Gestação de cachorro: quanto tempo dura? Entenda tudo sobre o assunto

A gestação dos cachorros também é um período muito importante. Saiba quanto tempo dura e os cuidados necessários para tudo ocorrer bem
São Bernardo com 5 filhotes

A chegada de novos cães em casa traz muita alegria para todos, afinal, quem é capaz de resistir a tamanha fofura dos filhotes? No entanto, antes de colocar uma cadela para cruzar, é muito importante que você leve em consideração qual será o destino dos animais que irão nascer, pois existem muitos animais abandonados pelas ruas e abrigos. Outro ponto importante a ser pensado é se você terá condições financeiras de cuidar da cadela durante a gestação e também dos filhotes quando nascerem. 

E por fim, para aproveitar esse momento tão especial da cadelinha, é importante entender um pouco mais sobre como funciona a gestação dos cães. Para cuidar melhor do animal durante essa fase, o tutor precisa saber quanto tempo dura a gestação, qual é o período certo do nascimento dos filhotes e quais são os cuidados que devem ser tidos com os bichinhos e com a “mamãe” após o nascimento.

 E se você quer saber mais sobre o assunto, basta acompanhar este texto até o final. Nós vamos te explicar tudo o que você precisa saber. Vamos lá!

Quanto tempo dura a gestação de uma cadela?

Como todos sabem, a gestação de uma cachorrinha dura bem menos do que a de um ser humano, por exemplo. Geralmente, a gestação dura em média 58 a 68 dias, ou seja, cerca de três a quatro meses para que os filhotes nasçam. Além disso, o desenvolvimento da gravidez da cadela é bem rápido, já no 30º dia os órgãos dos filhotes, como o coração, já estão todos formados. Já a partir do 45º dia são os esqueletos que começam a ser formados. 

No entanto, nem sempre o tutor pode se basear nesse tempo. Algumas cadelas podem ter uma gestação mais longa e consequentemente um parto mais tardio. Por isso, é muito importante que a gestação da cachorrinha seja acompanhada por um médico veterinário, pois dessa maneira ele poderá avaliar a gestação de perto e também o desenvolvimento dos filhotes dentro da barriga da mãe. Esse acompanhamento é necessário inclusive para evitar problemas durante o período, que é bastante delicado para todas as cadelas. 

Todo cuidado é necessário! A partir do 21° dia de gestação, a cadela já está pronta para realizar um ultrassom abdominal para confirmar se ela realmente está prenha. E por meio da ultrassom, o tutor pode conseguir ver quantos filhotes estão para nascer, podendo se programar e pensar qual lar colocará cada animalzinho. Por isso, leve sua cadelinha ao veterinário assim que começar a desconfiar que ela está prenha. 

Como saber se minha cadela está prenha? 

Muitas vezes alguns tutores esquecem de castrar os cães e se deparam com o questionamento se a cadela está prenha ou não. Mas o problema, neste caso, é acabar com uma gestação indesejada. Por isso, é importante que você consiga identificar alguns sinais de que a cadelinha está esperando filhotes para que assim consiga pensar em um destino seguro para eles o mais rápido possível. Mas lembre-se que apenas o veterinário poderá dar a total certeza de que a cachorrinha está esperando filhotes.

Para não acabar descobrindo quando os filhotes já estão para nascer, é importante estar atento a alguns sinais. O primeiro deles é o histórico de cio e também de cruza. Quantos dias atrás a cadela entrou no cio? Ela deu alguma escapada? Outros machos não castrados convivem com ela no local? Esse é o ponto de partida. Em seguida, verifique se a barriguinha dela está um pouco saliente. No entanto, a barriga das cadelas só começa a crescer após 4 semanas de gestação. 

Outros sinais importantes: inchaço nas mamas, mudança de comportamento (a cadela pode ficar mais quieta ou agressiva), redução de apetite e ela pode ainda começar a procurar por um local para ter os filhotes, como um guarda-roupas ou algum outro canto protegido e que para ela é tido como seguro. Fique de olho.

Quais os cuidados durante a gestação? 

Por mais que você não saiba, as cadelas também precisam fazer um pré-natal e um acompanhamento junto ao médico veterinário para que nenhum problema ocorra durante a gestação. É preciso ainda, ter alguns cuidados também em casa para que tudo ocorra bem. Veja algumas medidas importantíssimas abaixo:

  • Durante a gestação, a cadelinha vai precisar de nutrientes e vitaminas específicos. Portanto, ofereça somente alimentos de qualidade, como uma alimentação natural ou ração super premium, seguindo sempre as recomendações do veterinário de quantidade e frequência em cada fase;
  • As cadelas prenhas precisam estar protegidas e saudáveis, por isso mantenha a carteirinha de vacinação e de vermifugação atualizada;
  • Para que ela fique saudável e bem durante todo o período, garanta um ambiente confortável e livre de estresse para ela;
  • Os níveis de exercício da cachorrinha também devem mudar durante a gestação. Por isso, faça caminhadas leves e evite exercícios pesados;
  • Hidratação também é de extrema importância para uma cadela prenha, logo, sempre deixe água fresca e limpa disponível;
  • Esteja atento às contrações, se ela demonstrar que está com dor ou algo não está certo, leve-a com urgência ao veterinário.

Qual o melhor momento para a cadela ficar prenha?

O ideal é que o cruzamento da cadela ocorra apenas a partir do 3º cio das fêmeas. Cada cio ocorre a cada seis meses, logo, a idade ideal para a cadela ter a primeira gestação é com um ano e meio de idade.

Tentar fazer com que a cachorrinha fique prenha antes disso pode ser extremamente arriscado, pois ela ainda não desenvolveu direito o corpo e até mesmo os hormônios que são necessários para que tenha uma gestação segura e saudável.

Além disso, lembre-se que ter uma cadela prenha em casa trará vários gastos com médico veterinário, alimentação e também com a chegada dos filhotes. Diante disso, você precisará de tempo para se dedicar um pouco mais à mamãe e aos filhotes. Boa sorte! 

Comentários