Cadela no cio: saiba tudo sobre esse período

Cadela no cio: saiba tudo sobre esse período

Para te ajudar a entender melhor o cio nas cadelas, preparamos este post para esclarecer as dúvidas mais frequentes sobre esse assunto. Confira!
2 Lulu da Pomerânia deitados no chão da cozinha

O cio é um ciclo sexual que prepara o corpo da fêmea para a gestação e a amamentação. Uma cadela no cio experimenta diferentes fases que não se resumem aos dias de sangrado evidente. Embora utilizemos a menstruação como um exemplo para ser mais fácil entender de que se trata o cio nas cadelas, o fato é que estes ciclos não são idênticos nem devem ser equiparados.

Para te ajudar a entender melhor o cio nas cadelas, preparamos este post para esclarecer as dúvidas mais frequentes sobre este assunto, como quanto dura a o ciclo sexual nas cadelas e se faz mal banhá-las durante este período. Não perca!

Quando a cadela tem o primeiro cio?

A idade na qual as cadelas experimentam seu primeiro cio dependerá do porte de cada fêmea, mas também podem variar de acordo com o organismo de cada animal. Nas raças pequenas, o primeiro ciclo sexual sucede entre os 6 e os 12 meses da cadela.

Já nas raças médias e grandes, o primeiro cio acontece dos 7 aos 13 meses e as raças gigantes podem viver seu primeiro cio entre os 16 e os 24 meses.

Geralmente, as cadelas apresentam dois cios por ano, um a cada seis meses, porém, algumas fêmeas só experimentam um cio a cada ano. Os ciclos sexuais podem variar dependendo do estado de saúde, da idade, da raça, do tamanho e também das características próprias do organismo de cada fêmea. Por isso, se você percebe qualquer alteração na periodicidade dos cios da sua cadela, não deixe de consultar seu veterinário de confiança.

Quanto tempo dura o ciclo menstrual de uma cadela?

Geralmente, este ciclo dura 21 dias, mas pode variar bastante de acordo com cada fêmea e se houve ou não fecundação durante a fase fértil.

A seguir, resumimos as fases do cio nas cadelas e a possível duração de cada uma delas:

  • Proestro (fase inicial): esta fase inicial pode durar de 3 a 17 dias, dependendo do tamanho, da raça, da idade e do organismo de cada cadela. No proestro, as cadelas ainda não são férteis, porém, já demonstram algumas alterações no seu comportamento habitual, como tentar fugir para a rua ou mostrar-se mais ansiosa que de costume. Algumas fêmeas também podem tentar montar outros cães ou até outros objetos, como bichos de pelúcia ou almofadas.
  • Estro (fase fértil): esta etapa também pode durar de 3 a 17 dias de acordo com as características de cada cadela. Nestes dias, aparece o sangrado evidente, a fêmea está receptiva aos machos e as alterações de comportamento são mais notáveis. Durante o estro, as cadelas se mostram mais serenas, carinhosas, com muita vontade de sair e costumam urinar com muita frequência.
  • Diestro: a duração exata do diestro depende se a fêmea foi ou não fecundada durante a fase fértil. Geralmente, a duração mínima é de 60 dias e a máxima, de 100 dias. Se houve fecundação, este período equivalerá à gestação e ao parto. Algumas cadelas podem desenvolver uma gravidez psicológica e também requerem atenção veterinária. Nesta fase, a fêmea rejeita os machos e seu paladar aumenta notavelmente, porém, seu comportamento se estabiliza.
  • Anestro: quando uma cadela experimenta uma gravidez, o diestro termina com o parto e dá início ao anestro, um período de inatividade sexual que permite ao corpo da cadela se recuperar antes de iniciar um novo cio. Este período costuma durar até 130 dias e não acontece nas fêmeas não fecundadas durante o diestro.

Quando ela pode cruzar?

Quando nossa cadela experimenta seu primeiro cio, significa que chegou à sua maturidade sexual. Porém, isso não significa que já estão prontas para cruzar. Neste momento, nossa cadelinha pode ser considerada uma adolescente que está em plena fase de desenvolvimento físico, emocional, cognitivo e social.

Uma gravidez neste período interromperia seu crescimento e poderia trazer muitas complicações durante o parto, já que o corpo não completou seu desenvolvimento.

Embora não exista uma idade ideal para uma fêmea ter sua primeira gestação, o ideal é esperar que a fêmea seja adulta antes de cruzá-la. Lembramos que as cadelas só podem ser consideradas adultas a partir de seus 12 meses de vida, sendo que algumas raças experimentam uma infância mais longa que pode durar até os 18 meses.

Por isso, o ideal é contar com a orientação de um veterinário antes de decidir fazer sua cadela cruzar pela primeira vez.

Por outro lado, se você não pretende que sua cadela tenha filhotinhos, o melhor é optar pela castração entre seus 6 e 12 meses de idade. Desta maneira, é possível prevenir muitas doenças graves, como o câncer de útero e de mamas. Além disso, a castração ajuda sua cadelinha a manter um comportamento mais equilibrado e facilita seu adestramento e seu processo de socialização.

Minha cadela está no cio e não quer comer

Durante o cio, as fêmeas experimentam uma série de transformações hormonais e fisiológicas que se refletem no seu comportamento. Algumas fêmeas podem se mostrar mais tristes e indispostas, perdendo seu apetite habitual. Já outras se tornam notavelmente mais reservadas, protetoras e até agressivas, em alguns casos.

Se sua cadela está no cio e não quer comer, é importante estar atento para prevenir um quadro de debilidade e perda de peso excessiva. Não é recomendável forçar a ingestão de alimentos, mas podemos estimular o apetite de nossas cadelas de forma simples.

A primeira opção é oferecer uma dieta caseira e equilibrada à sua cadela durante os dias mais “críticos” do seu cio. Com uma comida fresca e nutritiva, você despertará o interesse da sua cadela por comer ao sentir aromas e texturas mais interessantes que a ração seca.

A segunda opção, mais econômica e prática, é adicionar um pouco de água quente à ração diária e, assim, conseguir uma comida mais cremosa. Para ajudar, podemos utilizar um garfo para “amassar” os grãos de ração umedecidos para formar uma espécie de papa consistente.

Quando a comida já estiver morninha (uns 2º ou 3ºC acima da temperatura ambiente), basta oferecê-la à sua cadela. Você verá que este processo realça o aroma e o sabor da ração seca, estimulando os sentidos e o apetite do animal.

Uma cadela no cio pode tomar banho?

Ao contrário do que muita gente pensa, dar banho numa cadela no cio não implica qualquer problema para sua saúde nem interrompe o ciclo sexual. Uma cadela no cio pode tomar banho ao igual que qualquer outro cachorro. Porém, é importante tomar algumas precauções, como secá-la bem após o banho e não deixá-la exposta ao frio, aos ventos ou qualquer adversidade climática.

Por outro lado, é importante ressaltar que o hábito de banhar constantemente um cachorro é prejudicial à saúde de qualquer cão, seja macho ou fêmea. Os banhos excessivos eliminam a camada natural que reveste e protege o corpo dos cães, deixando-os expostos a diversas doenças. O ideal é que os cachorros só tomem banho quando realmente necessitem, respeitando a frequência máxima de 1 banho por mês ou a cada 6 semanas.