Estas 8 raças de cachorro não têm mau cheiro

Separamos 8 raças de cachorro que geralmente não possuem odores desagradáveis, devido à menor produção de cera na sua pele. Confira

Muitos tutores podem até dizer que os seus cães trazem apenas coisas boas para as suas vidas. Mas os inconvenientes, claro, existem. E uma das questões que mais costumam desagradar aos criadores de cachorro é, com certeza, o mau cheiro.

Entretanto, é preciso entender que é muito natural os animais apresentarem odores desagradáveis para nós humanos, já que a maioria deles, a diferença dos gatos, por exemplo, não são de ficar se limpando o tempo todo. E o fedor em cães não se deve apenas à sujeira. Ele também pode ser causado pela cera que a pele dos cães naturalmente produz.

No entanto, quando o odor de um cão é muito forte e resiste mesmo a um banho semanal, é sinal de que algo não está certo com a sua saúde. Doenças de pele, como a dermatite, doenças na boca, como tártaro e cárie, e doenças no ouvido, como a otite, são as principais causas desse tipo de mau odor.

Esse inconveniente, em geral, é facilmente resolvido após uma visita ao veterinário, a aplicação de alguns remédios ou através de mudanças nos hábitos do tutor e do cão (como escovar os dentes do animal, dar banhos mais frequentes nele ou eliminar fontes de fedor no ambiente).

E embora todo cão apresente mau cheiro com certa frequência, algumas raças tendem naturalmente ser menos mau cheirosas. Neste artigo, vamos apresentar as 8 raças de cachorro que geralmente não possuem odores desagradáveis.

Essa característica se deve tanto à menor propensão dos animais a contrair as doenças que causam mau cheiro, como à menor produção de cera na sua pele.

  • 01 de 8

    Poodle

    Poodle branco

    Os Poodles são uma das raças mais queridas em todo o mundo. Extremamente inteligentes e companheiros, eles têm também a interessante vantagem de praticamente não federem. Além disso, o seu pelo cai muito pouco, o que torna a raça ideal para quem tem alergia a cães.

  • 02 de 8

    Dachshund

    Dachshund na grama

    Os Dachshund, popularmente conhecidos como “salsicha”, podem ser bastante divertidos e aventureiros. Mas apesar de a raça adorar perambular pelo jardim, ela também é conhecida por não exalar mau odor. Além disso, o pelo curtinho do Dachshund cai muito pouco e exige apenas cuidados mínimos.

  • 03 de 8

    Husky Siberiano

    Filhote de Husky Siberiano

    O Husky Siberiano, como outros cães provenientes de regiões geladas, não têm a propensão a exalarem mau cheiro. Por outro lado, a raça costuma soltar bastante pelo, o que pode dar uma bela dor de cabeça. Apesar disso, o Husky Siberiano é uma raça muito apegada aos seus tutores, com os quais adora se divertir.

  • 04 de 8

    Schanuzer

    Schnauzer branco

    Essa carinha adorável do Schnauzer indica bem como eles podem ser excelentes companheiros. Bem ativos e destemidos, a raça costuma adorar aventuras ao ar livre, mas também pode se adaptar bem à vida dentro de casa, sobretudo as variedades menores. Está entre as raças que soltam pouco pelo e, desde que estejam saudáveis, são totalmente livres de mau odor

  • 05 de 8

    Maltês

    Maltês virado de costas

    O Maltês é um cão ideal para quem não quer um cachorro problemático em casa. Profundamente adaptados à vida entre os humanos, mesmo em espaços pequenos, eles se dão bem até com os gatos da vizinhança! Porém, uma característica que não costuma ser comentada, mas que os torna ainda mais adoráveis, é o fato de quase não federem. Sua pele produz muita pouca cera e não tem aquelas dobrinhas onde a sujeira costuma se acumular. Com alguns banhos regulares, o seu Maltês estará sempre cheiroso.

  • 06 de 8

    Bichon Frisé

    Bichon Frisé sentado na grama

    O Bichon Frisé é muito fofinho e costuma ser confundido com o Poodle. As duas raças de fato carregam várias semelhanças, e uma delas é o fato de quase nunca exalarem mau cheiro. Além disso, o Bichon Frisé costuma ser mais calmo e adorar um colo.

  • 07 de 8

    Basenji

    cachorro basenji preto e branco

    A discrição do Basenji não se resume ao fato de ele (quase) não latir. A raça, uma das poucas com origem africana, não apenas não apresenta o mau cheiro comum em cães, como também exala um odor que os seus tutores costumam considerar agradável.

  • 08 de 8

    Whippet

    Whippet deitado na grama.

    O Whippet pode até ter esse jeitão de velocista, mas a verdade é que a raça é supertranquila e adora tirar uma soneca. Além disso, Whippets são conhecidos por serem cães bem limpinhos e não exalarem mau odor. A raça é adequada, inclusive, para quem mora em apartamentos, desde que, obviamente, possam dar os seus passeios.

    Veja também: 7 dicas para criar cachorro em apartamento

Preste atenção no fedor

O mau odor em cães pode ser algo bem desagradável. Entretanto, é preciso saber que algumas raças tendem a feder a menos. Como você pôde ver nesse artigo, isso não está ligado apenas à sua menor propensão a produzir cera na pele, mas também à sua forte saúde. Pois um mau odor, para além de incomodar o olfato humano, pode ser indicativo de que algo não vai bem com o seu pet, sobretudo na pele, na boca ou no ouvido dele.

Por isso, sempre que achar que o seu amiguinho está fedendo mais do que o normal ou que o fedor está localizado em alguma parte do corpo dele, procure saber se se trata de um problema de saúde e, se necessário, procure a ajuda de um especialista. Para quem ama o seu cachorro, é a saúde dele que deve vir em primeiro lugar.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *