Samoieda: principais características e curiosidades sobre a raça

Conheça 8 fatos curiosos e as principais características do samoieda, uma raça exuberante e muito amigável. Confira!
Samoieda


Conhecido por seu pelo branco bastante fofo e chamativo, os cães da raça samoieda são bastante alegres, companheiros e leais. Os cãezinhos dessa raça tem uma facilidade muito grande em interagir com os humanos, o que faz com que ele seja o pet ideal para toda a família. A raça começou a ficar popular no Brasil nos últimos anos, mas na realidade ela já era muito conhecida na Europa. 

Ter um cãozinho desse em um país tropical pode ser uma missão difícil, pois ele é um cão que gosta do frio e suporta temperaturas extremamente baixas. E se você quer saber mais sobre o samoieda, esse artigo é para você. Aqui iremos te contar um pouco sobre as principais características e curiosidades da raça. Além disso, vamos te falar sobre a saúde dele e o preço de um filhote de samoieda no Brasil. Acompanhe até o final! 

Curiosidades e características do samoieda 

1. Os samoiedas são russos 

A origem dos cãezinhos dessa raça está ligada aos povos samoiedos, que pertenciam às tribos que viviam no norte da Rússia. Os samoiedas eram utilizados como cães de guarda, como pastores de rena e até puxadores de trenó. Eles eram utilizados para todos esses trabalhos devido à incrível resistência que tinham em conseguir suportar temperaturas muito baixas. Por esse motivo, tentar ter um cãozinho desse no Brasil pode não ser fácil, ele poderá sofrer bastante com o calor. 

2. A raça mais pura do mundo

A raça é considerada uma das mais puras do mundo, pois tem como o seu ancestral direito o lobo cinza, isto é, não passou por quase nenhuma modificação ao longo dos anos. Outras raças próximas aos lobos e também consideradas puras são o Husky Siberiano e o Chow Chow. E por essa característica tão especial é que muitas pessoas desejam ter um samoieda em casa.

Entretanto, ter uma raça tão próxima aos lobos requer algumas responsabilidades a mais, como, por exemplo, o adestramento. Seu cãozinho vai precisar ser adestrado para se tornar mais sociável e conseguir conviver com outras pessoas e animais. Além disso, o tutor terá que estar pronto para alguns comportamentos comuns dessas raças, como uivar e esconder comida. 

3. Os samoiedas eram utilizados em expedições polares

Essa é uma das curiosidades mais incríveis sobre os samoiedas. O cãozinho começou a ficar popular pela Europa no século 17, quando alguns exploradores trouxeram os samoiedas de suas expedições. Por sua lealdade e beleza, o cãozinho logo se tornou o pet da nobreza. Após um tempo, o samoieda começou a ser utilizado em expedições polares ao lado dos exploradores devido sua força e capacidade de aguentar temperaturas baixas. Por isso, a raça se tornou extremamente querida e desejada por muitas pessoas.

4. Ele chegou no Brasil em 1975

O samoieda conquistou admiradores por todo o mundo, inclusive no Brasil. Os primeiros registros apontam que alguns exemplares chegaram ao Brasil em 1975. No entanto, não é muito comum ver cães dessa raça em terras brasileiras, pois eles não se adaptam muito bem em temperaturas quentes. Apenas a partir de 2018, a raça começou a ganhar mais popularidade entre os amantes de cães. 

5. São gentis e independentes 

Os samoiedas tem uma personalidade gentil e amigável, logo, ele consegue fazer amizade com muita facilidade. Além disso, tende a se apegar ao tutor e a família com muita facilidade. Mesmo sendo um parente bem próximo dos lobos, os samoiedas são tranquilos e bastante receptivos. No entanto, eles têm em sua personalidade um traço forte de independência, podendo ser teimoso e acabar resistindo a regras e comandos. 

6. Se adapta com facilidade a qualquer ambiente 

Os samoiedas podem viver tranquilamente em casas e apartamentos, pois se adaptam fácil. No entanto, o tutor deve estar atento aos níveis de atividades e brincadeiras, pois esses cãezinhos são ativos. Por isso, é importante que o tutor esteja disposto a fazer com que ele gaste bastante energia. 

7. Um péssimo cão de guarda

Por mais que antigamente o samoieda era utilizado como cão de guarda, a sua personalidade sofreu algumas mudanças ao longo dos anos. Por isso, esse cãozinho tende a ser simpático e fazer amizade com qualquer pessoa, logo, tê-lo como cão de guarda pode não ser uma boa ideia. 

8. Famoso nas redes sociais 

Nas redes sociais existem muitos admiradores e tutores dos cães da raça samoieda. E um perfil dedicado a um quinteto de samoiedas faz bastante sucesso no Instagram. Com mais de 250 mil seguidores, o perfil posta as aventuras diárias de Poppet, Demi, Buttons, Poppy e Teddy. 

Como é a saúde do samoieda? 

Para falar sobre a saúde do samoieda, temos que primeiro abordar sobre a pelagem dele. Um pelo tão bonito merece alguns cuidados especiais. Por isso, o tutor deve manter os pelos do samoieda sempre escovados e penteados. Já os banhos não precisam ser com muita frequência e podem ser dados a cada três meses. Dar muitos banhos nessa raça pode fazer com que ele desenvolva dermatite, por isso, tenha cuidado. 

O samoieda é um cãozinho bastante saudável e resistente, mas isso não significa que ele esteja imune a ter doenças ou que não precise fazer visitas regulares ao médico veterinário. O tutor deve estar atento à saúde em geral, mas a alimentação requer uma atenção especial, pois a raça tem predisposição a ter diabetes e hipotireoidismo. Portanto, converse com o veterinário para chegar na dieta e alimentação ideal para o samoieda.  Além disso, mantenha ele sempre hidratado e em ambientes frescos, pois o samoieda pode passar mal se for exposto a altas temperaturas. 

Quanto custa um samoieda no Brasil? 

Ter um cãozinho tão puro e próximo aos lobos não é nada barato, logo, para ter um samoieda em casa esteja preparado para desembolsar cerca de R$ 6.500 inicialmente. Fique atento! Para adquirir uma raça realmente pura, o futuro tutor deve buscar um canil regulamentado e sério. Boa sorte! 

Comentários