Como tirar carrapato de cachorro: veja o passo a passo essencial

Os carrapatos podem trazer incômodos e até doenças para os cachorros. Saber como tirar corretamente é essencial. Veja o guia que separamos
Beagle deitado na grama

Os carrapatos são provavelmente um dos problemas mais comuns e chatos que acometem os cães. Além de ser difícil tirar esses parasitas dos pelos dos cães, não removê-los pode causar algumas doenças sérias e graves, como a doença do carrapato, erliquiose e a babesiose. 

E o pior é que essas doenças são também muito perigosa para os humanos e principalmente para as crianças. Logo, aprender a tirar os carrapatos do pelo do seu cachorro pode fazer com que você evite muitos problemas. Mas se você ainda não sabe como removê-los do seu bichinho, não se preocupe. Neste artigo vamos te ensinar tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Acompanhe!

Passo a passo de como tirar carrapato de cachorro

1. Tenha ferramentas para te auxiliar 

Carrapatos são parasitas complicados e teimosos para sair, logo, você vai precisar de uma ferramenta que te auxilie na hora de tirar o carrapato, uma pinça é o ideal. Não tente usar as mãos, pois o carrapato pode morder você ou até mesmo acabar caindo no tapete e será bem difícil encontrá-lo depois. Além disso, procure usar luvas na hora da remoção, pois como mencionamos, eles transmitem doenças também para os humanos. Seja cuidadoso! 

E caso você não possua as ferramentas ideais para remover os carrapatos, leve o animal ao médico veterinário. É melhor buscar ajuda profissional do que acabar contraindo alguma doença junto ao cãozinho. É preciso ser responsável quando o assunto são carrapatos.

2. Não deixe o animal nervoso 

Se o animal estiver estressado ou até mesmo agitado, espere ele se acalmar para você começar o processo de remoção. O ideal é quando ele estiver calmo e relaxado, até que ele fique imóvel o bastante para que você possa pegar o carrapato com a pinça. Se você tentar arrancá-lo muito rapidamente, pode romper o carrapato ainda fixo na pele do cão, provocando infecções. Tenha cautela, pois será mais fácil remover o carrapato inteiro se o seu cão estiver imóvel. Um osso ou petisco poderá ajudar o cão a se manter ocupado enquanto você lida com o carrapato.

3. O carrapato precisa estar visível 

O carrapato não é um parasita muito fácil de ver devido à sua cor creme meio esverdeada, logo, ele facilmente pode se misturar aos pelos do animal, o que torna a visibilidade difícil. Por isso, divida os pelos do cão cuidadosamente ao redor do carrapato e segure-os rente à pele com uma mão, deixando a outra mão livre para remover o carrapato. Realize este passo com calma para garantir a remoção. Como o carrapato já se fixou ao seu cão, ele provavelmente se manterá no local e não se moverá mesmo depois de exposto.

4. Higienize o local após a remoção

Se o carrapato conseguiu se fixar na pele do animal, significa que ele precisou mordê-lo, portanto, o local está infectado. Após remover o carrapato, pegue um algodão com álcool e passe no local. Tentar dar um banho no cãozinho após tirar os parasitas também pode ser uma boa ideia para garantir a limpeza completa e até mesmo um alívio para o pet. 

5. Tenha cuidado para se livrar do carrapato

Depois de remover o carrapato, você precisa descartá-lo com segurança para garantir que ele não retornará para morder novamente o seu amigo de quatro patas. Coloque o carrapato em um pote com tampa ou recipiente que possa ser fechado hermeticamente e jogue fora. No entanto, se o seu cãozinho estiver apresentando febre, fadiga ou algum outro sintoma de que não está bem, guarde o carrapato para mostrar ao médico veterinário. 

6. Leve o cãozinho ao médico veterinário

Por fim, é muito importante que você garanta que o carrapato não transmitiu nenhuma doença para o seu cachorro e a melhor forma de ter certeza disso é levando o bichinho ao veterinário após a remoção do carrapato. Boa sorte!

Comentários