Filhote de Pastor Alemão: fatos e cuidados que todo tutor deveria saber

Uma das raças mais populares merece muito cuidado e atenção. Veja o que você precisa saber para ter um filhote de pastor alemão saudável
Dois filhotes de Pastor Alemão

A raça pastor alemão é uma das mais populares do mundo. E toda essa fama acontece porque eles são cães fortes, leais e é sempre um prazer estar por perto desses peludos. No entanto, eles requerem muito cuidado desde quando ainda são filhotes.

Se você quer ter certeza de que seu pastor alemão terá a vida mais feliz possível, a melhor opção é certificar-se de que você cuidará dele desde cedo. Neste artigo, descreveremos as melhores maneiras de cuidar de um filhote de pastor alemão. Acompanhe até o final!

Fatos e cuidados com o filhote de pastor alemão

1. Não compre o pastor alemão em qualquer lugar

Se você ainda não comprou seu pastor alemão, existem algumas coisas que você deve considerar antes de fazer isso. Uma coisa a ter em mente é o temperamento e o comportamento dos pais do filhote. Isso significa que, se possível, você deve conhecer os pais do seu futuro pastor alemão. Isso lhe dará uma ideia do temperamento que provavelmente o seu pet irá desenvolver quando ficar mais velho. Tente evitar levar cachorros para casa por capricho, só porque você os acha fofos.

Isso significa que você deve evitar comprar um pastor alemão em lojas, feiras ou canis sem certificado. Certifique-se também de não comprar o animal online. Comprar um filhote de qualquer um desses lugares torna difícil aprender sobre sua linhagem e você pode até mesmo trazer para casa um animal doente.

Sua melhor aposta é encontrar um criador da raça. Os criadores sabem muito sobre os cães, e podem dizer o que você precisa aprender sobre como criá-los corretamente. Eles também poderão informá-lo sobre a ancestralidade do peludo.

2. Custos

Uma das primeiras coisas que você deve considerar é o custo de um pastor alemão. Além do custo da compra do pet, que varia de R$ 3.000 a R$ 8.000, você também terá que manter o seu filhote saudável e seguro.

Os pastores alemães demandam cerca de R$ 6.000 a US $ 10.000 por ano. Esse custo cobrirá coisas como: comida, suprimentos de que você precisará para cuidar do seu cão e cuidados veterinários, como vacinas, vermífugos e exames de rotina. Além disso, o preço pode variar bastante, pois tudo depende também da região onde você irá criar o seu pastor alemão.

3. Alimentação

Outra coisa a se considerar é a dieta do animal. Os pastores alemães crescem muito rapidamente e você precisará ajustar a alimentação de acordo com a idade e o tamanho dele com frequência. Além disso, a alimentação dele também é extremamente importante para ajudar a reduzir as chances dele desenvolver problemas nas articulações e nos ossos ao decorrer da idade. Por isso, coloque tudo no papel antes de trazer esse filhote para casa.

4. Cuidados veterinários

Uma das coisas mais importantes a fazer com o seu filhote de pastor alemão é levá-lo ao veterinário logo após pegá-lo com o criador. É importante tentar fazer isso dentro de 24 horas após a compra do cão, pois garantirá que você está levando para casa um animal saudável. Não pule esta etapa só porque aparentemente o cãozinho parece bem. Além disso, garanta logo todas as vacinas e vermífugos para evitar que o seu peludo fique doente.

5. Sociabilização e adestramento

A melhor maneira de socializar seu cão é apresentá-lo a todos os tipos de pessoas e pets o mais cedo possível. Uma das melhores maneiras de fazer isso é matricular o filhote em uma escola de treinamento. Isso não apenas ajudará seu cão a conhecer outros cães, mas também os ajudará a se tornarem adequadamente treinados. O adestramento é indispensável para essa raça.

6. Atividades e energia

O pastor alemão é uma raça utilizada no trabalho policial em diversos países pelo mundo, e isso acontece não apenas por se tratar de um cão extremamente inteligente, como também se deve ao fato do seu alto nível de energia. Logo, ainda quando é um filhote, o pastor alemão precisa de um alto gasto energético para que ele não fique ansioso ou até mesmo agressivo. Por isso, leve-o para caminhar, correr e brincar. Atividades que estimulem seus instintos, como o olfato, são de extrema necessidade para essa raça.

7. Limpeza

O banho é outro aspecto importante para o cuidado do pastor alemão. É importante não banhá-los com muita frequência, pois pode fazer com que sua pele pare de produzir óleos naturais. Com o tempo, isso pode causar irritação. Porém, as orelhas precisam ser limpas a cada 15 dias para evitar otites e outros tipos de infecções, no entanto, procure fazer a limpeza apenas após o animal completar 6 meses.

Durante as temporadas de queda de pelo que acontece com essa raça, você provavelmente vai sentir vontade de banhá-los com uma frequência maior para mantê-los limpos. No entanto, no resto do ano, você não deve dar banho mais do que duas vezes por mês. Certifique-se de usar apenas um shampoo feito especificamente para cães e de preferência feito especificamente para esta raça, pois sua pelagem tem tendência a ficar seca.

8. Personalidade

Os pastores alemães são treinados como cães de guarda e cães de ataque policia, porque são cautelosos e desconfiados por natureza e possuem a capacidade de serem agressivos. Todos os pastores alemães devem ser ensinados desde filhotes a controlarem a agressão e não devem ser autorizados a morder nem mesmo de brincadeira. Os pastores alemães que não conseguem controlar tendências agressivas não são bons animais de estimação em lares com crianças pequenas.

O pastor alemão é adequado para mim?

Se você é um tutor ativo e já teve outros cães em casa, pode ser uma boa ideia ter o pastor alemão como o seu companheiro. No entanto, é importante lembrar que ele é um cachorro ativo, que precisa de várias horas de atividades físicas diárias. Lembre-se também que ele precisará de uma dieta adequada e idas frequentes ao médico veterinário. O pastor alemão é um cãozinho muito leal e companheiro, e quando escolhe o seu líder, fará de tudo para agradá-lo!

Comentários