Tudo sobre a raça Yorkshire Terrier

Saiba tudo sobre a raça de cachorros Yorkshire Terrier. Informações como suas características, personalidade, temperamento, preço e muito mais. Confira!
  • Yorkshire marrom e preto
  • Personalidade Yorkshire Terrier
  • Preço Yorkshire Terrier
  • Yorkshire marrom na grama
  • Perfil Yorkshire Terrier
  • Yorkshire Terrier branco
  • Tudo sobre o Yorkshire Terrier
  • Yorkshire em cima da cama
  • Yorkshire deitado com fundo branco
  • Yorkshire em pé nas plantas
  • Yorkshire preto
  • Yorkshire comendo ração
  • Yorkshire Terrier marrom fêmea
  • Yorkshire Terrier filhote deitado
  • Yorkshire tosado
  • Yorkshire triste e deitado

O Yorkshire Terrier está entre as menores e mais populares raças caninas de todo o mundo. Desde seu nascimento como raça, o Yorkshire já desfilava sua beleza no colo das madames inglesas do século XIX.

Além de seu aspecto meigo e caráter enérgico, é um cão hipoalergênico podendo acompanhar inclusive as pessoas com alergias respiratórias ou cutâneas.

Se você já é ou pensa em se tornar um feliz dono de um Yorkshire Terrier, te propomos conhecer as principais características e os cuidados que requer esta belíssima raça.

Certamente, você se encantará pelas qualidades destes grandes aventureiros de tamanhos reduzidos.

Índice – você encontrará as seguintes informações nesse artigo:

  1. Ficha técnica do Yorkshire Terrier
  2. Características da raça
  3. Características físicas
  4. Personalidade do Yorkshire Terrier
  5. Cuidados básicos
  6. Cuidados com a saúde
  7. Preço Yorkshire
  8. Dúvidas frequentes sobre a raça
  9. Origem e História

Ficha técnica da raça Yorkshire Terrier:

Adaptação
Bom para apartamento
Gosta de ficar sozinho
Gosta de outros cachorros
Gosta de gatos
Gosta de estar com a família
Higiene e saúde
Cuidados com a higiene
Riscos com a saúde
Solta pelos
Tamanho
Treinamento
Fácil de adestrar
Necessidade de exercícios físicos
Late muito
Gosta de brincadeiras
Características da raça:

Grupo: Grupo dos Terriers
Altura média: 20 a 25 cm para fêmeas e 22 a 28 cm para machos
Peso: 1,5 a 3,5 kg
Personalidade: Corajoso, Inteligente, Confiante, Independente
Expectativa de vida: 13 a 16 anos

Características do Yorkshire Terrier

Hoje em dia, ainda persiste certa confusão sobre o padrão da raça Yorkshire Terrier. Muitas pessoas acreditam que existem vários tamanhos para estes cães, porém, esta crença é falsa. Segundo a Confederação Brasileira de Cinofilia (CBC), o Yorkshire admite um único tamanho, que pode variar de animal a animal, de acordo a sua herança genética. Ou seja: o tamanho de um yorkie é determinado, principalmente, pelos seus progenitores.

O Yorkshire Terrier é um cão de pequeno porte, com corpo compacto, levemente mais longo do que alto. Sua cabeça é pequena e proporcional ao tamanho de seu corpo, com um formato semelhante a uma maçã. O focinho é afinado e termina em um pequeno nariz preto. As orelhas são triangulares e pontiagudas, devem permanecer bem empinadas, como se o cão estivesse sempre alerta.

O corpo de um Yorkie é coberto por uma abundante pelagem lisa e oleosa, que pode ser média ou longa.

Os pelos são retos, finos, sedosos e brilhantes, requerendo cuidados constantes para permanecer belos e saudáveis.

Outra excelente característica do Yorkshire é que ele perde pouco pelo, sendo considerada uma raça hipoalergênica. As cores típicas da raça são o preto, o fogo e a azul-aço (ou cinza claro), que podem ser combinadas em maior ou menor predominância de acordo com cada Yorkie.

A seguir, resumimos as principais características físicas desta raça:

  • Altura: entre 20 cm e 25 cm para fêmeas; entre 22 cm e 28 cm para machos.
  • Peso corporal: entre 1,5 kg e 3,5 kg, mas alguns cães podem alcançar até 7 kg;
  • Contextura física: corpo pequeno, leve e compacto, levemente mais alongado que alto, coberto por abundante pelagem.
  • Extremidades: bem proporcionais.
  • Pelagem: abundante, com pelos lisos, finos e oleosos, podendo ter uma longitude média ou longa.
  • Cores de pelagem: são encontrados em diferentes proporções das cores típicas: preto, fogo e azul-aço.
  • Cabeça: pequena, orelhas pontiagudas sempre bem empinadas, focinho afilado e levemente pronunciado. Expressões faciais amigáveis e seguras.
  • Olhos: pequenos e escuros.
  • Focinho: pequeno e preto.
  • Rabo: de inserção alta, podendo dobrar-se sobre suas próprias patas.

Personalidade e temperamento do Yorkshire Terrier

Apesar de sua aparência meiga e vulnerável, o Yorkshire é um autêntico exemplar de terrier. Seu caráter é naturalmente enérgico, curioso, valente, inteligente e territorial. Porém, o comportamento de cada Yorkie será determinado fundamentalmente pela educação que recebe de seu tutor e de sua família.

Apesar de adorar companhia e jamais recusar um mimo, o Yorkshire não é apenas um cão de colo. Estes pequenos peludos nascem com um espírito aventureiro, amam brincar, correr, saltar e descobrir novos lugares. O Yorkie é muito seguro de si mesmo e herdou o instinto caçador da família Terrier. Por isso, pode demonstrar enorme interesse por cheirar tudo que está em seu caminho.

Além disso, devemos destacar que o excesso de colo e de consentimento costuma ser contra produtivo na criação de qualquer cão. Sabemos que é difícil dizer “não” a uma criatura tão fofa, mas a superproteção incentiva as condutas possessivas e/ou teimosas que aparecem facilmente nesta raça. Um Yorkshire superprotegido ou mimado pode representar um risco para si mesmo, já que não terá nenhum pudor em enfrentar cães muito maiores que ele. E resultará cada vez mais difícil educá-lo.

Os Yorkshires são extremamente carinhosos e fieis a seus familiares. Porém, costumam se mostrar desconfiados e alertas quando algum desconhecido ingressa em seu território. Não se estranhe se seu Yorkie adotar uma postura desafiante frente a pessoas e animais estranhos, ou latir ao escutar a campainha. Isso faz parte de sua “herança terrier”. Como exímios caçadores, devem estar sempre preparados para reconhecer e sinalizar os estímulos de seu entorno, avisando seus tutores sobre uma presença incomum.

Cuidados essenciais para cães Yorkshire Terrier

O Yorkshire Terrier costuma requerer cuidados simples para se conservar forte, são e equilibrado. O cuidado mais meticuloso consiste na higiene de seu corpo e sua pelagem. Um Yorkshire precisa de escovações diárias, ou a cada 2 dias, para evitar a formação de nós ou a acumulação de impurezas em sua pelagem. Embora não precisem ser tosados com frequência, uma visita ao cabeleireiro canino a cada 2 meses para um corte higiênico é recomendável.

Seu pequeno cãozinho deve receber 2 banhos por mês, sempre com uma escovação prévia. Para completar sua higiene, indicamos a limpeza diária de seus olhos, e semanal de suas orelhas. Também é importante escovar os dentes de seu Yorkie, pelo menos, 2 vezes por semana, para evitar a formação de tártaro. E um corte de unhas ao mês também será bem vindo.

O segundo cuidado fundamental de um Yorkshire Terrier diz respeito a sua educação e a sua socialização. Um Yorkie costuma ser territorial e tem a tendência de desenvolver certos comportamentos histéricos ou possessivos. Por isso, o ideal é socializar seu Yorkshire durante sua infância, preferencialmente antes de seus 6 meses. Além disso, o adestramento será indispensável para evitar a teimosia que caracteriza muitos exemplares desta raça. Seu Yorkie precisa aprender, desde filhote, a respeitar seu tutor e as normas de sua casa.

São cães muito enérgicos e aventureiros, por isso, precisam se exercitar física e mentalmente. Por seu pequeno tamanho, um Yorkie pode suprir sua necessidade de atividade física com 2 passeios diários, de 20 a 30 minutos cada um. Porém, você precisará se dedicar um pouco mais a estimulação cognitiva de seu peludo. O ideal é oferecer brinquedos e jogos interativos que estimulem sua inteligência, mesmo quando você não esteja presente.

Como todo cão, o Yorkshire necessita receber uma nutrição equilibrada para permanecer saudável, feliz e ativo. É indispensável escolher uma ração de ótima qualidade e oferecer a quantidade adequada a nosso peludo, de acordo com seu tamanho, peso e idade. Além disso, você pode consultar seu veterinário de confiança sobre alguns suplementos naturais e vitaminas que ajudem a preservar a beleza e a boa saúde de seus pelos.

Saúde do Yorkshire Terrier

O Yorkshire Terrier costuma ser um cão forte e saudável, apesar de seu corpo pequeno e leve. Este pequeno cachorro possui uma expectativa de vida entre 13 e 16 anos. Com uma alimentação equilibrada, exercícios físicos regulares e cuidados diários, estes cães dificilmente adoecem.

O risco mais frequente para a boa saúde de um Yorkie estão nas quedas ou golpes acidentais. São hiperativos e adoram uma boa aventura, por isso, podem terminar se acidentando no meio de tanta empolgação. Uma queda ou um trauma podem resultar especialmente graves nesta raça, já que seus ossos e suas vértebras já são vulneráveis por natureza. Isso também explica por que os Yorkshires são comumente afetados por problemas na coluna vertebral, principalmente pelas hérnias de disco.

