Tudo sobre a raça Lhasa Apso

Tudo o que você precisa saber sobre o lhasa apso como as suas características, personalidade, fotos, preço, cuidados e mais. Confira!

Lhasa Apso de pelo longo marrom
  • Filhote de Lhasa Apso na grama
  • Cachorro da raça Lhasa Apso
  • Lhasa Apso branco
  • Lhasa Apso cinza
  • Lhasa Apso correndo na grama
  • Lhasa Apso cuidados
  • Lhasa Apso deitado na madeira
  • Lhasa Apso de pelo longo marrom
  • Perfil lhasa apso
  • Lhasa apso preto
  • Lhasa apso tosado
  • Personalidade do Lhasa Apso

O lhasa apso é um cão de pequeno porte, que ostenta uma bela pelagem longa, lisa e abundante. Também conhecido como lhaso apso, está entre as raças de cães mais antigas do mundo.

Apesar de seu reduzido tamanho, o lhasa apso demonstra enorme valentia e um sentido de guarda muito desenvolvido.

Se você está pensando em adotar um novo melhor amigo para encher sua vida e sua casa da mais pura alegria, te convidamos para descobrir tudo sobre as características, o comportamento e a saúde do lhasa apso. Com certeza, você se surpreenderá com as habilidades deste pequeno grande cão.

Índice – você encontrará as seguintes informações nesse artigo:

  1. Ficha técnica do lhasa apso
  2. Características da raça
  3. Características físicas
  4. Personalidade
  5. Cuidados básicos
  6. Cuidados com a saúde do lhasa apso
  7. Dúvidas frequentes sobre a raça
  8. Preço do lhasa apso
  9. História do lhasa apso

Ficha técnica da raça Lhasa Apso:

Adaptação
Bom para apartamento
Gosta de ficar sozinho
Gosta de outros cachorros
Gosta de gatos
Gosta de estar com a família
Higiene e saúde
Cuidados com a higiene
Riscos com a saúde
Solta pelos
Tamanho
Treinamento
Fácil de adestrar
Necessidade de exercícios físicos
Late muito
Gosta de brincadeiras
Características da raça:

Grupo: Grupo dos Não Esportistas
Altura média: 25 a 28 cm
Personalidade: Brincalhão, Dedicado, Inteligente, Vivaz, Obediente, Destemido, Alerta
Expectativa de vida: 12 a 14 anos

Características físicas do lhasa apso

Talvez, você já tenha cruzado com um lhasa apso pelas ruas, mas pode ter confundido este peludo com um shih tzu. Embora as raças realmente se pareçam em seus aspectos, são totalmente independentes e se diferenciam bastante em relação ao caráter.

O corpo de um lhasa apso é pequeno e compacto, com patas curtas, sendo mais longo que alto. As patas dianteiras são retas, enquanto as traseiras apresentam uma notável angulação.

Estes cães estão cobertos por uma abundante pelagem longa, lisa e grossa, que chega até o chão e onde podem predominar diversas cores. O efeito da queda desta abundante pelagem lhes brinda um aspecto de “barbudos” ou “bigodudos”, assim como os shih tzu.

Sua cabeça é pequena, formada em base a um crânio estreito e não aplanado, com forma similar a de uma maçã. As orelhas caem paralelamente à cabeça, estão orientadas para frente e cobertas com varias mechas. O focinho é reto em relação ao crânio, terminando em um nariz de cor negra. Sua pequena cabeça se une ao corpo por um pescoço forte e bem arqueado.

Características físicas do lhasa apso

A seguir, resumimos as principais características físicas desta raça:

  • Altura: entre 25 cm e 27 cm para fêmeas; entre 25 cm e 29 cm para machos.
  • Peso corporal: 5 kg a 9 kg.
  • Contextura física: corpo alongado e robusto, coberto por abundante pelagem, com patas curtas.
  • Extremidades: curtas e proporcionadas.
  • Pelagem: abundante, com pelos longos e lisos, ideal para climas temperados.
  • Cores de pelagem: são encontrados pelagens uniformes, bicolores, tricolores e multicolores. As cores mais populares são: branco, dourado, mel, cinza claro ou escuro, preto e marrom – uniformes e com distintas combinações.
  • Cabeça: pequena, orelhas caídas para frente e coberta por longas mechas, focinho bem curto e pouco pronunciado, e expressões faciais serenas e seguras.
  • Olhos: escuros, ovais e de tamanho médio.
  • Focinho: pequeno e preto.
  • Rabo: de inserção alta, pode se dobrar sobre seu próprio extremo, mas sempre está coberta por abundantes mechas.

Personalidade e temperamento do lhasa apso

Estes pequenos peludos podem parecer um cãozinho de pelúcia, mas são donos de um aprimorado instinto de cães de guarda. Seu caráter é naturalmente ativo, valente, confiante e tem uma grande necessidade de marcar território. Porém, o comportamento de cada lhasa apso dependerá fundamentalmente da educação que recebe de seu tutor.

Embora esteja oficialmente classificado como cão de companhia, o lhasa apso não é o tipo de cãozinho mimado que está todo tempo dependente de seu tutor. Na verdade, estes cães são bastante independentes e seguros de si mesmo, sendo capazes de tomar decisões por conta própria.

Além disso, valorizam a sensação de liberdade e precisam se manter fisicamente e mentalmente ativos para apresentar um comportamento equilibrado.

Obviamente, isso não significa que esta raça não seja carinhosa. Um lhaso apso é extremamente fiel a seus entes queridos e gosta de dar e receber carícias, assim como todo cão. Podem desfrutar imensamente de dormir algumas horinhas aos pés de seu tutor. Ou simplesmente acompanhá-lo enquanto assiste a um filme ou série na televisão.

Porém, podem adotar uma postura desconfiada frente a animais ou pessoas desconhecidas. Como são exímios guardiães, devem permanecer alertas para os estímulos desconhecidos, para reconhecer rapidamente qualquer presença incomum em seu território. Com a devida socialização, seu pequeno cachorro aprenderá a conviver pacificamente com outras pessoas ou animais.

Cuidados essenciais para cães lhasa apso

O cuidado mais meticuloso que um cão lhasa apso necessita diz respeito à manutenção de sua pelagem. Para eliminar os pelos mortos e evitar a formação de nós, são necessárias entre 1 e 2 escovações diárias. As escovações sempre devem ser feitas com os pelos secos, porque é muito difícil desfazer os nós com a pelagem molhada.

Os banhos podem ser dados a cada 2 meses, em climas temperados, ou 1 vez por mês em climas mais quentes. E antes de cada banho, é essencial realizar uma escovação prévia.

Apesar de ser uma raça muito ativa, seu pequeno tamanho permite suprir sua necessidade de atividade física com passeios diários. Seu lhasa apso ficará feliz e super bem exercitado com 2 passeios diários, com 20 a 30 minutos de duração cada um.

Porém, você precisará prestar um pouco mais de atenção à estimulação cognitiva de seu peludo. O ideal é oferecer brinquedos e jogos que estimulem sua inteligência, mesmo quando você não esteja em casa.

O lhasa é independente e costuma se mostrar territorial em relação a outros cães, gatos ou pessoas. Por isso, precisará ser socializado durante sua infância, preferencialmente antes de seus 6 meses de vida. Além disso, o adestramento será fundamental para evitar a teimosia que caracteriza muitos exemplares desta raça. Seu lhasa apso deverá aprender, desde pequeno, a respeitar seu tutor e as normas de sua casa.

Como todo cão, o lhasa apso precisa receber uma nutrição equilibrada para permanecer saudável, feliz e bem disposto. É indispensável escolher uma ração de ótima qualidade e oferecer a quantidade adequada a seu cão, de acordo com seu tamanho, peso e idade.

Recomendamos consultar seu veterinário sobre a possibilidade de complementar sua dieta com suplementos naturais e vitaminas que ajudem a preservar a boa saúde de seus pelos e de sua pele.

Saúde do lhasa apso

O lhasa apso é um cão forte e saudável, que demonstra a resistência típica das raças caninas mais antigas. Lembremos que, em tempos remotos, apenas os cães mais fortes e melhor adaptados conseguiam sobreviver.

Quanto anos vive um lhasa apso?

A expectativa de vida de um lhasa apso é de 12 a 15 anos. Com uma alimentação equilibrada, exercícios físicos regulares e cuidados diários, estes cães dificilmente adoecem.

Os riscos mais frequentes para a boa saúde de um Lhasa Apso estão nas alergias e doenças de pele. Porém, estas complicações são facilmente prevenidas quando adotamos os cuidados de higiene que já mencionamos anteriormente. Por outro lado, podemos mencionar uma leve predisposição às seguintes patologias:

  • Displasia de quadril
  • Luxação de patela
  • Atrofia progressiva de retina
  • Hipoplasia renal
  • Entrópio
  • Distiquíase

É importante ressaltar que todo cão necessita receber uma adequada medicina preventiva para preservar sua saúde e desfrutar de sua longevidade.

Por isso, para cuidar bem de seu lhasa apso, não esqueça as visitas periódicas ao veterinário (de 6 em 6 meses), o calendário de vacinação  e os tratamentos antiparasitários internos (vermífugos) e externos (pipetas, comprimidos mastigáveis, etc).

Perguntas frequentes sobre o lhasa apso

O lhasa apso late muito?

O lhasa apso costuma latir bastante para chamar atenção ou alertar sobre algum perigo. Essa característica é natural da raça que possui um grande personalidade protetora e vigilante.

O lhasa apso solta muito pelo?

Apesar de ter pelos longos, o lhasa apso não solta muito pelo. Uma escovação por semana pode ser feita para evitar a queda dos fios e manter a casa livre de pelos.

O lhasa apso vive bem em apartamentos?

Essa raça é ótima para viver em apartamentos. Além de seu pequeno tamanho, o lhasa apso adora estar junto da sua família. Porém, cães dessa raça podem latir bastante quando se sente ameaçado ou desafiado, o que pode incomodar os vizinhos.

O lhasa apso é um bom cão para crianças?

Sua aparência indicaria que sim, porém seu caráter o torna um cão que não é um dos mais indicados para crianças. O lhasa apso é um cão dominante, com um forte instinto de guarda e proteção, que pode levá-lo a reagir negativamente a brincadeiras com crianças.

A convivência desta raça com crianças pequenas não costuma ser recomendada pelos especialistas em comportamento canino. O lhasa apso é considerado um excelente cão para pessoas ativas, casais ou famílias com filhos já crescidos, preferencialmente maiores de 10 anos.

E ainda assim, vale a pena recordar que precisam ser educados e socializados desde filhotes para evitar condutas excessivamente territoriais.

O Lhasa Apso pode conviver com outros cães e gatos?

Depende da educação e da socialização que recebe cada cão. Um lhasa apso precisa ser socializado desde filhote, preferencialmente antes de seus 6 meses de vida, para conviver pacificamente com outros cães ou gatos.

Lembre-se que se trata de uma raça dominante, apesar de seu reduzido tamanho.

Preço do lhasa apso

O preço de um filhote de lhasa apso é de R$ 1.400,00 a R$ 5.000,00. O valor dependerá principalmente de sua linhagem, de seu sexo e também do canil de origem.

Lembre-se de não se deixar levar apenas pelos preços quando a questão é garantir a saúde e o bem-estar de seu novo companheiro. Por isso, busque um canil que esteja devidamente registrado e com as documentações em dia.

Não é recomendado adquirir filhotes diretamente com particulares, em pet shops ou na internet.

Origem e história do lhasa apso

O lhasa apso é originário de Lhasa, uma cidade sagrada do Tibet, onde também são chamados de Abso Seng Kye, que significa algo como “cão-leão de sentinela”. Sua presença na cultura tibetana é tão marcante que o cão aparece em inúmeras crenças budistas, estando constantemente relacionado à reencarnação.

Em seu país de origem, foi amplamente utilizado para proteger os mosteiros tibetanos e também as propriedades de algumas famílias. Nesta época, esta raça só podia acompanhar os monges ou os membros da nobreza. E diferente da maioria dos cães de guarda, os lhasa apso eram utilizados para proteger os ambientes internos aos monastérios.

Esta raça figura entre as mais antigas de todo o mundo. De fato, estes cães já eram retratados durante o ano 800 a.C. Mesmo sendo adorado pelos asiáticos, o lhasa apso só conquistou certa fama, nos continentes ocidentais, depois da década de 30. E apesar de seu comprovado talento como guardião, o lhasa apso acabou se popularizando como um cão de companhia.

Comentários

1 resposta em “Lhasa Apso”

    Mariadiz:

    Amo o Lhasa apso, gostaria de adquirir uma fêmea na cor branca