Cachorro filhote: 6 cuidados essenciais nessa fase

Quando ainda são filhotes, os cães precisam de alguns cuidados específicos. Saiba quais são eles e quando essa fase termina
Dois filhotes de Spitz Alemão

Ter um cãozinho filhote em casa é uma das experiências mais divertidas e especiais que alguém pode ter. Durante essa fase o pet está descobrindo um mundo totalmente novo, logo, os tutores acabam se divertindo muito em explorar essa fase inicial ao lado do filhote.

E uma fase tão especial, requer também muita atenção e dedicação por parte do tutor. Todos os cuidados são essenciais para que o cachorro possa crescer bem e saudável.

Se você ainda não sabe ou tem pouco conhecimento sobre esse assunto, não se preocupe. Neste artigo nós vamos te ajudar, listando os principais cuidados que o tutor deve ter durante essa fase tão gostosa da vida do pet. Acompanhe até o final!

Principais cuidados com um cachorro filhote

Três filhotes de Beagle dormindo

1. Paciência

Esse ponto deve ser o primeiro a ser levado em consideração e pode sim ser tido como um cuidado. Um cachorro filhote quando chega no novo lar pode facilmente começar a chorar e grunhir alto, principalmente no primeiro mês, que é o de adaptação.

É muito importante você ter paciência e entender que ele está sentindo falta da mãe, do ninho e também dos irmãos, mesmo que ele já tenha passado pela fase do desmame. Logo, seja paciente e nada de brigar ou colocar o cachorro do lado de fora.

Uma boa maneira de lidar com essa fase é com a aromaterapia animal. Utilizar essências e difusores relaxantes podem ajudar o pet a ficar mais confortável. Além disso, procure passar o máximo de tempo possível com o filhote, para que ele logo comece a confiar em você. Quanto mais dedicação você der a ele durante esse período de adaptação, mais rápido ele irá parar de chorar e também grunhir.

2. Prepare o ambiente

Os cães já são animais curiosos por natureza, mas quando eles são filhotes a curiosidade é ainda maior. Logo, é muito importante que você prepare o ambiente para o seu cãozinho. Esconda fios elétricos, coloque telas nas janelas caso você more em apartamento e tente manter fertilizantes, produtos químicos, sapatos, roupas e demais objetos fora do alcance do filhote.

Além disso, é muito importante que desde cedo ele já tenha o seu próprio espaço. Por isso, compre para ele uma casinha, cama, brinquedos, acessórios, bebedouro, comedouro e outros itens que você julgar necessário!

3. Alimentação

Esse é um dos cuidados mais importantes para se ter com um filhote. O ideal é que você já pegue o cachorro após a fase do desmame, ou seja, a partir dos 3 meses de vida, pois assim você já poderá começar a oferecer a ele a ração para filhotes.

No entanto, se você trouxer o filhote para casa antes dos 90 dias de vida, você terá que ir até o médico veterinário para comprar a fórmula para cães. Essa fórmula se assemelha ao leite materno e contém todos os nutrientes, vitaminas e minerais que o animal precisa durante essa fase.

4. Banhos

Quando dar banho no filhote é uma das principais dúvidas dos tutores. A verdade é que não existe uma idade certa, porém o animal deve apenas tomar o primeiro banho quando tiver com todas as suas vacinas em dia, pois assim ele estará seguro e com o corpo pronto para a limpeza. Dar banho no animal antes de vacina-lo pode trazer diversos riscos para a saúde dele, logo, não o faça.

5. Vacinas e vermífugos

Agora a dúvida é: quando devo vacinar e vermifugar o meu cachorro? Bem, a partir das 12 semanas de vida, o filhote já poderá começar a tomar as suas primeiras vacinas e também os vermífugos. Além disso, esse também é o momento certo para levá-lo à primeira consulta com o médico veterinário, afinal é muito importante que exames sejam feitos para ver como anda a saúde do peludo. Após a vacinação, os passeios e brincadeiras ao ar livre também podem começar!

6. Adestramento e sociabilização

É importante lembrar que o seu filhote não chegará em casa já sabendo como se comportar, a não ser que você deixe ele mais alguns meses no canil para que ele seja adestrado. Por isso sempre utilize técnicas positivas para ensiná-lo a se comportar bem e te obedecer. É a partir dos três meses de idade que o cãozinho já deve começar a receber treinos de sociabilização e também adestramento. Quanto mais cedo, mais sucesso você terá!

Quando o cachorro deixa de ser filhote?

Filhotes de Labrador Retriever

O porte do cachorro é o que determina quando ele deixará de ser filhote. Cães de pequeno porte se tornam jovens a partir dos 9 e 12 meses de idade, já os cães de porte médio e porte grande, atingem a “adolescência canina” entre os 13 e 15 meses de vida. E por último, os cães de porte gigante deixam de ser filhotes apenas com 18 e 24 meses.

Independente da fase de vida do cachorro, você terá que ter cuidados e dedicação durante toda a vida dele, afinal, eles apenas vão mudando de necessidades. Boa sorte!

Comentários