Cachorro tremendo: veja o que pode ser e o que fazer

Cachorro tremendo pode ser algo natural ou causas mais graves. Por isso, saiba os principais motivos dos tremores em cães e o que fazer
pug preto com medo

A tremedeira nos cães é um sinal claro de que algo não vai bem com o cãozinho. Os tremores podem ser causados por excitação, frio, estresse ou até mesmo algum tipo de problema neurológico, no sistema nervoso ou até mesmo envenenamento. Por isso, ao notar que o seu cachorro começou com tremores, é muito importante levá-lo ao médico veterinário com urgência.

Mas para saber como agir e ajudá-lo nessa situação, é muito importante que você conheça um pouco mais afundo as principais causas dos tremores nos cães. Por isso, neste artigo, nós separamos tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Ao fim do texto, você estará mais apto para ajudar o seu amigo de quarto patas. Vamos lá!

Cachorro tremendo: principais causas

A tremedeira na maioria das vezes simboliza que algo não está bem com o bichinho. No entanto, nem sempre é algo grave. Além disso, algumas raças, como o chihuahua e o pinscher, apresentam uma tremedeira quase que natural, pois muitas vezes eles tremem por excitação ou por frio. Sendo assim, conhecer as causas é muito importante para que você consiga distinguir se é algo sério ou não. Confira as causas:

Excitação

Alguns cães ficam tão alegres e animados em certas situações, que eles não conseguem ter um controle muito grande das reações, logo, vêm os tremores. No entanto a tremedeira causada pela excitação acontece com mais frequência nos cães de pequeno porte, como o chihuahua, pinscher ou yorkshire terrier. Logo, se o seu cão for de porte grande ou gigante, você pode descartar essa possibilidade. Animais maiores possuem um controle maior sobre as reações corporais em certos momentos.

Frio

Os cães são tão sensíveis às temperaturas quanto os humanos, por isso, se trememos quando estamos com frio, os cachorros têm a mesma reação com as temperaturas mais baixas. Nesse caso, o tutor pode ficar mais tranquilo, pois a situação não é grave e pode ser resolvida com facilidade. Para isso, procure aquecer seu cachorro com roupinhas, uma cama confortável e cobertores. Além disso, evite sair para passear com ele em horários muito frios, e quando for sair, coloque uma roupa nele. No entanto, se mesmo aquecido o cachorro continuar tremendo, leve-o ao médico veterinário.

Dor ou febre

Quando os humanos sentem muita dor ou febre, podem sentir alguns tremores e estamos no corpo, com os cães acontece o mesmo. E essa dor pode estar sendo causada por alguma doença ou trauma que ele possa ter sofrido, neste caso a ida ao médico veterinário é indispensável. Pois apenas o profissional vai conseguir diagnosticar a causa das dores e tratar o animal de maneira correta.

Medo

Essa é uma das causas mais comuns de tremores em cães, principalmente se o seu peludo é medroso, não tem um nível de sociabilização muito alto ou ainda é um filhote, pois tudo ainda é muito novo para ele. Logo, por se sentir vulnerável, o animal acaba sentindo muito medo e o tremor é um dos resultados disso. Nesses casos, o melhor é deixar o cachorro o mais confortável possível e tentar afastá-lo daquilo que está causando medo, como um outro cachorro, pessoas estranhas ou até mesmo um ambiente diferente.

Intoxicação

O tremor também pode vir de alguma intoxicação, podendo ter sido causada por veneno ou até mesmo por algo estranho que ele possa ter ingerido. É importante lembrar que mesmo em nossos lares há substâncias nocivas para os cães, como produtos de limpeza, plantas venenosas ou alimentos tóxicos, como o temido chocolate. Além de tremer, o cachorro pode ter sintomas como vômitos, apatia ou perda de consciência. O recomendado é buscar auxílio de um médico veterinário o mais rápido possível, pois esse é um caso que o animal pode ir a óbito.

Alimentação ruim

Uma alimentação inadequada ou que não fornece ao cão nutrientes e vitaminas que ele precisa, pode fazer com que ele sinta tremores. Além disso, quando o cachorro não come direito, ele pode sofrer hipoglicemia, ou baixo nível de açúcar no sangue, o que pode causar os tremores e até mesmo um desmaio. Nesse caso, um bom pote de ração premium e de boa qualidade deve resolver. Se os tremores persistirem, busque ajuda profissional, o cãozinho pode estar com diabetes.

Síndrome do Tremor Idiopático

É uma doença sistêmica que pode atingir cães de todas as raças e tamanhos, no entanto, ela costuma surgir com frequência em raças como o chihuahua e o pinscher. Geralmente, causa tremores na cabeça, membros ou no corpo todo. Neste caso, apenas um profissional pode constatar se o cachorro realmente apresenta a síndrome. Se apresentar, é necessário que ele tenha acompanhamento constante de um profissional.

Problemas neurológicos

A maioria dos problemas neurológicos fazem com que o cachorro apresentar tremores por todo o corpo. Geralmente os problemas neurológicos costumam atingir cães com idade avançada e o quadro só pode ser identificado por um médico veterinário. A cinomose, por exemplo, é uma doença que pode atingir o sistema nervoso e tremores. Sendo assim, é necessário buscar a ajuda de um profissional.

Tremores nos cães: quando devo me preocupar?

O tutor deve começar a se preocupar com a tremedeira quando vem acompanhada de outros sintomas, como: vômito, diarreia, sangramentos, desmaios e dificuldade de locomoção. Esses sintomas indicam um quadro mais grave e que precisa de uma atenção imediata. Assim, se você encontrar um cachorro tremendo a ponto de não conseguir ficar em pé, busque ajuda de um veterinário o mais rápido possível, pois ele pode estar até mesmo com graves problemas neurológicos. Boa sorte!

Comentários