Como evitar acidentes domésticos com cães

Listamos 10 acidentes domésticos comuns com os cães, para que você fique atento e saiba como prevenir. Confira!
Cachorro triste com anemia

Ter um cãozinho em casa requer alguns cuidados muito importantes, principalmente com a segurança do animal. Quem tem um peludo em casa sabe que eles podem ser muito curiosos e podem querer facilmente explorar todo o lar, logo, alguns itens da casa podem ser muito perigosos para eles.

Além disso, é de total responsabilidade dos tutores zelar pela segurança, conforto e qualidade de vida do cãozinho. Por isso, manter e preparar todo o ambiente para que o pet fique seguro é essencial. E o cuidado deve ser ainda maior com os cães que passam alguns períodos sozinhos em casa. 

Neste artigo nós separamos algumas dicas importantes para que você possa manter a sua casa segura, evitando alguns acidentes domésticos com os seus cãezinhos. Acompanhe até o final!

Como manter o pet seguro em casa?

1 – Tampe todas as tomadas da casa

Pode parecer impossível que o cãozinho vá conseguir se eletrocutar com a tomada, mas acredite, não é. O pet pode facilmente colocar a patinha na tomada e levar um choque grave, que pode até mesmo matá-lo. Animais de pequeno porte sofrem ainda mais risco, pois as tomadas estão sempre ao alcance deles e as patinhas dele podem facilmente ter um acesso mais fácil ao buraco da tomada.

2 – Atenção aos produtos de limpeza

Os produtos de limpeza como o detergente, água sanitária, sabão, desinfetante e vários outros estão entre os maiores perigos para os pets. Se o animal ingerir ou até mesmo inalar sem querer esses tipos de produto, ele pode ficar intoxicado gravemente. Por isso, é muito importante que você os mantenha trancados em um armário que o pet não consiga abrir. Um dica é colocar em armários altos. 

Além disso, na hora de limpar a casa, é importante que você deixe o cãozinho no quintal ou em algum cômodo seguro. Os cães são muito curiosos e eles podem facilmente querer brincar na hora da faxina e acabam ingerindo os produtos. Todo o cuidado é necessário com produtos de limpeza!

3 – Cuidado com os fios elétricos 

Assim como as tomadas, os fios elétricos, mesmo que não estejam expostos, oferecem um grande perigo aos peludos. Procure sempre manter o cãozinho afastado de todos os fios da casa, como por exemplo o do carregador do celular, o fio do ventilador, ferro de passar e de vários outros eletrodomésticos da casa. No natal, devido as luzes de decoração, o cuidado deve ser ainda maior.

4 – Na hora de cozinhar, deixe o pet longe 

Com tantas delícias irresistíveis na cozinha, pode parecer impossível conseguir deixar o cachorro longe na hora do preparo da comida. Mas você precisa ser firme, pois a cozinha também é repleta de perigos para os cães como facas, o fogo, água quente e vários outros utensílios. E não para por ai! Há alimentos que são tóxicos para os cães e eles podem facilmente comer ao cair no chão.

Em um momento de distração, um acidente pode ocorrer e você acabar até mesmo se machucando junto com o animal. Logo, peça para alguém da família brincar com ele antes do almoço e jantar.

5 – Mantenha o vaso sanitário fechado

Não é novidade que os cães adoram beber a água da privada. Mas, é importante ressaltar que o vaso sanitário é altamente contaminado, pois ali ficam diversas bactérias e outros tipos de sujeira. Logo, se ele bebe aquela água, a mesma pode gerar diversos problemas na saúde do cachorro.

Além disso, quando temos um cachorro de porte pequeno ou até mesmo um filhote em casa, o mesmo pode acabar se distraindo e caindo dentro da água. E dependendo da forma como ele cai, é possível que o pequeno aventureiro se afogue. Portanto, das duas uma: ou você mantém a porta do banheiro fechada, ou a tampa do vaso sanitário abaixada.

6 – Mantenha as lixeiras tampadas 

O lixo pode oferecer diversos riscos para o pet pois ali se encontram comidas estragadas, restos de papel higiênico, pilhas, baterias, vidro quebrado e várias outras coisas perigosas. E como os cães são muito curiosos, eles podem facilmente querer mexer no lixo para ver o que tem por ali, logo, procure manter todas as lixeiras da casa fechadas.

7 – Use telas de proteção

Caso você more em um apartamento ou em uma casa com mais de um andar, é muito importante que você mantenha as janelas e varandas teladas. Os cães muitas vezes não têm noção da altura e podem facilmente pular e acabarem se machucando gravemente. Além disso, as telas podem até mesmo oferecer uma proteção extra para todos da casa.

8 – Cuidado com os brinquedos 

Se você tiver crianças em casa, é muito importante que você procure manter o pet longe dos brinquedos dos pequenos. Muitas vezes os objetos que as crianças brincam são repletos de peças pequenas e até mesmo pontudas que o animal pode facilmente engolir e engasgar. Por isso, fique sempre atento e oriente as crianças a sempre manter os brinquedos guardados.

9 – Atenção às cercas elétricas

Quando o seu cãozinho estiver brincando pelo quintal, fique atento para que ele não se aproxime das cercas elétricas ou pontiagudas. Vale até desligar a eletricidade nessas horas, apenas para deixar o pet mais à vontade. Dependendo do tamanho do cãozinho um choque vindo de uma cerca pode levar o animal ao óbito.

10 – Não deixe o pet na garagem

Para garantir ainda mais a segurança do seu cachorro, não permita que ele transite ou brinque pela garagem. O ambiente é perigoso e pode acontecer de alguém sair com o carro, não ver o animal e acabar atropelando ele. O cuidado deve ser ainda maior com cães de pequeno porte, como o Yorkshire o Chihuahua, pois esses podem até mesmo ficar fora do campo de visão de quem está dirigindo.

Meu cãozinho se machucou, e agora?

Caso o seu pet tenha se machucado de alguma das maneiras que citamos acima, é muito importante que você leve-o imediatamente ao médico veterinário. Não tente resolver nada em casa pois pode piorar a situação do animal. Além disso, caso você note outros perigos no lar que nós não citamos acima, resolva imediatamente. A segurança do seu amigo peludo deve estar em primeiro lugar.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *