Alopecia canina: saiba tudo sobre a queda de pelo em cães

A queda de pelos em cães pode ser causada pela alopecia canina. Entenda sobre essa doença, as causas, sintomas e raças mais propensas a ter
Dachshund marrom de pelo longo

Todos sabem que a queda de pelo em cães é algo comum e na maioria dos casos, ocorre sempre duas vezes por ano, pois os pets sempre trocam de pelo juntamente com as mudanças do clima. No entanto, é importante salientar que existe também a queda de pelo patológica, conhecida como alopecia, isto é, uma espécie de calvície canina.

Sim, os cachorros também podem sofrer com a queda de pelo precoce. E se você desconfia que o seu cachorro está perdendo mais pelo que o normal e está começando a ficar com algumas partes do corpo completamente sem pelo, pode ser que ele apresente a alopecia canina.

Mas para ter certeza, é importante que você não apenas leia o artigo completo, como também leve o seu cãozinho para uma consulta com o médico veterinário, pois apenas um profissional dará o diagnostico correto. Agora, entenda tudo sobre a alopecia canina.

O que é a alopecia em cães?

A alopecia canina é uma condição que se manifesta nos cães por conta de outras doenças de pele ou até mesmo desequilíbrios no organismo do cachorro. O quadro pode se manifestar de duas formas diferentes, fazendo com que o animal perca pelo por todo o corpo ou em pontos específicos.

No geral, a queda de pelo é notável pelo dono, pois ela tende a deixar o pet completamente sem pelo em algumas regiões do corpo. Existem algums doenças que podem causar a alopecia em cães, são elas:

Estresse

O estresse em cães é uma das causas mais comuns que leva o animal a apresentar a alopecia. Além da queda de pelos total, outros sintomas são a queda de pelos localizada, geralmente nas patas, seguida de lesões avermelhadas, com crostas e pus.

Parasitas

Pulgas, piolhos e carrapatos também são três motivadores que levam os animais a apresentarem a alopecia. Além da coceira e a queda de pelos em pontos específicos pelo corpo, o animal também apresenta: prurido intenso, rarefação de pelos principalmente na área do pescoço e ao longo do dorso.

Fungos

Os fungos podem também podem fazer com que o cachorro apresente a alopecia. O fungo nos cães geralmente acontece quando o animal não seca os pelos de forma correta. Além da queda de pelo, o fungo faz com que o animal apresente prurido, algumas regiões com rarefação de pelos e outras com alopecia circular, hiperpigmentação e mau cheiro nas lesões.

Deficiência nutricional

Quando o animal não se alimenta de forma correta, ele não consegue obter todas as vitaminas e nutrientes que precisa para ter um pelo forte e saudável, logo, a alopecia também pode se manifestar. Nesse caso, outros sintomas como pelos fracos, sem brilho, com aspecto áspero e pontos pelo corpo completamente sem pelo também são comuns de aparecerem.

Alergias alimentares

Alergias alimentares em cães são bastante extremamente comuns, principalmente para os que consomem diversos tipos de frutas e legumes. Além da queda de pelo, neste quadro o animal apresenta: coceira, vermelhidão, lesões com crostas, pus, descamação e mau cheiro.

A alopecia canina tem cura?

cachorro coçando

Por ser uma condição que se manifesta por conta de outras doenças que têm tratamento, a alopecia canina também tem cura. Por isso, leve o cão ao médico veterinário para que ele receba o tratamento adequado. Quanto mais cedo o problema for tratado, menos a pelagem do animal será comprometida.

Além disso, é muito importante que você não tente nenhum tratamento ou solução em casa, pois estamos falando de um problema de pele. Quando o cachorro apresenta a alopecia, a pele dele tende a ficar mais sensível, logo, qualquer solução caseira pode piorar o quadro de maneira considerável.

Quais são as raças de cachorro mais propensas a apresentar a alopecia?

É importante salientar que qualquer cão, em qualquer fase da vida, pode apresentar o problema. No entanto, há algumas raças de cachorro que são mais suscetíveis ao desenvolvimento da alopecia, entre elas podemos destacar:

É importante salientar ainda que a origem do problema pode ser hereditária. Então, filhotes de pais com alopecia são mais propensos a desenvolvê-la durante a vida. Por isso, qualquer sinal de queda de pelo que você notar no cãozinho, leve-o ao médico veterinário.

Comentários