Hidratação canina: saiba a quantidade ideal de água para os cães

Manter o cachorro hidratado é muito importante para a saúde dele. Confira 4 dicas de como incentivá-lo a beber água e a quantidade ideal
Golden brincando com água

A hidratação para os seres humanos é de extrema importância, afinal cerca de 70% do nosso corpo é composto por água. A hidratação nos mantém saudáveis e fortes, além de garantir o nosso bem-estar e nos livrar de uma série de doenças e problemas. Mas você sabia que para os cães a hidratação é tão importante quanto para os humanos?

Grande parte do corpo dos cães também é composta por água e os bichinhos também precisam estar hidratados para ficarem fortes e saudáveis. Mas a hidratação canina não é tão fácil de ser feita.

Diferente de nós, que temos o entendimento de beber um copo de água várias vezes ao dia por sabermos da importância da hidratação, os cães só bebem água quando realmente sentem necessidade. 

E isso pode ser perigoso para a saúde deles em algumas situações. Por isso, é muito importante que o tutor esteja atento à quantidade de água que o cãozinho anda bebendo por dia.

Caso desconfie que ele não está se hidratando o suficiente, é necessário intervir e incentivar o animal a beber água. Mas nem sempre é fácil conseguir incentivá-lo. 

Mas não se preocupe com isso, neste artigo nós vamos te ensinar alguns passos para você fazer com que o seu cachorro passe a beber água com mais frequência. Além disso, vamos explicar um pouco melhor sobre a importância da hidratação canina. Acompanhe até o final. 

Qual é a importância da hidratação para os cães?

Para os cães, beber água é uma função fisiológica, logo, eles vão procurar se hidratar apenas quando realmente sentirem necessidade. Ou seja, quando estiverem com sede, irão beber água.

Mas recorrer a água apenas quando o organismo sente necessidade pode não ser uma das alternativas mais saudáveis, pois a sede é um sinal de que o corpo do cãozinho não está hidratado como deveria.

A água é responsável por manter todo o organismo do animal funcionando de maneira plena. A ausência de água no organismo do animal pode fazer com que ocorra a formação de pedras nos rins e bexiga, o que pode ser extremamente doloroso e perigoso. Por isso, fique atento!

Além disso, quando o cãozinho está devidamente hidratado, todos os órgãos dele funcionam melhor, estando menos suscetível a uma série de outras doenças perigosas, pois a alta ingestão de água pode vir a fortalecer a imunidade do peludo. Por isso a hidratação canina deve ser levada a sério.

Sinais de que o cachorro está desidratado 

Um dos sinais mais claros de que o animal não está hidratado como deveria é a língua para a fora e a respiração afobada. Além de isso significar que ele está cansado, significa que ele está sem a quantidade de água necessária que ele precisa. Em períodos que a temperatura está muito alta é muito recorrente identificar os sinais de desidratação.

No entanto, existem outros sinais que o tutor precisa estar atento. Quando o focinho, patas e até mesmo os olhos do animal estão secos, isso significa que ele está em um alto nível de desidratação. E em relação ao focinho, o tutor deve ligar o alerta, pois é uma área que está constantemente úmida e se aparece ressecada, é sinal de que algo não anda bem com a saúde do pet.

Qual a quantidade ideal de água para os cães?

A quantidade de água ideal para o animal vai variar com o peso dele, logo, independente de ser filhote ou adulto, você deve fazer os cálculos apenas com base no peso do cãozinho. De modo geral, é necessário cerca de 60 ml de água por quilo, para que o pet fique bem hidratado e saudável. 

Com isso, um cachorro filhote com 5 quilos, deve beber em média 300 ml de água. Já um cão adulto com cerca de 12 quilos deve beber em média 720 ml de água. Mas lembre-se que a água nunca é demais! Se o cãozinho beber mais que isso, melhor ainda.

4 dicas para manter o cãozinho hidratado

Mas para conseguir manter os animais hidratados, nada melhor do que ensiná-los e até mesmo incentivá-los a beber água. Por mais difícil que pareça, existem algumas dicas simples que podem te auxiliar para que o seu cãozinho possa começar a beber mais água. Confira:

1 – Sempre coloque água fresca na vasilha 

Se a sua intenção é fazer com que o seu cachorro aumente a quantidade de ingestão de água diariamente, é muito importante que você procure oferecer a ele água fresca e limpa. Por isso, procure trocar a água do bebedouro pelo menos duas vezes ao dia. A troca é importante, pois como o animal coloca a boca diretamente na água, a baba fica acumulada ali. 

2 – Higienize o bebedouro do animal 

Além de trocar a água do cãozinho, é muito importante que você mantenha os recipientes de água limpa. Na vasilha pode acumular a saliva do pet e vários outros tipos de sujeiras e bactérias. E ninguém merece beber água suja e com um gosto ruim.

3 – Quando for passear, leve um recipiente com água 

O animal não deve beber água apenas em casa. Por isso, é muito importante que você procure levar para ele água durante os passeios, principalmente nos dias mais quentes. Você pode levar água fresca em uma garrafa e uma vasilha com você, dessa maneira o seu amigo estará sempre hidratado. 

4 – Incentive o pet a beber água

Uma das maneiras mais eficazes de incentivar um comportamento ou atitude de um cachorro é por meio dos elogios e recompensas. Sendo assim, após o seu cãozinho beber água, converse com ele e o encha de elogios. Para ajudar ainda mais, você pode dar a ele um snack que ele gosta ou chamá-lo para brincar. Dessa maneira, ele irá associar a hidratação com algo positivo, tornando a ação de beber água, um hábito.

Cuidados extras com o cão

Além disso, para manter o seu pet hidratado, é importante que você tenha alguns cuidados e responsabilidades. Evite passear ou fazer atividades pesadas em dias muito quentes, pois isso pode favorecer para que o animal fique desidratado.

E procure sempre levá-lo com frequência ao médico veterinário para verificar o funcionamento de todos os órgãos dele, principalmente os rins. Boa sorte!

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *