Estas 10 raças são ideais para quem gosta de ficar com cachorro no colo

Estas 10 raças são ideais para quem gosta de ficar com cachorro no colo

Os cães de pequeno porte e que gostam de colo estão entre os favoritos. Saiba 10 raças que vão adorar ficar com você e suas principais características
cachorro no colo de um menino

Cães tornam nossas vidas muito melhores, com todo seu companheirismo, lealdade e senso de proteção. E que tutor não se sente melhor depois de dar um bom abraço no seu amiguinho de quatro patas? Poder ter esse afeto e contato físico, com certeza é uma das grandes vantagens de se criar um cachorro.

Entretanto, se você é do tipo que adora apertar esses peludinhos ou simplesmente estar com eles ao seu lado, saiba que nem todas as raças de cachorro reagem ao contato físico da mesma forma. Neste artigo, nós trataremos especialmente das raças que mais gostam de ficar no colo. Essas raças, devido ao seu tamanho e ao nível de apego que desenvolvem por seus tutores, são ideais para quem quer assistir a um filme juntinho do seu pet.

  • 01 de 10

    Chihuahua

    Rosto do Chihuahua

    Sendo tão pequenos (são a menor raça do mundo) e apegados aos seus donos, os Chihuahuas não poderiam faltar nessa lista. Eles não apenas gostam de ficar no colo dos seus tutores, como aceitam muito bem ser carregados por aí, especialmente quando ficam cansados depois de uma longa caminhada. No entanto, é importante não mimar demais o seu Chihuahua, pois eles tendem a ser possessivos e, especialmente se não receberem uma educação desde filhotes, podem desenvolver problemas de comportamento.

  • 02 de 10

    Cavalier King Charles Spaniel

    Cavalier King Charles Spaniel cabeça observando

    O Cavalier King Charles Spaniel é um cão de companhia por excelência. Antigamente, eles eram muito queridos pela realeza britânica e se acostumaram bastante a uma vida cheia de mimos. Seu temperamento calmo e sociável, torna a raça ideal como cão de terapia também, ajudando na recuperação de pessoas enfermas. Além disso, a raça pode se adaptar muito bem ao estilo de vida dos seus tutores, podendo apresentar ora um comportamento mais ativo, ora um comportamento mais reservado.

  • 03 de 10

    Yorkshire Terrier

    Yorkshire triste e deitado

    Quem vê os Yorkshire Terrier tão fofos e adaptados à vida nas cidades, não imagina que no passado eles eram usados para caçar ratos na minas da Inglaterra. Talvez isso explique porque a raça até hoje possui um temperamento forte. Porém, mesmo sendo ativos e independentes, os Yorkshire Terrier não dispensam um bom colo e são muito carinhosos com os seus tutores.

  • 04 de 10

    Shih Tzu

    Preço do Shih Tzu

    Como um bom cão de companhia, o Shih Tzu adora ficar no colo dos seus tutores. A raça necessita de um nível moderado de exercícios e se puder se divertir dentro de casa e dar um pequeno passeio todos os dias, se sentirá muito bem. Seu pelo denso e volumoso requer cuidados regulares, como pentear e tosar, além de tornar o Shih Tzu vulnerável a temperaturas muito altas.

  • 05 de 10

    Lulu da Pomerânia

    Lulu da Pomerânia língua pra fora

    O Lulu da Pomerânia é uma das raças preferidas por quem vive em apartamento. Eles se adaptam muito bem à vida em pequenos espaços, mas precisam de um ambiente estimulante e de passeios regulares. Muito inteligente e uma raça obediente, o Lulu da Pomerânia pode ser adestrado com facilidade.

    O seu pelo costuma cair por completo duas vezes por ano e isso significa que por umas duas ou três semanas você vai ter bastante trabalho penteando o seu Lulu. No resto do ano, no entanto, a juba desse pequeno leãozinho precisará de cuidados moderados.

  • 06 de 10

    Pug

    Pug no colo

    O Pug com certeza é uma das melhores opções para quem gosta de estar junto do seu pet. Mesmo sendo animais bem espertos, tendem a se sentir muito bem se puderem, por exemplo, brincar em cima do sofá. Convencer o seu Pug a se exercitar com uma boa caminhada ao ar livre pode, inclusive, ser um pouco difícil, mas é essencial, sobretudo para que ele não ganhe sobrepeso.

    Como todos os cães com esse focinho mais achatado, os Pugs tendem a desenvolver problemas respiratórios, que costumam se agravar nos dias mais quentes. Além disso, o pequeno tamanho do focinho deixa seus olhos mais expostos e eles podem ficar secos facilmente.

  • 07 de 10

    Lhasa Apso

    Lhasa Apso correndo na grama

    Apesar de ser um pouco agitado, o Lhasa Apso é muito apegado ao seus tutores, com os quais costuma ser bem gentil. Tanto é assim, que a raça é bastante usada como cão de terapia, fazendo companhia a pacientes em recuperação. Devido ao seu nível de energia um pouco alto, o Lhasa Apso não pode ficar muito tempo parado no colo de alguém e precisa de vários estímulos para se sentir bem. Eles tendem a ser mais reservados com pessoas estranhas.

  • 08 de 10

    Pequinês

    Características do Pequinês

    O Pequinês é uma das mais antigas raças de companhia que existem. Antigamente, esses pequeninos eram muito queridos nos palácios da China e se adaptaram muito bem a viver pertinho dos seus tutores. O Pequinês normalmente possui um temperamento bem tranquilo e não necessita de muitos exercícios para se sentir bem. A raça, no entanto, tende a ser um pouco teimosa e desconfiada com pessoas desconhecidas.

  • 09 de 10

    Maltês

    Rosto do Maltês

    O Maltês é uma das raças mais fofinhas que existem. E se você tiver um animal dessa raça, com certeza vai querer abraçá-lo bastante. Malteses são pequenos, muito extrovertidos, estão sempre procurando diversão e adoram se exibir para seus tutores.

    Mesmo com toda essa fofura, a raça possui uma saúde de ferro e é conhecida como uma das mais longevas (15 anos em média).

  • 10 de 10

    Bichon Frisé

    Bichon Frisé

    Bem parecido com os Poodles, o Bichon Frisé costuma ser, no entanto, um pouco mais apegado ao seus donos. São cãezinhos muito espertos, que aprendem facilmente novos truques. Apesar de serem um pouco agitados, eles com certeza vão adorar ficar no colo dos seus tutores, mas também dar um passeio pelo jardim, por exemplo. Uma característica interessante da raça é que o seu pelo hipoalergênico a torna ideal para quem sofre de alergia a cachorros.

Tudo é equilíbrio

Ficar com o seu pequenino amigo no colo é realmente uma das melhores experiências para quem cria cachorros. Como você pôde ver nesse artigo, as menores raças tendem a ser as que mais gostam de colo. Muitas das que você viu aqui, foram especialmente desenvolvidas para serem cães de companhia, enquanto outras, mesmo tendo uma origem mais “selvagem”, se adaptaram muito bem à vida dentro de casa e no meio da família.

Por outro lado, é sempre bom alertar que, por mais que uma raça goste de ficar no colo do seu tutor, é importante proporcionar a ela um nível adequado de exercícios físicos, pois ficar parado por muito tempo pode trazer malefícios para qualquer cachorro. Outro motivo para moderar nas carícias, é que um cãozinho muito mimado por seu tutor tende a se tornar possessivo e a sofrer muito nos momentos de separação.