Setter irlandês: tudo que você precisa saber sobre essa raça elegante

Conheça as principais características, personalidade, nível de atividade, cuidados e o preço do setter irlandês
setter irlandês na grama

O setter irlandês, como o nome indica, teve origem na Irlanda. Acredita-se que ele seja descendente de setter inglês, mas outras raças também entram na discussão, como o pointer, os spaniels e terriers. Ao lado das raças de setter – inglês e gordon –, ele é o mais jovem.

Foi criado para ser um cão de caça ágil e veloz, além de ter um olfato apurado. Os primeiros exemplares de setter irlandês eram vermelhos e brancos e apenas em 1862 o primeiro exemplar totalmente vermelho surgiu. Conhecido como o Campeão Palmerston, o peludo deu origem à variação que conhecemos hoje.

Entretanto, apenas em 1800 o cão chegou à América do Norte, se popularizando como bom caçador de aves. Em 1884, a raça se tornou uma das primeiras reconhecida pelo American Kennel Club.

Curiosamente, o setter irlandês ganhou popularidade quando apareceu no livro “A astúcia de um rebelde” de Jim Kjelgaard, em 1945. A Disney produziu uma adaptação cinematográfica 17 anos depois, garantindo ainda mais fama à raça.

Características do setter irlandês

O setter irlandês é classificado como um cão de porte grande, atingindo até os 68 centímetros de altura e pesando até 31 quilos. Ele tem uma postura elegante, as patas compridas, pescoço e focinho longo, cauda de tamanho médio e orelhas triangulares naturalmente caídas.

A pelagem do setter irlandês é longa, lisa e sedosa, e só aceita uma cor: o vermelho. Os pelos são vastos em todo o corpo e podem causar o aspecto de franjas nas orelhas, cauda ou barriga.

Personalidade do setter irlandês

setter irlandês close up

O setter irlandês é inteligente, brincalhão e cheio de vida. Adora gastar energia e se divertir ao lado do tutor, além de ser muito companheiro e gostar de agradar. Apesar de ser independente e não ter problema para se divertir sozinho, o setter gosta de companhia e atenção.

É extrovertido e raramente mostra timidez. É tão amigável que, apesar de ser muito alerta com latidos, o setter não serve como cão de guarda. A raça pode conviver bem com outros pets, mas o instinto de caçador faz com que a atenção do tutor aos animais menores seja indispensável.

Na hora de conviver com crianças, se sai melhor com as mais velhas e maduras, pois a agitação pode causar machucados acidentalmente.

Nível de atividade do setter

O setter irlandês tem energia de sobra pra gastar e por isso precisa de passeios diários e brincadeiras no quintal. Sem a quantidade certa de exercício, ele fica entediado e frustrado. Sendo assim, não se adapta a apartamentos e ambientes muito pequenos.

Por ser um pouco agitado, seu adestramento evitará bagunças e desobediência. Mas fique tranquilo, pois o setter é um cachorro fácil de ser treinado e o único fator que pode atrapalhar o aprendizado é a pressa para brincar. Esse peludo quer aprender e agradar, mas, principalmente, se divertir. Ele aprende rápido, mas precisa de equilíbrio entre disciplina e gentileza, pois pode ficar magoado com broncas e perder o interesse. O tutor precisa ter paciência.

Saiba que o instinto de cão de caça do setter irlandês faz com que ele goste de cavar, correr e procurar objetos e pessoas – seu faro faz com que seja ótimo em pique-esconde. Quando não recebe muita atenção do tutor, tem tendência a latir e mastigar o que não deve.

Como é a saúde do setter irlandês?

dois setter irlandês

A expectativa de vida do setter irlandês é de 12 a 15 anos. A raça demanda cuidados moderados com a higiene, sendo recomendado que a pelagem seja escovada todos os dias, mas os banhos não precisam ser frequentes, apenas quando necessário para manter a higiene. O tutor também precisa dedicar atenção à limpeza das orelhas, para evitar infecções, assim como a manutenção de olhos e dentes limpos, e unhas bem aparadas, para evitar arranhões.

Apesar de ser um cão saudável, o setter irlandês apresenta predisposição para as seguintes doenças:

  • atrofia progressiva na retina
  • otite
  • displasia coxofemoral
  • torção gástrica
  • epilepsia
  • hemofilia
  • osteocondrite dissecante

Setter irlandês: preço

O preço do setter irlandês pode variar de R$2.000,00 a R$5.000,00, tudo depende da linhagem e canil de origem do filhote. Ao escolher a raça, procure um local legalizado e seguro para garantir uma raça legítima e saudável.

Comentários