Os Yorkies também podem desenvolver problemas respiratórios com bastante facilidade. São muitos os diagnósticos de bronquite esta raça, principalmente em países de climas mais frios. Além disso, estes peludos também demonstram certa predisposição às seguintes patologias:

  • Perda acelerada de dentes na fase adulta
  • Problemas estomacais
  • Luxação de rótula
  • Hidrocefalia congênita
  • Problemas no parto

É importante ressaltar que todo cão necessita receber uma adequada medicina preventiva para preservar sua saúde e desfrutar de sua longevidade. Por isso, para cuidar bem de seu Yorkshire, não esqueça as visitas periódicas ao veterinário (de 6 em 6 meses), o calendário de vacinação  e os tratamentos antiparasitários internos (vermífugos) e externos (pipetas, comprimidos mastigáveis, etc.).

Preço Yorkshire

O valor investido em um filhote de Yorkie dependerá principalmente de sua linhagem e do canil de origem. Para oferecer uma estimativa, um filhote de Yorkshire Terrier costuma custar entre R$800 e R$4000.

Não se recomenda adquirir filhotes diretamente com particulares, em pet shops ou em sites da internet. Além disso, alertamos para o perigo de adotar um Yorkie miniatura, anão ou micro. A miniaturização é um problema complexo que afeta diretamente o metabolismo e a qualidade de vida dos cães. Como te contamos antes, o Yorkshire Terrier possui um único tamanho, e as dimensões de cada cão dependem de sua herança genética.

Dúvidas frequentes sobre a raça

1- O yorkshire é um bom cão para apartamentos?

Sim, o Yorkie se adapta super bem a viver em um apartamento. Além de ser compacto e hipoalergênico, o Yorkshire Terrier costuma se manter mais saudável com uma exposição moderada ao ar livre, já que possui muita tendência a desenvolver problemas respiratórios. Porém, os passeios diários e a estimulação cognitiva serão essenciais para manter seu cão físicamente e emocionalmente saudável e ativo.

2- O Yorkshire é um bom cão para crianças?

Sim, porém com cuidado. O pequeno tamanho e o caráter enérgico e brincalhão fazem dos Yorkies companheiros incansáveis para as aventuras das crianças. Porém, devemos ter cuidado para que as brincadeiras e aventuras não representem um risco para a saúde dos peludos. Como te contamos, os ossos e as vértebras dos Yorkies são frágeis, por isso, qualquer trauma ou queda acidental podem resultar graves. O ideal é que um adulto sempre esteja supervisando a integração das crianças com os Yorkies.

3- Os Yorkies gostam de brincar na água?

Sim! Como bom exemplar da família Terrier, os Yorkshires adoram uma brincadeira na água. De fato, podem se mostrar super animados na hora do banho, o que facilita muito cuidar de sua higiene. Além disso, aprendem a nadar instintivamente, sendo exímios nadadores.

4- O Yorkshire gosta de conviver com outros cães e gatos?

O gosto pela convivência de todo cão depende da educação e da socialização que lhe são proporcionadas. Um Yorkie precisa ser socializado desde filhote, preferencialmente até suas primeiras 20 semanas de vida, para aprender a se relacionar pacificamente com pessoas, cães, gatos e até com seus brinquedos e objetos pessoais. Lembre-se que esta raça pode se mostrar territorial, apesar de seu pequeno tamanho.

Origens e história do Yorkshire Terrier

O Yorkshire Terrier é originário do condado de Yorkshire, que faz parte da Inglaterra. Esta região foi especialmente reconhecida, no meio da cinofilia, pela criação de muitas raças destacadas. Supõe-se que o nascimento dos Yorkies não foi acidental, senão derivado de cruzamentos propositais entre os melhores exemplares de raças tipicamente inglesas, como English Toy Terrier, Skye Terrier e Dandie Dinmont Terrier. O objetivo era criar uma raça de pequeno porte, mas que mantivesse as habilidades típicas da família Terrier.

Os Yorkies começam a ser retratados já durante os primeiros anos do século XIX, porém a raça só conquistou seu merecido reconhecimento nas exposições e concursos caninos depois do ano 1860. A partir daí, conquistou inúmeros prêmios por sua estética privilegiada e notável inteligência. Inicialmente, podiam ser encontrados diversos tamanhos de Yorkshire Terrier. Somente após sua introdução nos Estados Unidos, durante o final do século XIX, o padrão da raça foi estabelecido como porte pequeno.

A princípio, os Yorkies eram utilizados na caça de pequenos roedores, principalmente de ratos ou coelhinhos da Índia que se enterravam na terra para se esconder. Posteriormente, quando a Europa se viu infestada por uma praga de ratos, os Yorkshires foram empregados como exterminadores naturais.  Seu sucesso foi tão grande nestas atividades que a raça começou a participar de competições esportivas em “levantamento de ratos”. E logicamente, a raça colecionou diversos troféus.

Foi apenas no século XX, graças à perspicácia da nova burguesia britânica, que o Yorkshire Terrier ganhou fama e notoriedade como cão de companhia. Este foi o pontapé inicial para que os Yorkies se tornassem uma das raças mais queridas e populares de todo o mundo.