Quais são as principais vitaminas para os cães?

Para que o cão esteja saudável, ele precisa consumir vitaminas essenciais para o organismo. Saiba quais são elas e sua importância
Cachorro com uma manga na boca

Não são apenas os humanos que precisam de uma alimentação balanceada para conseguirem absorver todos os nutrientes e vitaminas necessários, o mesmo acontece com os cães. Eles precisam conseguir ingerir uma quantidade considerável de vitaminas diariamente para que o organismo funcione de maneira correta. 

Mas nem sempre é fácil montar uma dieta que consiga fornecer todos os nutrientes e vitaminas que os cães precisam para viver com saúde. Por isso, é muito importante que você leve o seu amigo de quatro patas ao médico veterinário com frequência, para que uma dieta seja feita com base nas necessidades dele.

A alimentação natural, rica em frutas, verduras e legumes, é uma das principais alternativas para fazer com que os cães consigam ingerir todas as vitaminas, proteínas e até mesmo carboidratos que precisam para viver de maneira saudável. Mas é muito importante que os tutores conheçam quais são as vitaminas mais importantes que os cães precisam consumir.

Conhecendo melhor quais são as vitaminas que não podem faltar na alimentação do cachorro, fica muito mais fácil fornecê-las ao pet. Por isso, neste artigo nós vamos listar as principais vitaminas que os peludos precisam. Além disso, vamos te dar algumas dicas de como garantir que o seu cãozinho consiga ingerir essa vitaminas. Acompanhe até o final!

Principais vitaminas para os cães 

Todas as vitaminas são importantes para garantir o bom funcionamento do organismo canino. No entanto, algumas delas podem ser mais importantes e necessárias para os cães. Por isso, nós vamos explicar a função e a importância de cada um delas no corpo e organismo do animal. Confira:

Vitamina A

A Vitamina A é importante para o crescimento e desenvolvimento dos tecidos de vários órgãos, em especial, os olhos. Por isso, ela pode ser muito importante para evitar que o bichinho tenha problemas oftalmológicos. Ela também tem a capacidade de manter boca, nariz, olhos e estômago saudáveis.

Vitamina D

A vitamina D é uma das mais importantes para os cães, pois ela garante mais energia, devido a melhora no funcionamento do organismo do pet, e até mesmo felicidade para os peludos. Mas não apenas isso, essa vitamina ajuda a manter os ossos dos animais saudáveis, além de fortalecer o sistema imunológico e cardiovascular. Por isso, deixe que o cãozinho tome sol de maneira adequada, afinal, eles adoram esse momento!

Vitamina E

Com uma forte função antioxidante, essa vitamina pode ajudar a combater os danos causados pelos radicais livres, como envelhecimento da pele e até mesmo o ressecamento dos pelos do animal. No entanto, deve ser fornecida através dos alimentos, pois em alguns casos ela pode não ser sintetizada pelo organismo do cachorro.

Vitamina K

Essa pode ser essencial para os cães, pois auxilia na metabolização de proteínas. Além disso, a vitamina K pode auxiliar na coagulação do sangue e ajuda no desenvolvimento e manutenção dos ossos. Essa vitamina pode ser encontrada com facilidade em muitos legumes e verduras que os cães podem comer, como o brócolis e o espinafre.

Vitaminas do complexo B

As vitaminas que fazem parte do complexo são B são: B1 (Tiamina), B2 (Riboflavina), B3 (Niacina), B5 (Ácido Pantotênico), B6 (Piridoxina), B7 (Biotina), B9 (Ácido Fólico) e B12 (Cobalamina).

Todas elas têm funções antioxidantes, sendo capazes de melhorar o funcionamento do sistema nervoso e da pele do cãozinho. Além disso, elas podem contribuir para a metabolização da glicose, além de seremauxiliares da replicação celular e do DNA.

Vitamina C

Por incrível que pareça, os cães não precisam suplementar ou ingerirem alimentos com essa vitamina. O próprio organismo dos cachorros consegue produzi- la por meio da glicose e também do fígado. No entanto, não existe problema algum caso o animal coma alimentos ricos em vitamina C, como a laranja.

Como garantir a ingestão de vitaminas dos cães?

A preocupação em relação às vitaminas vai variar com o tipo de alimentação que você fornece para o cachorro. Se o cãozinho come apenas ração, por exemplo, o tutor pode ficar mais tranquilo em relação ao consumo das vitaminas. A grande maioria das rações já possuem toda a quantidade necessária para o animal. 

Por outro lado, se o cãozinho segue uma alimentação natural, o tutor deve ter mais atenção e cuidado em relação à ingestão de vitaminas. Quando esse estilo de dieta é fornecida ao animal, o tutor precisa ter todo um planejamento em relação quais frutas, legumes e verduras irá oferecer ao cãozinho. Além disso, ele precisará conhecer todos os alimentos antes de dá-los ao pet.

Por isso, é extremamente necessário que a alimentação natural seja prescrita por um médico veterinário, pois apenas ele conseguirá montar um cardápio ideal com base nas necessidades do seu cachorro. Infelizmente, hoje é muito comum que animais fiquem doentes devido ao déficit de vitaminas, pois muitos tutores decidem mudar a alimentação deles por conta própria.

Como saber se o animal está com deficiência de vitaminas? 

Os principais sinais que o animal dá quando está com deficiência de vitaminas, são as alterações na pele, ele começa a ficar mais cansado e indisposto e pode até mesmo começar a ficar gripado com uma frequência maior. Isso pode ocorrer, pois a carência de vitaminas faz com que o animal também fique com a imunidade baixa, estando mais suscetível às doenças.

Além disso, existem alguns outros problemas que o animal pode apresentar quando está com carência de vitaminas, como a hipovitaminose e hipervitaminose. Nos filhotes, a falta de vitamina D, por exemplo, pode causar o raquitismo. Ou seja, o animal pode sofrer com o enfraquecimento dos ossos. Por isso, um médico veterinário deverá ser consultado caso você desconfie da carência de vitaminas.

Ao chegar no médico veterinário, ele irá solicitar alguns exames para comprovar quais são as vitaminas que estão com os níveis baixos no organismo do animal. O tratamento não é muito difícil, o profissional passará complexos vitamínicos para o cãozinho tomar por um determinado período.

Jamais tente medicar ele em casa, a ajuda do veterinário nessa situação é de extrema necessidade, pois se o animal estiver com alguma doença relacionada a falta de vitaminas, o tratamento poderá ser diferente. Cuide do seu peludo da melhor maneira possível. Boa sorte!

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *