10 raças de cachorro que babam muito

Algumas raças estão mais propensas à babar do que outras. Como você verá, separamos 10 raças que têm algumas características em comum e os motivos da baba

Um dos poucos inconvenientes que os tutores em geral identificam nos seus cães é o excesso de saliva. Especialmente em algumas raças, essa saliva escorre da boca dos animais e, além de ser visualmente desagradável, pode se espalhar pelo chão da casa e sujar a roupa de alguém bem na hora em que se brinca com o pet.

Certamente, esse “defeito” é irrelevante quando se pensa em todas as qualidades dos cães como companheiros dos humanos, mas não deixa de ser uma questão a se prestar atenção. Afinal, por que os cães babam e por que algumas raças tendem a babar mais?

Por que os cães babam

As razões por trás da salivação nos cães não são nenhum mistério. Por exemplo, assim como nós, os cães produzem saliva para a digestão. Boa parte dela ocorre ainda na boca do animal, e a saliva ajuda a quebrar componentes microscópicos no alimento e a formar um bolo que desce facilmente na garganta. E, também como os humanos, cães também babam de desejo por comida.

Além disso, a saliva também é útil para regular a sua temperatura corporal e, em dias ou regiões mais quentes, os cães tenderam a babar mais. Porém, a salivação também pode estar ligada a questões emocionais, pois os cães babam quando se sentem ansiosos ou estressados.

A saliva excessiva pode também ser sinal de algum problema de saúde, especialmente infecções bucais ou dificuldades de digestão. Por isso, se o seu cão estiver babando mais que o normal, talvez o melhor seja procurar a ajuda de um especialista.

Os campeões de saliva

Como você deve imaginar, algumas raças estão mais propensas a babar do que outras, e é sobre elas que trataremos na lista abaixo. Como você verá, as 10 raças tratadas aqui têm algumas características em comum. A principal delas é a pele cheia de dobras e pelancas no focinho. A razão é muito simples: com uma pele mais flácida na região da mandíbula (no queixo), a saliva não encontra uma barreira natural e acaba escorrendo.

Por outro lado, a baixa resistência a clima mais quentes também pode levar algumas raças a produzir mais saliva, como uma forma de regular a temperatura corporal.

Agora vamos aos campeões de saliva.

  • 01 de 10

    São Bernardo

    são bernardo

    O São Bernardo é um gigante muito querido por toda a família que o cria. Quem assistiu aos filmes do Beethoven, o representante mais famoso da raça, certamente se lembra que ela babava em tudo quanto era lugar. Talvez Hollywood até tenha exagerado um pouco, mas a raça na vida real também produz muita saliva. Muito acostumados ao frio dos Alpes Suíços, os São Bernardo tendem a babar ainda mais quando vivem em lugares mais quentes.

  • 02 de 10

    Dogue de Bordeaux

    Dogue de Bordeaux com coleira.

    O Dogue de Bordeaux não é uma raça muito conhecida no Brasil, mas faz bastante sucesso na Europa. Como em todos os cães braquicefálicos (com o focinho achatado), a pele dessa raça costuma ser bem enrugada e “caída” na cabeça, e isso contribui para a grande produção de saliva. Apesar do aspecto mais sossegado, possuem grande instinto de proteção e são muito usados cães de guarda.

  • 03 de 10

    Bulldog Inglês

    Bulldog sentado

    O Bulldog Inglês é mais um exemplo de cão braquicefálico e que baba bastante. Além de ter a pele mais enrugada, o Bulldog Inglês tem um sistema respiratório que não ajuda muito. Nos dias mais quentes, a raça sofre bastante com o calor, e isso é perceptível através do excesso de saliva.

  • 04 de 10

    Bloodhound

    bloodhound-deitado-na-grama

    O Bloodhound, também conhecido como Cão de Santo Humberto, pode até ter uma carinha de preguiçoso, mas a verdade é que a raça é conhecida como o melhor cão farejador que existe. Eles são inclusive bastante usados pela polícia de alguns países nessa função. Ainda assim, a raça de fato costuma ter um temperamento mais calmo e produz mais saliva que a maioria dos cães.

  • 05 de 10

    Boxer

    Saiba tudo sobre a raça boxer

    Diferente de outras raças aqui, o Boxer produz bastante saliva mas jamais “dorme no ponto”. A raça é conhecida por seu alto nível de energia e animação. Sempre atentos a qualquer estímulo, os Boxers adoram se divertir com a família, inclusive com as crianças. Porém, sempre que enxergam uma ameaça, eles colocam toda sua força física e instinto de proteção a serviço dos tutores.

  • 06 de 10

    Boiadeiro de Berna

    Boiadeiro de Berna cabeça.

    O Boiadeiro de Berna lembra um pouco o São Bernardo e, assim como ele, também é originário dos Alpes Suíços. E apesar de ter um porte mais atlético e um temperamento mais ativo, a raça também baba com frequência, especialmente em climas mais quentes. A raça é muito apegada à família e, apesar de serem protetores, não são muito recomendados como cães de guarda.

  • 07 de 10

    Fila Brasileiro

    Fila Brasileiro deitado na grama

    O Fila está entre as raças nacionais é o queridinho de muitos brasileiros. Isso deve, com certeza, ao seu temperamento bem particular: quase sempre bem tranquilo, não dispensa, no entanto, uma boa brincadeira junto da família, além de estar sempre disposto a defendê-la. E como a maioria dos cães de focinho “pelancudo”, o Fila Brasileiro também produz bastante saliva, o que contribui muito na sua imagem de raça sossegada.

  • 08 de 10

    Basset Hound

    Basset Hound mostrando a língua

    Assim como o Bloodhound, o Basset Hound possui um faro muito apurado. Na verdade, muitos o consideram o melhor cão farejador do mundo. Eles são baixinhos e muito calmos, mas estão sempre dispostos a seguir os cheiros que encontram no ambiente. E isso, claro, pode fazer com que você encontre a saliva do Basset Hound por vários lugares da casa.

  • 09 de 10

    Cane Corso

    O Cane Corso é um gigante que impõe bastante respeito. A raça é muito usada como cão de guarda em alguns países e lembra um pouco o Pit Bull na aparência. Porém, ele tem como uma de suas marcas a pele enrugada e caída no queixo. Como você deve imaginar, o Cane Corso produz bastante saliva, mas nem por isso ele deixa de ser um cão atento e pronto para o combate.

  • 10 de 10

    Bulldog Francês

    Características do Bulldog Francês

    Assim como seu parente inglês, o Bulldog Francês também produz bastante saliva. Eles também são cães braquicefálicos e tendem a sofrer com o calor. Por outro lado, a raça possui um aspecto mais ativo, que o diferencia do Bulldog Inglês. A pele do seu focinho é menos flácida e suas orelhas são eretas e mais pontudas.

Babões, mas sempre atentos

Como você pôde ver nesse artigo, babar em geral é um comportamento bem normal entre os cães. Entretanto, algumas raças tendem a babar mais que outras. Para a maioria dos tutores, isso talvez não seja um problema realmente relevante. Prova disso é que as raças apresentadas aqui costumam ser muito queridas e até muito úteis na proteção da casa e da família.

Por outro lado, o excesso de saliva pode ser visto como um sinal de alerta. Cães que babam mais que o normal podem estar sofrendo com o excesso de calor, com doenças no interior da boca ou com dificuldades de digerir a comida. Além disso, a salivação pode indicar ainda que o seu cãozinho está estressado ou ansioso. Em todo caso, é sempre bom estar atento a qualquer comportamento fora do comum e, se necessário, procurar ajuda de um veterinário.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *