Cachorro pode comer beterraba? Veja os benefícios e cuidados necessários

A beterraba traz diversos benefícios para os cachorros, mas em excesso pode causar danos ao animal. Veja os cuidados e como oferecer
betarrabas inteira e cortadas

A beterraba é uma raiz rica em vitaminas, mineiras e até mesmo potássio. Mas seu consumo deve ser com cautela, pois por mais que seja benéfica para a saúde, possui muitos açúcares em sua composição.

E os cachorros? Será que podem comer beterraba? Tire suas dúvidas e saiba como oferecer esse alimento para os cães.

Mas lembre-se! Os tutores sempre devem procurar conversar com um médico veterinário antes de acrescentar um novo alimento na dieta dos pets, principalmente quando o assunto é alimentação natural.

Afinal, os cães podem comer beterraba?

Os cachorros podem comer beterraba cozida ou crua, desde que seja oferecida com alguma fonte de proteína. Apesar da beterraba possuir vitaminas e minerais que ajudam a fortalecer o sistema imunológico dos cães, é indicada somente uma vez na semana e não deve ser a base da alimentação do pet.

Tente misturá-la com alguma outra fonte de proteína, como frango ou alguma carne vermelha magra. Porém, lembre-se sempre de consultar um veterinário antes de modificar a dieta do seu cão.

Benefícios da beterraba para os cães

A beterraba é rica em vitamina A e em betacarotenos, que são benéficos para uma boa visão e saúde da pele dos cães, ajudando a combater problemas dermatológicos, como as alergias e dermatites caninas.

Essa raiz também pode ser uma grande aliada no combate à anemia em cães filhotes. A beterraba fornece uma boa quantidade de ferro e vitamina B9, sendo um excelente suplemento para os pets.

Além disso, esses nutrientes presentes na beterraba são indispensáveis para a formação da hemoglobina e das hemácias, bem como para a correta oxigenação de todos os tecidos e órgãos do organismo canino.

E os benefícios da beterraba não param por aí! A grande quantidade de fibra e água, fazem com que o animal tenha uma excelente digestão e menos chances de apresentar problemas urinários. E mais! Os antioxidantes presentes na beterraba ajudam muito na renovação celular de cães idosos, fazendo com que eles fiquem com uma imunidade melhor e até mesmo mais forte.

Cuidados ao oferecer beterraba para o cachorro

Apesar de todos os benefícios, é preciso ter cuidado! Por ser rica em açúcares, não é um alimento recomendado para cães obesos e também diabéticos.

Segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), 100 gramas de beterraba pode conter cerca de 6,76 gramas de açúcares e 9,56 gramas de carboidrato. Por isso, esse alimento deve ser evitado para cães que apresentam um desses dois quadros.

Além disso, a beterraba é rica em oxalatos, compostos minerais que, quando consumidos excessivamente, costumam se acumular no trato urinário dos cães, podendo causar a formação de cálculos ou pedras nos rins ou na bexiga.

E por conta das fibras, em excesso, a beterraba pode causar diarreias ou mal estar estomacal nos peludos. Sabendo disso, antes de inserir a beterraba na dieta do seu cachorro, converse com um profissional.

A alimentação dos cães deve ser sempre balanceada e a quantidade de calorias precisa também ser controlada. E lembre-se que tudo em excesso, pode acabar fazendo mal, por mais saudável que seja. Boa sorte com o peludo!

Comentários