Focinho de cachorro: saiba sobre o olfato dos cães

Neste artigo você saberá sobre a importância, características, como cuidar, mitos e verdades sobre focinho dos cachorros. Confira!
Rosto do Cocker Spaniel

O sentido mais poderoso e marcante dos cães é o olfato. Os cachorros conseguem reconhecer tudo por meio do focinho. O olfato dos cãezinhos consegue ser tão apurado, que muitos animais trabalham em várias organizações, como a polícia, para identificar cheiros e ajudarem os policiais em diversas buscas. Alguns cães conseguem sentir cheiros escondidos a 10 metros do chão. Incrível, né?

Logo, é muito importante que você conheça sobre o olfato dos cães para cuidar da melhor maneira do seu pet. Por o focinho ser uma ferramenta poderosa para o animal, ele pode muitas vezes te ajudar a identificar se existe algo errado com o pet. No entanto, alguns mitos e verdades envolvem o focinho dos cães e nós vamos te ajudar a descobri-los. 

Neste artigo, nós vamos falar sobre a coloração, algumas doenças que podem acometer o focinho e principalmente como cuidar desse sentido tão poderoso dos cães. Para aprender melhor sobre o assunto, acompanhe o texto até o final. Boa leitura! 

Focinho de cachorro: características e cores 

O “nariz” dos cães pode apresentar uma boa variedade de cores. O focinho pode ser preto, cinza, rosado e em alguns casos, pode apresentar uma mistura de cores. No entanto, a grande maioria dos cães possui o focinho preto ou marrom. As cores vão depender da genética e pigmentação natural do corpo dos cães e não altera em nada o sistema olfativo deles.

No entanto, algumas pessoas se preocupam quando o animal nasce com o focinho claro e rosado, pois é algo mais incomum. Geralmente os cães da raça Pit Bull tendem a ter o focinho rosa com algumas manchas. Mas não se preocupe, isso não significa nenhum problema. A coloração rosada é uma condição da pigmentação da pele do Pit Bull, que costuma ser clara na maioria das vezes.

Porém, um focinho rosado precisa de mais cuidados e caso o seu animal tenha o focinho claro, tenha cuidado redobrado com o sol, reações alérgicas e calor excessivo.

Os focinhos rosados podem sofrer sérias queimaduras causadas pelo sol, por isso, proteja o “nariz” do pet com um filtro solar próprio para os pets. No entanto, o focinho escuro também está sujeito ao mesmo problema. Para notar se o animal está com o focinho queimado, ele vai apresentar uma cor mais avermelhada. Caso você identifique que se trata de uma queimadura, leve o animal ao médico veterinário para que ele possa cuidar da melhor maneira do seu pet. Fique atento! 

Focinho de cachorro: mitos e verdades 

West Highland White Terrier cabeça

Se o focinho do cachorro está seco, ele está doente?

Isso é um mito! Por mais que o estado natural do focinho dos cães seja úmido, ele pode ficar seco de vez em quando. O focinho do cachorro funciona como a nossa pele, logo, em alguns períodos ele vai ficar mais seco e em outros, mais oleoso e úmido. Em cidades mais secas, o focinho do cachorro tende a ficar seco com mais frequência, por isso coloque sempre água fresca disponível.Além disso, o focinho tende a ficar mais seco durante o inverno. 

O focinho claro ou desbotado pode indicar alguma doença?

Como dito anteriormente, a cor do focinho é resultado da pigmentação natural da pele do animal. Logo, se o seu cão nasceu com o focinho rosado, não se preocupe, é normal. No entanto, se o seu pet nasceu com o focinho escuro e ao longo do tempo tem aparecido manchas, você deve levá-lo ao médico veterinário. Essas manchas podem significar queimadura e problemas na pele. 

É normal o focinho do meu cachorro está sempre úmido?

Verdade! É super normal. O estado natural do focinho do cachorro é sempre úmido e molhado. Isso acontece, pois o focinho é o local por onde o animal respira e transpira, logo, o ar sai quente das narinas, se condensa e vira líquido. Além disso, o focinho úmido ajuda o pet a captar diversos odores no ar, já que as moléculas de odor são trazidas pelo vento. 

Importante ressaltar ainda, que o focinho úmido e gelado significa que o seu cãozinho está saudável e sem nenhum problema respiratório. É por meio da respiração que os cães conseguem regular o ar e também a temperatura corporal para se manterem bem, principalmente nos dias mais quentes.

Caso o focinho do seu cachorro esteja quente, leve-o ao veterinário. Um focinho quente pode indicar febre e alterações no organismo do peludo.

Como cuidar do focinho do cachorro 

O focinho do cachorro requer cuidados básicos, mas é preciso atenção. A melhor hora para cuidar do “nariz” do pet é durante o banho. No entanto, o focinho é uma parte muito delicada do corpo do animal e para limpá-lo é preciso produtos especiais para cães e com um ph neutro.

A pele desse local é muito sensível e pode facilmente desenvolver alergias. Além disso, você deve ter cuidado para a água não entrar dentro do focinho do pet, pois pode causar irritações e até mesmo infecções. 

Outro ponto importante para o cuidado do focinho do cachorro: você não deve esfregá-lo, apenas passar os produtos suavemente. Tome muito cuidado! Na hora da secagem, não esfregue a toalha e nem use o secador. Deixe que essa parte seque naturalmente. 

Além desses cuidados, você também deve estar atento se o focinho do pet anda muito seco e com uma coloração atípica. Caso apresente esses sinais, leve o pet para uma consulta com o veterinário. Afinal, o focinho é uma parte importante do corpo para que ele esteja sempre bem, saudável e disposto a brincar com você. Boa sorte! 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *