Cachorro cego: causas e dicas para o pet viver bem

Conheça as possíveis causas da cegueira nos cães e o que fazer para melhorar a vida do seu cachorro cego!
Husky com olho azul e verde

A cegueira é uma doença que afeta humanos e animais. Com o passar dos anos, pode ser que o seu cachorro desenvolva algum problema oftalmológico, podendo perder a visão em maior ou menor grau, ou mesmo completamente, devido alguma doença genética ou por conta da idade. Nesse caso, o que você deve fazer é se esforçar para oferecer ao seu pet bastante conforto.

A empatia, assim como a paciência, é essencial, principalmente se você tiver várias pessoas morando com o animal em casa. E se o seu cão é cego, não é o fim do mundo! Juntos vocês podem fazer com que a vida dele continue normal e confortável, sem ter que alterar ritmos e costumes. Explicamos como com algumas dicas importantes, acompanhe o artigo.

7 dicas para garantir o bem-estar de um cachorro cego

1. Deixe-o mais confortável possível

O cão perdeu a visão, por isso é crucial que ele se sinta bem onde mora. A cama, brinquedos ou tigela de comida e água devem ser grandes o suficiente para que ele reconheça sem precisar vê-los. Além disso, é muito importante que você evite mudar os objetos de lugar, pois mesmo estando cego, ele vai conseguir memorizar o local onde está as coisa dele.

2. Coloque os objetos do cão em lugares acessíveis

Pense quais são as áreas da casa que podem ser mais difíceis de acessar e evite colocar os objetos do cachorro ali. Lembre-se! Quanto mais fácil, melhor, e seu fiel amigo vai agradecer. Além disso, não coloque os utensílios do pet perto de escadas ou sacadas, evitar acidentes é muito importante.

3. Deixe o caminho livre

Na maioria dos casos, a memória será crucial para o cachorro associar os lugares onde estão suas coisas. Portanto, evite deixar a casa bagunçada e com objetos pelo caminho, pois isso pode atrapalhar o seu cãozinho cego a se locomover, memorizar e, consequentemente, viver bem.

4. Não camufle odores

O seu cãozinho acabou de perder um importante sentido, logo, ele fará todo o possível para que os outros funcionem adequadamente. O olfato e a audição se tornarão seus maiores aliados, portanto, você deverá evitar o uso de perfumes ou detergentes intensos que eliminam o cheiro natural das coisas. Sem falar da amônia ou do vinagre, um dos cheiros que os cães não suportam.

5. O chão não pode ser escorregadio

Em muitas ocasiões, os cães se assustam se não sentem que o solo em que pisam é uniforme. Portanto, alguns tipos de piso podem fazer com que o animal escorregue com facilidade e se machuque. Logo, evite passar cera no chão e opte por usar tapetes, eles ajudarão bastante a vida do seu cãozinho.

6. Faça caminhos conhecidos

Sabemos que inovar pode ser muito divertido para ambos, mas se pretende que o seu cão fique tranquilo quando estiver na rua, é melhor que você procure ir apenas em locais que ele já conheça. Desta forma, tudo será muito mais fácil. Em um ambiente diferente, o animal cego pode ficar estressado e ansioso. É importante pensar em todos esses pequenos detalhes.

7. Mantenha a rotina

Um dos erros mais comuns cometidos com um cão cego é superprotegê-lo e alterar a rotina dele com frequência. O melhor é tentar manter os costumes que ele tinha e, em todo caso, adaptá-los à situação. Portanto, certifique-se de que a rotina – e dieta – sejam as mesmas. A cegueira em si já é uma mudança muito brusca e estressante para o peludo, tente tornar tudo mais fácil para ele.

Por que os cachorros ficam cegos?

cachorro idoso

Os cães podem ficar cegos por diversos motivos, desde a idade avançada até doenças que ele pode desenvolver ao longo da vida, como: glaucoma, catarata, pré-disposição genética e hemoparasitose. Além disso, algumas raças como o shar pei, pug, shih tzu e o pastor alemão, podem apresentar a cegueira com mais facilidade.

A melhor maneira de evitar que o seu cachorro fique cego, é levando o pet à consultas rotineiras ao veterinário oftalmologista. Esse profissional é responsável em cuidar exclusivamente da visão dos cães, conseguindo evitar com antecedência doenças que podem desenvolver a cegueira. Cuide do seu amigo de quatro patas!

Comentários