Dermatite canina: tudo o que você precisa saber

A dermatite canina é comum nos cães e há raças mais propensas ao quadro. Entenda o que é, as causas e como tratar o problema
cachorro coçando a perna com a boca

A dermatite canina é um tipo de problema extremamente comum entre os cães e ela pode ser causada por uma série de fatores. Além disso, a dermatite pode ser bastante abrangente, pois ela pode se caracterizar por qualquer problema ou inflamação na pele do animal. Mas os sinais da dermatite são bastante claros, logo, não é difícil identificá-la.

O maior causador da dermatite nos nossos amigos de quatro patas é a atuação de fungos e bactérias na pele do animal. Por esse motivo, algumas raças apresentam uma predisposição maior ao problema, pois no geral costumam ter a pele mais sensível. Por isso é tão importante que os tutores estejam atentos à dermatite canina. 

Mas não se preocupe, neste artigo nós vamos te explicar tudo o que você precisa saber sobre a dermatite canina. Além disso, contaremos quais são os principais sintomas e as maneiras mais efetivas de tratamento. Acompanhe até o final.

O que é dermatite canina? 

A dermatite canina é uma inflamação ou infecção muito comum na pele dos cães e pode acometer a pele de qualquer raça. No entanto, existem alguns animais que estão mais suscetíveis ao problema, como os cães de pelagem longa e espessa, como o shih tzu e lhasa apso. Isso ocorre, pois pelos mais densos tendem a ser o ambiente “perfeito” para as dermatites.

Mas fique atento! Não são apenas os pelos abundantes que podem atrair as dermatites. Cães com dobrinhas, como o Buldogue Inglês e o Shar-pei, podem também ter mais facilidade para contrair a dermatite canina. Isso ocorre, pois as bactérias e fungos conseguem se proliferar com muita facilidade. Logo, todo cuidado é necessário com esses cães.

A dermatite precisa ser encarada como um problema sério pelos tutores, pois assim como com os humanos, a pele dos cães é o maior órgão do corpo e responsável pela proteção de todo organismo.

Com isso, uma vez afetada, pode causar vários outros problemas e doenças, o que pode tornar tudo ainda mais difícil na hora do tratamento.

Quais são as causas da dermatite canina?

Não são apenas os fungos e bactérias que são responsáveis por causar a dermatite canina, o quadro pode ter diversos outros causadores. Mas é importante salientar que a maioria das outras causas estão ligadas à saúde do animal. Logo, as chances de um cãozinho saudável pegar a dermatite canina é muito difícil, pois seu sistema imunológico consegue eliminá-la.

Por outro lado, animais que apresentem outras doenças e possuem um sistema imunológico mais fraco, estão mais suscetíveis a apresentarem o quadro. Por isso, ao saber as causas da dermatite canina, o tutor pode ficar mais atento em como preveni-la. Confira as principais causas:

Fungos e bactérias 

Esse é o principal causador da dermatite em cães. O animal pode pegar os fungos e bactérias em diversos locais e de diferentes maneiras, como entrando em contato com um animal doente ou até mesmo em pet shops e clínicas que não são higienizadas de maneira correta. Por isso, fique atento antes de escolher os locais para levar o seu peludo.

Parasitas

Pulgas, carrapatos, piolhos e sarnas também podem ser responsáveis por causar a dermatite nos cães. Isso acontece, pois eles podem causar doenças que baixam a imunidade dos animais e também deixam a pele do animal vulnerável. Com isso, a entrada de micro-organismos causadores da dermatite, como os fungos e bactérias, conseguem penetrar com facilidade na pele do cachorro.

Alergias 

A dermatite também pode ser causada pelas alergias, logo, este tipo de quadro nós chamamos de dermatite alérgica. Esse tipo de dermatite ocorre quando o animal tem alergias a um dos componentes da saliva da pulga ou do carrapato, por exemplo. Com isso, a pele do animal fica extremamente fragilizada e vulnerável, pois além de lidar com os parasitas, ela passa também a ter que lidar com a dermatite.

Porém, a dermatite alérgica não acontece apenas pelas pulgas e carrapatos. O animal também pode facilmente apresentar alguma reação ao shampoo ou sabonete utilizado durante o banho. Fique atento!

Alimentação 

O tipo de alimentação do cãozinho também pode ser uma responsável por causar a dermatite canina. E isso pode ocorrer por dois motivos:

  • O animal pode ter alergia ao alimento ou ração oferecida;
  • A dieta do animal pode não estar fornecendo todas as vitaminas, proteínas e minerais que ele precisa, deixando a imunidade do pet baixa e suscetível à dermatite.

Sintomas 

Como dito, o principal alvo da dermatite canina é a pele do animal, portanto, os primeiros sintomas e sinais do problema aparecerão neste local. No entanto, se a dermatite estiver associada a outra doença, como a Cinomose, os sinais podem não ser os mesmos listados abaixo. Por isso, é muito importante que você procure levar o animal ao médico veterinário.

Confira alguns dos sintomas da dermatite canina:

  • perda de pelo
  • pelo ralo e com falhas
  • coçar ou morder constantemente um região da pele
  • vermelhidão na pele
  • pele com pus e feridas
  • pele seca e escamosa
  • inchaço

Tratamento da dermatite canina

Como vimos, a dermatite canina pode ter várias causas, logo, o tratamento vai depender do que está causando o problema no animal. Por isso, é importante que o tutor leve o peludo ao veterinário para que o diagnóstico correto seja feito e o melhor tratamento receitado.

Na maioria das vezes, o quadro é tratado com shampoos próprios para combater a dermatite canina.

Caso se trata de dermatite alérgica, alterações na dieta também podem ser feitas pelo profissional após uma série de exames para conseguir identificar o principal causador da alergia. Por isso, é muito importante que você não tente tratar a dermatite do cãozinho por conta própria, pois isso pode até mesmo piorar o quadro. Leve-o ao médico veterinário e boa sorte!

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *