Tudo sobre a raça Norfolk Terrier

Quem tem um cãozinho da raça Norfolk Terrier sabe bem o que é ter um melhor amigo.
  • Norfolk marrom sentado
  • Norfolk Terrier branco na grama
  • Preço Norfolk Terrier
  • Tudo sobre Norfolk Terrier
  • Norfolk Terrier brincando água
  • Norfolk Terrier dormindo
  • Norfolk Terrier em pé céu azul
  • Norfolk Terrier marrom
  • Perfil Norfolk Terrier
  • Raça Norfolk Terrier

O Norfolk Terrier é uma das menores raças pertencentes à família Terrier. Apesar de seu pequeno tamanho, estes cãezinhos esbanjam energia, coragem e inteligência, conquistando muitos admiradores ao redor do mundo.

São autênticos caçadores que, quando bem educados, se transformam em excelentes cães de companhia, sempre bem dispostos a brincar e passear com seus tutores.

Se você está pensando em adotar um pequeno e incondicional companheiro de aventuras, o Norfolk Terrier pode ser o cão perfeito para encher sua casa de alegria e afeto.

Por isso, te convidamos a conhecer as principais características físicas e temperamentais desta raça, além dos cuidados essenciais para oferecer uma vida saudável e feliz ao seu cãozinho.

Índice – você encontrará as seguintes informações nesse artigo:

  1. Ficha técnica do Norfolk Terrier
  2. Características da raça
  3. Características físicas
  4. Personalidade do Norfolk Terrier
  5. Como cuidar de um Norfolk Terrier
  6. Possíveis problemas de saúde
  7. Filhote de Norfolk Terrier
  8. Preço do Norfolk Terrier
  9. Dúvidas sobre a raça
  10. História do Norfolk Terrier

Ficha técnica da raça Norfolk Terrier:

Adaptação
Bom para apartamento
Gosta de ficar sozinho
Gosta de outros cachorros
Gosta de gatos
Gosta de estar com a família
Higiene e saúde
Cuidados com a higiene
Riscos com a saúde
Solta pelos
Tamanho
Treinamento
Fácil de adestrar
Necessidade de exercícios físicos
Late muito
Gosta de brincadeiras
Características da raça:

Grupo: Grupo dos Terriers
Altura: 23 a 25 cm para machos e fêmeas
Peso: 5 a 5,4 kg para machos e fêmeas
Personalidade: Autoconfiante, Amável, Destemido, Espirituoso, Companheiro, Feliz
Expectativa de vida: 12 a 15 anos

Características físicas do Norfolk Terrier

O Norfolk Terrier é um cão de pequeno porte, com corpo forte, compacto e alongado (mais comprido que alto).

Suas patas são curtas e musculosas, terminando em pés arredondados com uma pele muito resistente.

Toda a extensão de seu corpo está coberta por uma pelagem de tipo arame, que se caracteriza por pelos retos, curtos, duros e ásperos, que estão sempre bem aderidos à pele do cão.

Um detalhe muito característico desta raça é a pelagem ressaltada que se forma na região das sobrancelhas e do focinho, dando um aspecto “bigodudo” ao Norfolk Terrier.

Características do Norfolk Terrier
Norfolk Terrier e seus “bigodes”

Quanto às cores da pelagem, o padrão da raça reconhece os exemplares cinza, preto, cor de trigo, cor de fogo e em diferentes tonalidades de castanhos avermelhados.

A cabeça do Norfolk Terrier é larga e levemente arredondada, enquanto seu focinho tem formato de cunha, sendo levemente afilado, mas sem terminar em ponta.

Seus olhos são ovais e escuros (desde marrom-café até preto), e suas expressões faciais revelam um cão sempre alerta e perspicaz.

Já suas orelhas são pequenas, tem forma de “V” com pontas arredondadas, e estão sempre caídas à mesma altura da bochecha do cão.

Antigamente, o padrão da raça indicava como optativa a amputação do rabo para esta raça. Felizmente, a maioria das organizações e sociedades caninas já definem como ilegal ou desnecessária a prática de mutilações estéticas, recomendando manter a cauda natural para os Norfolk Terrier.

A seguir, resumimos as principais características físicas do Norfolk Terrier:

  • Tamanho (altura em cruz): machos e fêmeas tem tamanhos similares, de 25 cm a 26 cm de altura.
  • Peso corporal: de 4 kg a 6 kg.
  • Contextura física: corpo pequeno, compacto e levemente alongado, dorso curto e forte, com patas curtas e musculosas.
  • Pelagem: tipo arame, com pelos curtos, duros e retos, que estão bem aderidos à pele do cão.
  • Cores de pelagem: o padrão da raça aceita os cães de cor cinza, preto, fogo, trigo, e diferentes tonalidades de castanhos avermelhados.
  • Cabeça: arredondada, com focinho em forma de cunha, bem pronunciado em relação à linha do crânio. Apesar de ser afilado, o focinho é largo e forte, não terminando em ponta. Suas expressões faciais são de um cão alerta, inteligente e ativo.
  • Olhos: ovais, brilhantes e escuros (café ou preto).
  • Nariz: pequeno e escuro.
  • Rabo: grosso na base e vai se afilando em direção à ponta. É de inserção alta e está sempre coberto pelo mesmo tipo de pelagem que reveste o corpo do cão. Geralmente, está dobrado sobre o dorso do cão.

Personalidade e temperamento do Norfolk Terrier

O Norfolk possui um temperamento simpático, brincalhão e alerta, mas dificilmente demonstra o excesso de valentia típico dos pequenos Terrier.

Pelo contrário, costuma ser um cão sociável e pacífico, que dificilmente se faz passar por valentão frente a cães de maior tamanho (um comportamento muito comum no Yorkshire ou no Jack Russel Terrier, por exemplo).

Personalidade do Norfolk Terrier
O Norfolk possui um temperamento simpático, brincalhão e alerta.

Porém, assim como seus parentes Terriers, o Norfolk Terrier tem tendência a ser barulhento e latir com bastante frequência.

Por isso, devem ser bem educados desde filhotes para evitar comportamentos histéricos e não se tornar um ladrador compulsivo.

Apesar de sua personalidade mais serena, o Norfolk Terrier tem a mesma valentia de todos os cães da família Terrier.

São extremamente carinhosos e apegados aos seus tutores e não pensarão duas vezes antes de defender seu território e sua família.

Estarão sempre alertas para os estímulos de seu entorno e reagirão rapidamente ao reconhecer alguma presença estranha em seu território.

Por isso, apesar de sua alta sociabilidade, estes cãezinhos também devem ser começar a ser socializados durante seus primeiros meses de vida.

Como cuidar de um Norfolk Terrier

O Norfolk é um cão limpo que requer cuidados simples para manter uma boa higiene.

Sua pelagem deve ser escovada, pelo menos, 3 vezes por semana, para evitar a formação de nós e eliminar as impurezas e os pelos mortos.

Os banhos podem ser dados 1 vez por mês ou a cada 6 semanas, sempre com uma escovação prévia. Lembre-se que os banhos excessivos são prejudiciais à saúde do seu cão, pois eliminam a camada oleosa que reveste e protege todo seu corpo.

Para complementar a higiene de seu Norfolk, é importante limpar diariamente as remelas de seus olhos, e escovar seus dentes de 2 a 3 vezes por semana. O corte de unhas é recomendável de 2 em 2 meses.

Como é um cão muito ativo e brincalhão, o Norfolk precisa se exercitar diariamente para gastar energia e não se mostrar nervoso ou estressado.

Por isso, recomendamos fazer 3 passeios diários, com 30 a 45 minutos cada um, para permitir que seu cãozinho se divirta, conserve um comportamento equilibrado e não desenvolva condutas destrutivas pela ansiedade por separação.

Além disso, é fundamental oferecer brinquedos e jogos interativos para que seu Norfolk exercite seu corpo e sua mente mesmo quando você não estiver em casa.

Um cuidado muito importante para um Norfolk diz respeito à sua educação e socialização. Apesar de seu caráter simpático e sociável, estes cãezinhos podem ser teimosos na hora de aprender as normas da casa e adotar uma postura desconfiada em relação às pessoas e animais estranhos que entram em seu território.

Por isso, é muito importante começar a educar seu Norfolk desde sua chegada ao novo lar, além de começar seu processo de socialização antes de seus 6 meses.

Como todo cão, o Norfolk Terrier deve receber uma nutrição completa e equilibrada para se manter ativo, forte e saudável.

Escolha sempre uma ração de ótima qualidade como base da dieta de seu cãozinho e lembre-se de respeitar as porções diárias de acordo com seu tamanho, peso e idade.

Principais problemas de saúde do Norfolk Terrier

O Norfolk Terrier é uma raça muito saudável e resistente, que conta com uma expectativa de vida entre 12 e 15 anos.

Não apresenta predisposição genética a nenhuma doença degenerativa. Porém, como todo cão, precisa receber uma adequada medicina preventiva para manter sua boa saúde e desfrutar de uma longevidade privilegiada.

Para cuidar bem de seu melhor amigo, realize visitas ao veterinário de 6 em 6 meses, respeite o calendário de vacinação  e não se esqueça dos tratamentos antiparasitários internos (vermífugos) e externos (pipetas, comprimidos mastigáveis, etc.).

Filhotes de Norfolk Terrier

Apesar de sua grande energia, os filhotes de Norfolk Terrier também precisaram descansar e dormir algumas horas por dia para se desenvolverem corretamente.

Os pequenos Terriers terão um crescimento acelerado até seus 6 ou 7 meses, porém só se tornarão adultos a partir do seu 1º ano.

Filhote de Norfolk Terrier
Filhote de Norfolk Terrier.

Se você decidir adotar um filhotinho desta raça, será crucial apresentar as normas da casa desde sua chegada e evitar premiar condutas inapropriadas.

E, quando o cãozinho completar seu primeiro ciclo de vacinas e remédios contra vermes (entre 5 e 6 meses de vida), será o momento ideal de começar seu processo de socialização.

Quanto custa um Norfolk Terrier?

O investimento em um filhote de Norfolk Terrier varia de acordo com sua linhagem, seu sexo e seu canil de origem. Se um filhote tem progenitores premiados internacionalmente, seu valor será mais elevado por sua genética apreciada.

Hoje em dia, no Brasil, um filhote de Norfolk pode custar entre R$1.000,00 e R$2.500,00.

Se optar por adquirir um cãozinho em um canil, lembre-se de escolher estabelecimentos confiáveis, que estejam devidamente registrados e cumpram com as normas de segurança e higiene.

Não indicamos comprar filhotes diretamente com particulares, em pet shops ou na internet.

Dúvidas frequentes sobre a raça

  1. O Norfolk Terrier late muito?

    Sim! Como todo cão Terrier, o Norfolk tem um caráter muito atento e reconhece facilmente qualquer alteração ou estímulo incomum em seu entorno. Por isso, podem latir excessivamente para alertar seus tutores de possíveis ameaças. Além disso, são agitados e curiosos, por isso, podem fazer barulho brincando, correndo e pulando pela casa.

  2. O Norfolk Terrier solta muito pelo?

    Sim! Esta raça solta muito pelo durante todo o ano e a queda é mais intensa durante as épocas de muda (durante o outono e a primavera). Por isso, as escovações semanais serão indispensáveis para evitar a acumulação de pelos pela casa, além de evitar a formação de nós na pelagem de seu cãozinho.

  3. Os Norfolk Terriers se adaptam bem aos apartamentos?

    Sim! São cães de pequeno porte, com um temperamento bastante equilibrado e se adaptam facilmente aos apartamentos. Porém, os passeios diários serão essenciais para que seu cãozinho gaste energia, se divirta e mantenha um comportamento equilibrado.

  4. O Norfolk Terrier é um bom cão para crianças?

    Apesar de sua personalidade amável e inteligente, o Norfolk Terrier não é um cão indicado para crianças muito pequenas. São muito agitados e reagem rapidamente frente a qualquer estímulo estranho, podendo chegar a machucar sem querer uma criança. Porém, são excelentes companheiros para as crianças maiores de 6 anos e para os adolescentes.

    Como sempre ressaltamos, todo cão deve ser socializado e ter aprendido os comandos básicos de obediência antes de brincar com crianças ou com outros pets. Independente de sua raça ou de seu tamanho, os cachorros devem aprender a se relacionarem positivamente com outros indivíduos e com seu próprio território.

  5. Os Norfolk Terriers convivem bem com outros pets?

    Por sua alta sociabilidade, os Norfolks podem se levar muito bem com outros cães de diversos tamanhos, desde que sejam devidamente socializados. Porém, a relação com gatos deve ser especialmente cuidadosa, já que estes cães são caçadores natos.

Origem e história do Norfolk Terrier

Como a maioria dos cães da família Terrier, o Norfolk é originário da Inglaterra e foi criado para a caça de ratos, raposas, pequenos gatos e lebres, ainda durante o século XIX.

A história do Norfolk Terrier se entrelaça com a da raça Norwich Terrier. Além das inegáveis similaridades físicas, estes cãezinhos compartilham seus antepassados e nasceram na mesma época, com a mesma finalidade caçadora.

De fato, as semelhanças eram tão grandes que, por muitos anos, ambos os cães foram reunidos sob a mesma raça, que já era chamada de Norwich Terrier. Somente na década de 30 estas raças foram reconhecidas separadamente.

No século XIX, ainda prevalecia a crença de que as orelhas eretas proporcionavam uma melhor audição aos cães de caça, por isso, os Norwich Terrier com orelhas caídas sofriam uma amputação para ser “melhores caçadores”.

Quando o corte das orelhas foi proibido pela legislação inglesa, os criadores de Norwich Terrier resolveram separar os exemplares de orelhas caídas e criar uma nova raça, a qual deram o nome de Norfolk Terrier.

A partir daí, estes cãezinhos ganharam a aparência que conhecemos hoje em dia e começaram a ser criados como cães de companhia.