Roupas para cães são realmente necessárias?

Para manter seu cachorro protegido, saiba identificar quando ele está com frio, quando as roupinhas são necessárias e como escolher
Chihuahua com cobertor

Não é muito difícil ver por aí um cãozinho usando alguma roupinha como proteção extra para as baixas temperaturas. Mas as roupinhas podem ir além da proteção, muitos tutores adoram vestir seus pets com modelos de várias cores e estilos, usando até mesmo alguns acessórios. Mas será que as roupinhas para cães são realmente necessárias? 

Essa pergunta é importante, pois se formos pensar na lógica das coisas, os cães têm pelo e proteções naturais suficientes para se proteger do frio e até mesmo do calor.

Mas na verdade, algumas raças de cães precisam de uma proteção extra durante os períodos mais frios, como o Chihuahua e o Cão de Crista Chinês, pois eles não possuem muitas defesas contra o frio e podem facilmente ficarem doentes.

Porém nem toda roupinha é adequada para os cães, logo, além da beleza e estilo, os tutores devem pensar sempre no conforto dos bichinhos. Por isso, neste artigo nós vamos te explicar um pouco melhor sobre o uso de roupinhas nos cães e te mostrar quais são as ideias para manter o animal bem e confortável. Acompanhe até o final!

Os cães realmente sentem frio? 

Sim! Independente se o seu pet é peludo ou tem o pelo curto, ambos vão sentir frio. No entanto, animais com a pelagem mais curta tendem a sentir mais frio, logo, eles precisam de uma proteção extra.

Além disso, em alguns casos, apenas o pelo não é suficiente para protegê-los e mantê-los aquecidos, como no caso do Yorkshire. Mas isso não significa que o pelo não é importante, mesmo não sendo suficiente em alguns casos, ele tem um função térmica essencial.

E além da questão dos pelos, outros fatores são importantes na hora de ponderar se as roupinhas são realmente importantes. A idade do cãozinho, por exemplo, precisa ser levada em consideração. Cães idosos e filhotes tendem a sentir bastante frio.

Os cães filhotes sentem por ainda não terem proteções naturais desenvolvidas o suficiente, como no caso dos pelos. Já os cães idosos estão mais debilitados e muitas vezes os pelos já não conseguem protegerem eles o suficiente nesta fase. 

Então antes mesmo de pensar em investir apenas na roupinha, compre uma caminha aconchegante e quentinha para o seu pet. Para proteger ainda mais o cãozinho, o tutor pode colocar alguma coberta na caminha, dessa maneira ele ficará protegido. Em épocas mais frias, sempre deixe um cobertorzinho extra e mais forte por perto, caso ele precise. 

Como identificar se o cão está com frio?

Para ter a certeza se o seu pet realmente precisa de uma roupinha, nada melhor do que verificar se ele está sentindo frio. Um dos primeiros sinais de que o cãozinho está com frio são as patas, focinhos e orelhas geladas. Essas partes do corpo estão sempre expostas e são as primeiras a absorverem as baixas temperaturas. Além disso, quando está com muito frio, o pet tende a começar a sentir tremores pelo corpo.

Mas não apenas isso, o cachorro quando está com frio costuma ficar encolhido em algum canto sem conseguir se mexer muito. Outros sinais bastante comuns são: choramingar caso você tente mexer com ele e até mesmo a respiração e movimentos mais lentos. Fique atento!

Afinal, a roupinha para os cães é realmente necessária? 

Sim, principalmente se você morar em regiões muito frias. E se o seu cãozinho se tratar de um filhote ou um já ser idoso, o uso de roupinhas pode se fazer ainda mais necessário. Além disso algumas raças precisam de atenção extra, como: o Chihuahua, Pug, Yorkshire, Pinscher e o Dachshund, o famoso salsichinha. 

Já no caso dos animais peludos e de grande porte, a roupinha pode ser uma escolha, contando que você ofereça para o pet uma caminha aquecida. Muitos cães de grande porte, como o Golden Retriever, Labrador e Rottweiler, podem ficar facilmente incomodados com a roupa.

Diante isso, é importante que você veja se o animal está confortável com a roupinha. Se você notar que ele não gostou, invista apenas nas cobertas e em uma cama confortável. 

E outro ponto a ser levado em consideração é a cidade e ambiente onde você vive com o seu cachorro. No Brasil, por exemplo, mesmo no inverno, algumas cidades apresentam uma temperatura bastante alta, logo, o uso de roupinhas pode não ser necessário.

Já em cidades no Sul do país, é comum que as temperaturas fiquem bem baixas, então as roupinhas podem ser necessárias. Avalie o local onde você mora e como são todas as estações do ano na sua cidade.

Qual é a roupa ideal para o meu cãozinho? 

Quando vamos comprar roupa para nós mesmos, sempre levamos vários fatores em consideração, como a cor, estilo, material, conforto, etc. No caso dos cães, o conforto e praticidade da roupinha devem ser sempre o foco principal na hora da compra. Lembre-se que se a roupa gerar incômodo e impedi-lo de se locomover direito, por exemplo, o cãozinho pode não querer usar e você terá gasto dinheiro à toa.

Confira algumas dicas para te ajudar a comprar a roupinha:

  • Antes de ir às compras, tire as medidas do seu cãozinho, principalmente da circunferência da barriga e do pescoço. Essa é a melhor maneira de escolher a roupa ideal e no tamanho correto;
  • Se possível, leve o cãozinho com você na hora da compra, dessa maneira você poderá colocar a roupa nele e verificar se ele está confortável; 
  • Evite roupas com enfeites, como lacinhos, que podem ser engolidos pelo pet. Além disso, roupas apertadas e de matérias ruins, como couro e camurça, devem ser evitados; 
  • Prefira sempre roupinhas feitas de algodão. 

Com essa dicas você vai conseguir encontrar a roupinha ideal para o seu cãozinho para ajudá-lo a se proteger nos dias mais frios. E mesmo ela sendo necessária em alguns casos, leve sempre em consideração o bem-estar e as vontades do cãozinho, caso ele não se sinta bem com a roupinha, não force ele a utilizá-la. Neste caso, opte por um cobertor e uma cama quentinha. Boa sorte!

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *