinho participaram de exposições ou competições, no verso do certificado, será possível encontrar o histórico das suas participações e os títulos que conquistaram a nível nacional e internacional.

Tipos de pedigree no Brasil

  • RG (pedigree azul): no Brasil, o RG só pode ser concedido aos cães cuja árvore genealógica esteja registrada no CBKC (Associação Brasileira de Cinofilia ou Kennel Club do Brasil) ou na FCI (Federação Internacional de Cinofilia), caso seja um cachorro importado.
  • RS (pedigree verde): pode ser solicitado pelos cachorros importados cujos antepassados são reconhecidos por outras entidades internacionais que não sejam a FCI. Neste processo, o CBKC nacionaliza o cãozinho e entrega ao seu tutor o RS, no qual devem constar sua árvore genealógica com os correspondentes registros de “pureza racial”.
  • CPR (pedigree marrom): pode ser solicitado pelos tutores dos cães cujos progenitores não estão registrados nas sociedades caninas (FCI, CBCK ou outras). Neste caso, o cachorro deverá ser examinado por juízes especializados em raças caninas para confirmar se cumprem com os padrões estabelecidos internacionalmente.

Como tirar o pedigree de um cachorro?

Os criadores sérios e confiáveis entregam o pedigree do cachorro no mesmo momento em que o proprietário leva seu filhotinho para casa. Por isso, ao optar por adquirir um cãozinho em um canil, lembre-se de exigir que o filhote seja acompanhado por seu correspondente RG. E confira se o certificado traz todos aqueles dados que já mencionamos na introdução.

Caso o cãozinho seja adotado e não provenha de um canil, seu tutor pode registrá-lo e solicitar seu pedigree posteriormente. Para isso, você deverá levar seu melhor amigo a alguma Exposição de Beleza de Raça Pura e pedir que os três juízes especializados do evento analisem seu cãozinho.

Caso seu cachorro cumpra com os padrões internacionais estabelecidos para as raças caninas, você poderá solicitar seu Certificado de Pureza Racial (CPR), também chamado de pedigree marrom. Neste caso, o documento não terá os dados dos progenitores, então, os campos de filiação estarão em branco. Além disso, o tutor necessitará colocar o micro chip em seu cão antes de retirar o certificado.

Um cão com CPR pode transmitir este registro até a sua segunda geração, ou seja, aos seus filhos e netos. A partir da terceira geração, caso se mantenha a pureza da linhagem nos cruzamentos, os bisnetos poderão contar com o RG (pedigree azul), incluindo a árvore genealógica com os nomes e sobrenomes das três gerações dos seus ancestrais.

Quanto custa um pedigree?

Os canis sérios não costumam cobrar um valor extra pela emissão do pedigree dos filhotes. Inclusive, muitas sociedades internacionais de cinofilia não recomendam confiar nos estabelecimentos que cobram pela entrega do certificado dos cães nascidos sob seus cuidados.

Se você decidir solicitar o pedigree do seu cãozinho em alguma Exposição de Beleza de Raça Pura, o valor da emissão não costuma superar os R$50,00.

Por que é importante solicitar o pedigree do seu cão?

Felizmente, nos dias de hoje, estamos perdendo o preconceito de que os cães de raça pura são mais valiosos ou melhores que os mestiços ou sem raça definida.

Como sempre recordamos, os cachorros mestiços são tão capazes de aprender e demonstrar amor como qualquer cão de raça pura. Por isso, a adoção é um lindíssimo ato de amor que dá uma segunda oportunidade a milhares de animais que ainda não tiveram a oportunidade de conhecer uma família e receber todo o carinho que merecem.

Porém, se você está completamente convencido de adquirir um cão de raça, lembre-se se escolher canis sérios e confiáveis, que cumpram as devidas normas de higiene e respeito à vida animal. Além disso, será essencial exigir o pedigree do seu filhote ao momento de levá-lo para casa com você.

Quando comprar um filhotinho de raça pura, o pedigree cumpre algumas funções importantes. A principal delas é evitar os cruzamentos consanguíneos que são extremamente prejudiciais para a saúde das ninhadas.

Além disso, ao saber a raça e a linhagem do seu melhor amigo, você poderá compreender melhor suas necessidades específicas, saber se possui predisposição genética a algumas doenças caninas e oferecer os cuidados apropriados para preservar sua boa saúde.

Por outro lado, se você pretende participar de exposições de beleza ou competições oficiais com seu cãozinho, será indispensável apresentar seu pedigree ao realizar a inscrição.