Cães sentem emoções semelhantes aos dos humanos?

Homem e cachorro abraçados

Não é novidade para ninguém que os cães se assemelham aos seus tutores em muitos aspectos. E por isso, não é à toa que eles recebem o título de melhores amigos dos humanos. Mas, você sabia que além de companheiros, os cães também podem sentir emoções bem semelhantes às nossas? 

Algumas pessoas pensam que os cães não conseguem sentir as mesmas emoções que as nossas, mas na realidade, eles estão enganados. Diversos estudos científicos já comprovaram que os cães são capazes de amar e também sentir medo. Mas não são apenas essas emoções que os animais podem sentir.

Por isso, neste artigo nós vamos te mostrar como os cães sentem e quais são todas as emoções que os cães são capazes de sentir. Acompanhe até o final!

Como os cães sentem?

Os cães têm uma mente semelhante a uma criança de 3 anos, logo, eles são capazes de sentir emoções primárias e também de uma maneira mais infantil. Isso é possível, pois a estrutura cerebral dos cães é a mesma dos humanos. Com isso, eles são capazes de processar as emoções em regiões bem profundas do cérebro, que forma o sistema límbico. 

Logo, é possível entender que as emoções nada mais são do que estímulos neurais, químicos e hormonais. E por isso essas emoções são responsáveis por fazer os cães e também os humanos agirem de maneiras específicas quando estão tristes, felizes ou com medo, por exemplo.

Mas a grande diferença entre a forma de sentir dos cães e a dos humanos, é que os pets não ficam pensando sobre as suas emoções, bem diferente das pessoas, uma vez que tendemos a refletir bastante sobre o que sentimos. Os cães não têm a mesma capacidade, eles simplesmente têm a emoção e agem. Por isso, se os cães falassem, por exemplo, eles jamais iriam mentir.

Emoções X Sentimentos 

É muito importante que nós não confundamos as emoções e sentimentos dos cães, pois são coisas diferentes. Apesar dos sentimentos terem uma característica muito próxima das emoções, os sentimentos agem na parte racional do cérebro. Logo, a ciência ainda não conseguiu comprovar que os cães racionalizem suas emoções como os humanos.

Essa informação é de extrema importância até mesmo para repensarmos a forma que criamos e tratamos os nossos pets. Muitas vezes brigamos com eles quando eles agem de alguma maneira que nos desagrada, logo, lembre-se que os cães agem sem racionalizar aquela ação. Interessante, não é?

Mas, quais são as emoções que os cães sentem?

Alegria 

Golden Retreiver brincando

A alegria é uma das emoções mais reais sentidas pelos cães. O naturalista Charles Darwin mencionou que “sob a expectativa de qualquer grande prazer, os cães saltam de uma forma extravagante e latem de alegria”. Por isso, dedique-se para seu cachorro ser mais feliz.

Quando o seu cãozinho fica feliz com a sua chegada ou com um passeio, saiba que aquela emoção é verdadeira. E as melhores formas que eles encontram de demonstrar o amor é através das lambidas, dos pulos, do rabo e até mesmo do latido. 

Ciúmes

O ciúme é dos sentimentos mais normais nos cães pelo fato de serem animais territorialistas, até em níveis emocionais. Os pets criam um laço muito forte de proteção e apego, logo, quando chega alguém novo à família, podendo ser uma criança ou outro animal, ele tende a ficar com ciúmes. O cãozinho pode se sentir até mesmo ameaçado  com a presença no “invasor”.

Em alguns casos o ciúme pode ser tão forte, que o tutor precisa investir em adestramento e técnicas de sociabilização para que o pet consiga conviver com outra pessoa ou animal. Por isso, é muito importante que você inicie a sociabilização do cãozinho quando ele ainda é filhote.

Entretanto, existem casos que mesmo com ciúme, o cãozinho vai acabar se apaixonando também pelo novo membro da família. Os cães são animais que sempre estão dispostos a oferecer amor.

Vergonha

O seu cão sabe quando faz algo que não deveria, como fazer xixi onde não pode, morder um sapato, quebrar algum objeto ou até mesmo comer algo que não deveria. A cara típica de culpado e os olhos cabisbaixos, acompanham a cauda entre as patas. Logo, o cãozinho se recolhe e vai direto para a sua cama ou para um canto. Esses todos são sinais claros de que o seu cachorro está sentindo vergonha.

Mas a vergonha dos cães é bem diferente da que os humanos sentem, os bichinhos tendem a esquecer essa emoção de uma maneira muito rápida. Além disso, eles não ficam pensando muito tempo sobre o que fizeram, eles logo se esquecem, mas conseguem perceber e também lembrar que aquilo te desagradou. 

Como vemos, nos adestramentos e treinos dos cães, é muito comum que eles repitam o comportamento errado mais algumas vezes até que entendam que não podem repetir. Por isso, o processo de adestramento de um cãozinho deve ser feito com amor e paciência. É necessário sempre entender as emoções e processos de entendimento do pet.

Tristeza 

Bulldog francês deitado triste

Se enganam aqueles que pensam que os cães estão alegres o tempo inteiro. Na realidade, os pets podem sentir tristeza. Por esse motivo, eles estão suscetíveis a doenças como a ansiedade e depressão. Os cães quando estão tristes podem mudar completamente o comportamento, ficando mais apáticos, sem comer, sem brincar e podem até mesmo ficarem agressivos em algumas situações. 

A tristeza nos cães pode ser causada por uma série de motivos, principalmente pela ausência do tutor, morte de alguém da família, tédio e falta de atenção dos donos.

Sabendo disso, é muito importante que você garanta ao seu bichinho todo o cuidado e bem-estar para que ele esteja sempre alegre e saudável. Por isso, sempre dedique tempo, amor e cuidado ao peludo. Boa sorte!

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *