10 raças de cães braquicefálicos: saiba quais são e os cuidados necessários

Separamos uma lista com raças de cachorro braquicefálico e suas características. Veja se você já sabia quais são e os cuidados necessários

Os cães braquicefálicos também são conhecidos como animais com o nariz ou até mesmo o rosto “achatado”. E esse rostinho diferente dos pets parece encantar muitas pessoas por todo o mundo, não é mesmo? Algumas raças braquicefálicas são extremamente populares, como o Pug, Buldogue Inglês ou o Buldogue Francês

No entanto, existem ainda alguns cães que são braquicefálicos e muitas pessoas não fazem ideia de quais são essas raças. E ao contrário do que se imagina, existem mais raças braquicefálicas do que imaginamos.

Mas se você ficou curioso para saber mais, não se preocupe. Neste artigo nós vamos te mostrar as raças de cães braquicefálicos, algumas informações sobre elas e dicas de cuidados com esses cães. Acompanhe até o final!

Raças de cães braquicefálicos

  • 01 de 10

    Pug

    Pug branco deitado

    O Pug provavelmente é um dos cães mais populares quando o assunto são os braquicefálicos. Ele é um cachorro de pequeno porte, com olhinhos expressivos e saltados, cabeça arredondada, rabinho enrolado e ruguinhas pelo corpo. A raça é extremamente amigável e encanta com muita facilidade crianças e outros animais, podendo ser amigo de vários outros pets.

  • 02 de 10

    Shih Tzu

    Shih Tzu manchado com a língua para fora

    Não são todas as pessoas que sabem que o Shih Tzu é um cãozinho braquiocefálico, mas ele é, basta reparar na cabeça dele. Famoso pela fofura e pela beleza dos pelos alongados, a raça se adapta muito bem à família humana, já que gosta de dar e receber carinho e é muito animado.

  • 03 de 10

    Buldogue Francês 

    Bulldog Francês preto deitado no sofá cinza

    Sendo o cãozinho braquicefálico mais popular da Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), não é muito difícil ver essa fofura por aí. Conhecido por ser tranquilo, esse cãozinho é atencioso e muito companheiro de seus amigos humanos. Geralmente se dá muito bem com crianças devido ao seu jeito brincalhão e dócil!

  • 04 de 10

    Buldogue Inglês 

    Bulldog sentado

    Com várias dobrinhas no rosto e olhos com uma expressão irresistível, esse cãozinho adora demonstrar seu amor por toda a família. Com o passar dos anos, sua personalidade sofreu algumas mudanças e, hoje em dia, o Buldogue Inglês possui um temperamento calmo, dócil e muito amigável. Ele é um excelente companheiro para todas as horas.

  • 05 de 10

    Pequinês 

    Pequinês

    O Pequinês se parece com um pequeno mico-leão-dourado que adora colo – e por isso mesmo é um ótimo cão de companhia. Uma das menores raças do mundo, chegando apenas a 6 quilos, o pequinês cabe na bolsa. Além disso, esse cãozinho braquicefálico é muito amigável e ama estar perto da família. 

  • 06 de 10

    Lhasa Apso

    Personalidade do Lhasa Apso

    Esse é outro cão que não parece ser braquicefálico, mas ele é. É um cachorro que adora o tutor, mas não é muito fã de grude. Gosta de estar por perto, mas não necessariamente com contato físico. Os cachorros da raça Lhasa Apso são alegres e divertidos, mas não são muito receptivos com estranhos e tendem a ter ciúme das suas coisas.

  • 07 de 10

    Boston Terrier

    Boston Terrier em pé feliz

    Ser o tutor de um Boston Terrier é se apaixonar incontáveis vezes durante o dia. Ele é do tamanho ideal para se ter em apartamento ou casa. Esse cão braquicefálico gosta de brincar com todos à sua volta e facilmente se tornará o queridinho da família.

  • 08 de 10

    Boxer

    Saiba tudo sobre a raça boxer

    Ter um cachorro Boxer em casa é sinônimo de risada e muitos momentos divertidos em famílias. Dóceis e extremamente atrapalhados, esses cães braquicefálicos são a alegria da família. Eles costumam proteger quem amam com unhas e dentes. Os boxers são ótimos com crianças e podem brincar muito ao lado dos pequenos. 

  • 09 de 10

    Maltês

    Cachorro da raça Maltês

    O Maltês adora um colo, mas também pode ser vigilante e é um ótimo cachorro de competição. Muito brincalhão e afetuoso, cães dessa raça mini adoram fazer amigos de todas as idades, mas também podem ser bastante teimosos: por isso, o tipo de adestramento recomendado.

  • 10 de 10

    Cavalier King Charles Spaniel 

    Cavalier King Charles Spaniel cabeça observando

    Descendente da realeza inglesa, esse pequeno aristocrata braquicefálico foi feito para o aconchego e o conforto do colo de seus tutores. Os Cavalier King Charles Spaniels são amigáveis, carinhosos e voltados para as pessoas. Não é à toa que sempre foram ótimos cães de companhia e diplomatas natos.

O que são cães braquicefálicos?

Para entendermos mais sobre esses cães, precisamos primeiro entender o que é um animal braquicefálico. A palavra tem origem na união do grego ‘brachys’, que significa ‘curta distância’ e cefálico, referente à cabeça. Os cães braquicefálicos realmente possuem um crânio mais curto e um focinho mais achatado, ou seja, mais próximo da parte de trás da cabeça. 

Além disso, alguns anos atrás, criadores valorizavam o cruzamento de cães com focinhos cada vez mais curtos. O objetivo era obter um maxilar proporcional ao tamanho do corpo. O maxilar é o osso que “suporta” os dentes em todos os animais.

Para tal propósito, o maxilar superior deveria ser mais curto, enquanto o inferior teria o tamanho mantido. No entanto, muitos pontos importantes não foram levados em consideração e houveram problemas.

O grande ponto negativo desse tipo de cruzamento entre os cães de focinho curto, é que isso ocasionou em várias transformações físicas das raças, impactando diretamente na saúde deles. Hoje em dia, esses cães sofrem diversos problemas respiratórios e acabam tendo diversas limitações físicas. Os problemas são tantos, que afetam principalmente o estilo de vida desses cães, que não podem, por exemplo, correr longas distâncias.

Para algumas raças essas mudanças significaram, ainda, o desenvolvimento de síndromes bastante complexas que chegam afetar até mesmo os olhos dos animais. Então, por mais fofos que sejam, os cães braquicefálicos sofrem mais devido às características anatômicas, mas que são controladas com alguns cuidados importantes. Logo, é importante ressaltar que ter uma raça braquicefálica requer cuidados especiais e muita dedicação. 

Cuidados com cachorro braquicefálico

Um cãozinho braquicefálico vai exigir do tutor muitos cuidados e atenção. Logo, antes de pensar em ter um em casa, você deve levar em consideração que ele não poderá se exercitar muito e nem viver em locais quentes, pois podem passar mal e até mesmo acabar morrendo.

Por isso, atente-se sempre à hidratação desses pets e em mantê-los protegidos do calor. Além disso, eles podem desenvolver crises respiratórias e demandar dos donos idas frequentes ao médico veterinário. 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *