Tudo sobre a raça Schnauzer

A raça Schnauzer pode ser dividida em Schnauzer standard, Schnauzer miniatura e Schnauzer gigante. Conheça mais sobre cada um e suas personalidades assim como cuidados com a higiene, saúde e muito mais.
  • Tudo sobre a raça Schnauzer
  • Rosto Schnauzer
  • Schnauzer bigodudo
  • Schnauzer preto
  • Schnauzer cinza
  • Schnauzer deitado
  • Schnauzer em pé
  • Schnauzer branco
  • Schnauzer miniatura na grama
  • Schnauzer preto e branco

O Schnauzer é cão elegante, inteligente e criativo, que chama a atenção pelo seu aspecto e sua notável agilidade.

Segundo a FCI (Federação Cinológica Internacional) reconhece-se três variedades para esta raça: Schnauzer miniatura, Schnauzer standard (ou Schnauzer padrão) e Szhnauzer gigante. Além da clara diferença de tamanho, estas variedades mostram diferenças cruciais em suas personalidades e comportamentos.

Se você é o orgulhoso tutor de um Schnauzer ou está pensando em adotar um novo melhor amigo, te propomos conhecer as principais características físicas e comportamentais destes belos cãezinhos. Também te contaremos os principais cuidados que os Schnauzers necessitam para manter uma vida ativa, saudável e feliz.

Índice – você encontrará as seguintes informações nesse artigo:

  1. Ficha técnica
  2. Características da raça
  3. Características físicas
  4. Personalidade
  5. Como cuidar
  6. Saúde
  7. Filhotes
  8. Preço
  9. Dúvidas frequentes
  10. História

Ficha técnica da raça Schnauzer:

Adaptação
Bom para apartamento
Gosta de ficar sozinho
Gosta de outros cachorros
Gosta de gatos
Gosta de estar com a família
Higiene e saúde
Cuidados com a higiene
Riscos com a saúde
Solta pelos
Tamanho
Treinamento
Fácil de adestrar
Necessidade de exercícios físicos
Late muito
Gosta de brincadeiras
Características da raça:

Grupo: Grupo dos Terriers (Miniatura), Grupo dos Trabalhadores (Standard e Gigante)
Altura: 44 a 50 cm (Standard), 30 a 36 cm (Miniatura) e 60 a 70 cm (Gigante)
Peso: 14 a 20 kg (Standard), 5.4 a 9 kg (Miniatura) e 25 a 48 kg (Gigante)
Personalidade: Destemido, determinado, leal, amigável, espirituoso, alerta, dedicado, obediente, inteligente
Expectativa de vida: 12 a 15 anos (Standard), 13 a 15 anos (Miniatura) e 11 a 13 anos (Gigante)

Características físicas do Schnauzer

Como dissemos, segundo a FCI, a raça Schnauzer admite três tamanhos: gigante, standard (ou padrão) e miniatura. Este dado não diz respeito apenas às dimensões de cada animal, mas também influencia nas suas características físicas e nos aspectos de seu comportamento. A seguir, te contaremos os aspectos físicos mais destacados de cada exemplar, para facilitar seu entendimento.

Schnauzer standard

Schnauzer Standard
Schnauzer standard

O Schnauzer standard costuma ser chamado simplesmente de Schnauzer, pois ele é o primeiro exemplar desta raça. Foi a partir dele que se originaram as outras duas variedades, miniatura e gigante. O Schnauzer standard é um cão de porte médio, cuja altura pode variar de 45 cm a 50 cm, sendo que machos e fêmeas têm tamanhos muito parecidos.

O peso corporal saudável para esta raça estabelece-se entre 14 kg e 20 kg. A FCI só reconhece duas combinações para a pelagem do Schnauzer standard: a clássica sal e pimenta e o preto sólido. Porém, é possível encontrar Schnauzers de várias cores pelas ruas do nosso país e de todo o mundo.

Schnauzer miniatura

Schnauzer miniatura
Schnauzer miniatura

O Schnauzer miniatura é, claramente, um cão de pequeno porte, cuja altura pode ir desde 30 cm até 35 cm, tanto para fêmeas como para machos. Seu peso corporal adequado deve ficar entre 4 kg e 8 kg, sempre mantendo uma alimentação equilibrada para evitar o sobrepeso. Segundo o padrão da raça, são quatro as combinações aceitas para a pelagem: a clássica sal e pimenta, preto, preto e prata, branco puro.

Schnauzer gigante

Schnauzer gigante
Schnauzer gigante

Por outro lado, os Schnauzers gigantes, como seu nome já adianta, é um cão de porte gigante, cuja altura pode variar entre 60 cm e 70 cm, sendo que os machos podem ser levemente mais robustos que as fêmeas. Seu peso saudável deve ficar entre 35 kg e 47 kg, e novamente é importante prevenir os quadros de obesidade. Segundo a FCI, os Schnauzers gigantes podem ter a pelagem preta ou apresentar a clássica combinação sal e pimenta.

Porém, estas variedades também possuem coincidências físicas, as quais resumimos a seguir:

  • Contextura física: corpo compacto e musculoso, com peito profundo e moderadamente largo, ventre levemente recolhido e extremidades bem equilibradas. Os Schnauzers se caracterizam por serem cães de aparência elegante e traços suaves, com movimentos ágeis e bem executados.
  • Cabeça: retangular, forte e alargada, com stop bem definido e focinho em forma de cunha truncada.
  • Pelagem: formada por 2 camadas, uma interna e outra externa. A interna está formada por pelos densos e lanosos. Já a externa exibe pelos lisos, longos e ásperos, que não devem ter aspecto ondulado ou frisado.
  • Nariz: amplo e na cor preta.
  • Olhos: ovais, escuros e escuros, de tamanho médio e com expressão vivaz e alegre.
  • Orelhas: de tamanho médio e em formato de “V”, sempre estão dobradas para frente, caindo paralelamente às bochechas.
  • Cauda: naturalmente, o rabo dos Schnauzers tem forma de sabre, com tamanho médio. Por muitos anos, o padrão da raça incluía a amputação da cauda. Felizmente, hoje em dia, a FCI já exige deixar o rabo natural, condenando a prática de mutilações estéticas.
  • Aspecto: devemos guardar um tópico especial para mencionar o característico aspecto “bigodudo” desta raça. Os Schnauzers de todos os tamanhos ostentam uma chamativa pelagem densa e abundante na região das sobrancelhas e do focinho. Por isso, a simples vista, parece que estes cãezinhos têm uma encantadora barba.

Personalidade do Schnauzer

Os Schnauzers standard são cães ativos, inteligentes e criativos e muito leais. Estes cães também mostram notáveis comportamentos instintivos de caça, graças à sua inegável herança Terrier. Sua personalidade é forte e independente, por isso, não devemos esperar que se comportem como cãezinhos de colo. Na verdade, os Schnauzers são tão obstinados e seguros de si que podem tomar decisões por conta própria e desconhecer autoridades. Por isso, precisam ser bem educados desde filhotes, por tutores que contem com paciência e experiência, para ensiná-los positivamente. Caso contrário, podem tornar-se arrogantes e desobedientes, chegando a desenvolver certas condutas destrutivas.

Enquanto isso, o Schnauzer miniatura foi criado com o propósito de ser um animal de companhia, por isso, seu temperamento será naturalmente mais dócil e jamais recusarão um bom colo. Além disso, são mais dependentes de seus proprietários, porém, também demonstram um lado intrépido de sua personalidade. Estes cãezinhos adoram brincar e desfrutar da companhia dos seus familiares. Porém, costumam mostrar-se mais tímidos com estranhos e, quando não são bem socializados, também se tornar mais medrosos frente a desconhecidos.

Já os exemplares de Schnauzers gigantes possuem um comportamento notavelmente mais estável e tranquilo, mas também desfrutam de exercícios e brincadeiras, principalmente ao ar livre. No seu núcleo familiar, esses cães são gentis e leais, contando com uma enorme valentia para proteger seus familiares. Por outro lado, costumam ser reservados com os estranhos e possuem um importante sentido territorial e podem ter problemas de convivências com outros animais (principalmente entre cães do mesmo sexo). Por isso, devem ser educados e socializados desde filhotes para manter um comportamento equilibrado e evitar o desenvolvimento de condutas agressivas.

Personalidade do Schnauzer
Em geral, os Schnauzers tem uma personalidade tranquila e amável.

Como cuidar de um Schnauzer

Apesar de suas diferenças físicas, os Schnauzers requerem cuidados bastante similares. Sua pelagem precisa de uma manutenção relativamente simples, com 2 ou 3 escovações semanais para eliminar as impurezas e os pelos mortos. Os banhos podem ser dados 1 vez por mês ou a cada 6 semanas. Não se deve banhá-los excessivamente, pois isso elimina a oleosidade natural que protege sua pele, prejudicando sua saúde.

Também se recomenda uma tosa a cada 4 ou 5 meses para conservar a qualidade de seus pelos e facilitar sua higiene. Além disso, é fundamental limpar diariamente as remelas de seus olhos e escovar seus dentes 3 vezes por semana.

Esta raça demonstra uma alta energia e precisa realizar atividade física diariamente para manter um peso saudável, liberar tensão e manter um comportamento equilibrado. Logicamente, o tamanho do seu cãozinho impactará na dose e na intensidade de exercícios recomendáveis.

Os Schnauzers standard são muito enérgicos e podem realizar exercícios um pouco mais intensos. Por isso, além de 2 ou 3 passeios diários, você também pode pensar em iniciar seu cãozinho em algum esporte canino.

Já os miniaturas necessitam uma dose mais moderada de exercícios, podendo gastar suficiente energia com 2 passeios diários e brincadeiras em casa.

Por outro lado, os Schnauzer gigantes tampouco devem ser expostos a exercícios intensos para não prejudicar suas articulações. Recomenda-se 3 passeios diários de 25 a 30 minutos cada um.

Todos eles deverão ter brinquedos e jogos interativos que estimulem sua inteligência o mantenha-os entretidos mesmo quando você tiver que sair.

O adestramento e a socialização são cuidados essenciais para todos os cães Schnauzer. Para aprender a se relacionar positivamente com as pessoas e outros animais, seu melhor amigo deve ser socializado desde filhote (logo após completar o primeiro ciclo de vacinas e remédios contra parasitos). E o adestramento será o melhor exercício para ensiná-lo a respeitar as normas da casa, bem como para mantê-lo fisicamente e mentalmente bem estimulado.

Além disso, seu cãozinho precisará de uma nutrição completa e equilibrada para preservar sua saúde e sua energia. Por isso, lembre-se de escolher uma ração de excelente qualidade como base da dieta de seu melhor amigo e respeitar as porções adequadas ao seu tamanho, seu peso e sua idade. Estes cães tendem a ganhar peso facilmente, por isso, não exagere nas guloseimas!

Principais problemas de saúde do Schnauzer

Os Schnauzers também se diferenciam no que diz respeito à sua saúde e à propensão a doenças hereditárias. Entretanto, todos precisam e merecem receber uma adequada medicina preventiva para levar uma vida ativa e saudável.

Por isso, para cuidar bem do seu melhor amigo, realize visitas ao veterinário a cada 6 meses, respeite o calendário de vacinação  e não se esqueça dos tratamentos antiparasitários internos (vermífugos) e externos (pipetas, comprimidos mastigáveis, etc).

Os Schnauzers standard ostentam uma excelente saúde e não demonstra incidência elevada de nenhuma doença degenerativa. Porém, eventualmente podem ser diagnosticados com displasia de quadril e dermatites foliculares. E têm certa tendência à obesidade. Sua expectativa de vida é calculada entre 12 e 15 anos, mas pode variar de acordo ao estilo de vida de cada cão.

O Schnauzer miniatura apresenta predisposição genética a desenvolver uma série de doenças hereditárias e degenerativas. Apesar dessa natural tendência, estes cãezinhos podem levar uma vida muito saudável e desfrutar de uma privilegiada expectativa de vida, entre 13 e 15 anos. Desde que recebam os devidos cuidados com sua higiene e saúde, obviamente. A seguir, resumimos as doenças mais frequentes no Schnauzer miniatura:

  • Cataratas
  • Obesidade
  • Diabetes
  • Atrofia progressiva da retina
  • Problemas hepáticos
  • Pancreatites
  • Cálculos no trato urinário
  • Doença de Von Willebrand
  • Sopro cardíaco

Os Schnauzers gigante, por serem cães de grande porte e crescimento acelerado, têm uma importante predisposição genética à displasia de quadril e de cotovelo. Além disso, pode ser diagnosticado, com certa frequência, com epilepsia, torção gástrica e câncer. Sua expectativa de vida fica é calculada entre 11 e 13 anos, dependendo do estilo de vida de cada cão.

Filhotes de Schnauzer

Mesmo sendo super enérgicos e brincalhões, os pequenos filhotes de Schnauzer precisarão dormir várias horas por dia para se desenvolverem corretamente e fortalecerem seus sistemas imunológicos. Entre seus 6 e 7 meses de vida, os filhotes experimentarão um crescimento muito acelerado, mas só devem ser considerados adultos após completar seu primeiro ano de vida.

Filhote de Schnauzer
Filhote de Schnauzer

Como são donos de uma personalidade forte e precisam ter suas capacidades cognitivas e sociais estimuladas, os Schnauzers devem ser bem educados e socializados desde sua infância. Assim que seu cãozinho chegar ao seu novo lar, será essencial apresentar as normas da casa e evitar reforçar condutas inapropriadas. Ao completar o primeiro ciclo de vacinas e antiparasitários (entre seu 5º e 6º mês de vida), será o momento ideal para iniciar seu processo de socialização.

Quanto custa um Schnauzer

O preço dos filhotes de Schnauzer dependerá de sua variedade (ou tamanho), sua linhagem, seu sexo e seu canil de origem. No geral, os cachorrinhos que possuem pais ou avós premiados internacionalmente terão os valores mais elevados, porque sua genética é considerada valiosa no mercado cinófilo.

Para te oferecer uma estimativa básica, um filhote de Schnauzer pode custar entre R$1200 e R$4000 no Brasil.

Se você ainda optar por adquirir um Schnauzer em um canil, lembre-se de escolher estabelecimentos confiáveis, que estejam devidamente registrados e cumpram com as normas de segurança e higiene. Não indicamos comprar filhotes diretamente com particulares, em pet shops ou na internet.

Dúvidas frequentes sobre a raça

  1. O Schnauzer late muito?

    Sim, geralmente, os Schnauzers gostam bastante de latir e podem ser barulhentos. Porém, quando bem educados, estes cães são capazes de aprender a manter um comportamento mais sereno.

  2. Os Schnauzers soltam muito pelo?

    Não! Os Schnauzers soltam pouco pelo e são considerados cães hipoalérgicos, sendo indicados para adultos e crianças com alergias respiratórios ou cutâneas. Porém, uma boa manutenção de sua pelagem deve contar com 2 ou 3 escovações semanais, para remover as impurezas e os pelos mortos.

  3. O Schnauzer é um bom cão para crianças?

    Geralmente, os Schnauzers são excelentes companheiros para as crianças, já que seu temperamento é equilibrado, leal e brincalhão. Porém, devemos contemplar as necessidades de cada variedade de Schnauzer antes de escolher um novo melhor amigo para nossos pequenos. Os exemplares miniaturas, por exemplo, requerem um trato mais delicado e podem se machucar mais facilmente. Por outro lado, os Schanuzers standard e gigantes costumam ser mais reativos e podem ser melhores companheiros para as crianças maiores de 8 anos.

    Como sempre lembramos, deixar um cão brincar com uma criança requer alguns preparatórios. As crianças devem compreender que os cães não são brinquedos e podem se machucar, por isso, as brincadeiras devem ter certos limites para respeitar o bem estar de todos. E qualquer cão, independente da raça, idade ou sexo, deve ser socializado e aprender as ordens de obediência básica antes de brincar com crianças ou com outros pets.

  4. Os Schnauzers são sociáveis com outros pets?

    A resposta dependerá fundamentalmente da variedade de Schnauzer e da educação proporcionada pelos tutores. Os Schnauzers miniaturas são muito gentis e amorosos, porém, podem se mostrar medrosos ou tímidos na frente de estranhos. Os Schanauzers standard são independentes e seguros de si, porém, podem conviver pacificamente com outros pets. Já os exemplares gigantes são donos de um forte instinto territorial e precisam ser bem educados desde filhotes para prevenir as condutas agressivas em relação a outros cães.

    Todos os Schnauzers devem começar seu processo de socialização durante sua infância (logo após completar o primeiro ciclo de vacinas e remédios contra vermes) para aprender a se relacionar positivamente com as pessoas e com outros animais. E evitar os problemas de comportamento durante sua vida adulta.

  5. Os Schnauzers se adaptam bem aos apartamentos?

    Os Schnauzer miniaturas são cães pensados especialmente para fazer companhia e adaptam-se otimamente à vida em um apartamento. Os exemplares standard também podem levar uma vida saudável em ambientes reduzidos, porém, seus tutores deverão prestar muita atenção à sua necessidade de exercícios físicos e estimulação cognitiva.

    Porém, os Schnauzers gigantes não são indicados para apartamentos, tanto por seu tamanho como por seu temperamento mais independente. Estes cães desenvolvem-se melhor em casas com espaços ao ar livre, como um pátio ou um jardim com disponibilidade de sombra.

História e origens do Schnauzer

A criação desta raça á atribuída à Alemanha, onde começaram a ser retratados em meados do século XVIII e, já nos anos 1800, conquistaram muitos prêmios nas passarelas das exposições caninas. De fato, seu próprio nome deriva do termo alemão “schnauze“, que significa “focinho” em nosso idioma. São os únicos exemplares da família Terrier que não nasceram nas ilhas britânicas.

Os primeiros exemplares de Schnauzers standard (que é considerada a variedade mãe) não eram simplesmente cães de companhia. Inicialmente, estes cães eram utilizados para caçar ratos e outros roedores, cuidar os estábulos e acompanhar as carruagens, protegendo os cavalos e dando uma melhor estética. Porém, rapidamente começaram a ser valorizados como cães babá, acompanhando a diversas famílias alemãs e protegendo suas crianças. Hoje em dia, os Schnauzers standard estão entre os cães de companhia preferidos, mas também continuam fazendo sucesso nas exposições caninas.

As qualidades do Schnauzer também chamaram a atenção dos criadores de gado da Alemanha. Por isso, durante o século XIX, começaram a fazer cruzamentos seletivos para conseguir uma nova raça, que conservasse o talento do Schnauzer, mas que tivesse um maior porte para cuidar e guiar o gado.

Não se sabe exatamente quantas raças participaram da criação do Schnauzer gigante, mas estima-se que o Dogue Alemão (Gran Danês) e o Bouvier des Flanders contribuíram para seu atual porte. Curiosamente, esta raça demonstrou melhor desempenho como cães de guarda e não como pastores. Atualmente, é a variedade menos popular dos Schnauzers, tanto por seu grande tamanho como por seu temperamento complexo.

Os Schnauzers miniaturas também foram criados durante os anos 1800, mas na cidade de Frankfurt, Alemanha. Tampouco se conhece com exatidão as raças que foram cruzadas com o Schnauzer standard para dar origem aos miniaturas. Porém, supõe-se que o Affenpinscher e o Poodle anão participaram de sua criação.

Os Schnauzer miniaturas só foram apresentados como uma nova variedade no ano 1899, sendo posteriormente reconhecidos oficialmente pelo ACK (American Kennel Club), em 1933. Sua introdução no continente americano, que ocorreu após a II Guerra Mundial, foi um verdadeiro sucesso e estes pequeninos ganharam enorme popularidade. Hoje em dia, os Schnauzers miniaturas estão entre os pets mais populares do mundo.