Ansiedade de separação: raças de cachorros mais propensas a desenvolvê-la

Algumas raças são mais propensas a ter ansiedade de separação. Saiba se seu pet tem tendência a desenvolver ansiedade de separação

Homem abraçando um cachorro marrom triste

A ansiedade por separação é um distúrbio comportamental comum em cães, caracterizado por um desconforto intenso quando estão separados de seus proprietários. Embora a ansiedade de separação possa afetar cães de qualquer raça, alguns grupos são considerados mais propensos a desenvolvê-la. Fatores genéticos, histórico de socialização e temperamento do animal podem influenciar sua suscetibilidade a essa condição.

Raças que foram originalmente criadas para serem companheiras constantes de seus donos, como cães de colo e raças de companhia, tendem a apresentar maior propensão à ansiedade de separação. Contudo, é essencial destacar que a ansiedade de separação pode manifestar-se em qualquer raça, e o ambiente, treinamento e cuidado geral do cão desempenham papéis significativos na prevenção e manejo dessa condição.

Como você poderá ver, a tendência a sofrer do problema está ligada ao temperamento de cada raça, sendo que a maioria delas também estão entre as raças de cachorro mais carentes.

08 de 8

Chihuahua

chihuahua deitado feliz

O pequeno chihuahua é um dos cães mais adorados em todo o mundo, não apenas pela sua aparência marcante, mas também pela fidelidade e ao apego que desenvolvem pelos donos.

Esse apego aos tutores acaba tendo outra consequência bastante negativa: chihuahuas estão muito propensos a desenvolverem a ansiedade por separação.

Uma medida que pode amenizar o problema é separar espaços na casa onde o cachorro pode se sentir mais seguro, pois mesmo sendo uma das raças ideais para apartamento, o chihuahua pode se sentir muito solitário em um apartamento vazio.


07 de 8

Poodle Toy

Poodle Toy
Poodle Toy

Poodles podem vir em diversos tamanhos, e o menor representante da raça é o Poodle Toy.

Ele foi desenvolvido especialmente para ser um cão de companhia, ao contrário de outras tipos de poodle. Além do porte minúsculo, os criadores também procuraram tornar o poodle toy muito dócil e apegado aos seus donos.

Essa última característica acabou por torná-lo mais propenso a sofrer de ansiedade de separação.


06 de 8

Bichon Frisé

Nomes para bichon frisé

O bichon frisé é um cachorrinho de aparência e comportamento cativantes.

Muitos o confundem com o poodle, mas há algumas diferenças entre as raças, como um pelo menos enrolado e um temperamento um pouco mais amigável do bichon, em relação ao Poodle.

Os bichon frisé são cães muito sociáveis e estão completamente adaptados à vida nas cidades. Se deixados sozinhos com muita frequência, podem facilmente desenvolver a ansiedade de separação.


05 de 8

Labrador

labrador de pelo escuro

O labrador retriever é conhecido por ser muito sociável e também muito brincalhão. Eles não são apenas excelentes cães de companhia, como também são úteis como cães-guia e cães de terapia.

Os labradores adoram estar próximos de pessoas e podem ser muito amigáveis até com estranhos. Embora sejam muito pacientes, eles também estão propensos a sofrer de ansiedade de separação.


04 de 8

Border Collie

Border Collie preto e branco

O border collie é considerado a raça mais inteligente do mundo, e um dos principais aspectos que contribuem para essa classificação é a lealdade aos seus donos .

A raça sempre foi muito usada no pastoreio de ovelhas, função que exige obediência e preparo físico.

Border collies adoram agradar aos seus donos, seja protegendo a casa, realizando truques ou brincando. Eles sofrem bastante quando não podem interagir com a família.


03 de 8

Pastor Alemão

pastor alemao

pastor alemão tende a ser visto como um cachorro polivalente e muito seguro de si, sendo inclusive uma das raças mais usadas como cão de guarda.

Apesar de todas as suas qualidades, que incluem a velocidade, o faro apurado, a força física e a inteligência, pastores alemães se tornaram, com a evolução da raça, mais dependentes dos humanos do que já foram um dia.

Atualmente, eles estão entre as principais raças de cachorro a apresentarem a ansiedade de separação.


02 de 8

Cocker Spaniel Inglês

cocker spaniel inglês não é uma raça muito popular entre os brasileiros, mas eles têm um longo histórico como cães de caça e são até hoje muito apreciados na Europa.

Inteligentes, leais e ativos, os cocker spaniel foram com o tempo se tornando muito populares entre as famílias da cidade e acabaram perdendo características do seu tempo como cão de caça.

A dependência que a raça tem em relação aos humanos, hoje em dia, a torna bastante suscetível a sofrer de ansiedade de separação.


01 de 8

Cavalier King Charles Spaniel

Cavalier King Charles Spaniel cabeça observando

O cavalier king charles spaniel é uma raça próxima do cocker spaniel Inglês e também é bastante apreciada no Velho Continente.

Ela, no entanto, sempre esteve acostumada a viver dentro de casa, bem próxima da família, sendo uma das raças ideais para cão de companhia.

Normalmente calmo e dócil, o cavalier king charles spaniel pode apresentar problemas de comportamento se não puder desfrutar da companhia dos seus donos.


A ansiedade de separação tem solução

Embora seja muito comum em cães, a ansiedade de separação é um problema que ainda não vem tendo a devida atenção por parte dos amantes de pets.

É muito comum que o dono lide com o problema de forma equivocada, seja reprendendo o cachorro por seu mal comportamento, seja mimando-o demais, ou, o que é ainda pior, simplesmente ignorando o que está acontecendo.

A ansiedade de separação, no entanto, pode trazer muito sofrimento para os cães e pode levar a consequências graves. Saber como tratar a ansiedade de separação é muito útil para qualquer dono de cachorro, mesmo que o seu animal não pertença a uma das raças que listamos aqui.

Gostou? Compartilhe com os seus amigos nas redes sociais.

Comentários