Greyhound: fatos e curiosidades sobre o cão mais rápido do mundo

O greyhound é o cachorro mais rápido do mundo, você sabia? Veja fatos curiosos sobre a raça, características, história, saúde e preço
greyhound tigrado

Com um corpo alto, esguio e bastante magro, o greyhound é o cachorro mais veloz do mundo, mesmo com as suas patinhas pequenas. De porte médio, ele pode atingir cerca de 72 km/h em uma simples corrida. Se você reparar no corpo dele, vai perceber que a anatomia é perfeita para grandes corridas, tendo uma grande aerodinâmica. Além disso, o greyhound tem uma grande capacidade cardíaca e pulmonar, permitindo que ele percorra longas distâncias.

E se você quer conhecer um pouco mais sobre essa raça incrível, este artigo foi feito exclusivamente para você. Ao longo do texto, vamos contar um pouco sobre a história, características, saúde, curiosidades e o preço de um filhote de greyhound no Brasil. Para ficar por dentro de tudo sobre esse cãozinho veloz, acompanhe o texto até o final!

Curiosidades sobre o greyhound

O único cão citado na biblía

Os cães da raça greyhound foram mencionados por diversos artistas e poetas gregos. Além disso, eles foram representados na arte por egípcios, elogiado por um poeta romano, e são a única raça mencionada na Bíblia, no livro de provérbios no capítulo 30. No entanto, algumas traduções da biblía retiraram o nome do greyhound, mas nas versões em inglês a raça continua sendo citada.  E estar na biblía, é uma prova de que a raça é bastante antiga e sempre cultivou a admiração das pessoas.

Uma das primeiras raças a ser reconhecida

O Greyhound foi uma das primeiras raças a participar de um programa americano de cachorro, e o American Kennel Club reconheceu a raça em 1885. O primeiro coursing race oficial foi em 1886, e a National Coursing Association foi fundada em 1906. As corridas de greyhound decolaram e é popular hoje em muitos estados, apesar de ser um esporte polêmico porque muitos cães são abandonados, sacrificados ou vendidos para laboratórios se não têm um bom rendimento na pista.

Querido da realeza

A Rainha Elizabeth I era uma grande admiradora tanto da raça quanto das corridas de greyhounds. Preocupada com a velocidade da raça que era uma vantagem sobre a presa, ela decretou que a presa deveria ter alguma vantagem na frente do cão. Além disso, o rei Henrique VIII assimilou a raça como símbolo pessoal e ainda hoje o greyhound está presente no brasão da família York.

E o príncipe Albert, marido da famosa rainha britânica Victoria, tinha como se cão favorito um greyhound preto e branco chamado Eos. O cachorro pode ser visto em diversas pinturas encomendadas pela rainha como presentes para seu consorte. O cão foi enterrado sob as encostas em Windsor e, pelo menos, duas estátuas foram feitas em sua homenagem.

Ele está nos simpsons

 Esse cãozinho também está presente em uma das animações mais famosas do mundo, “Os Simpsons”. O greyhound de Bart Simpson é chamado Santa’s Little Helper (Pequeno Ajudante do Papai Noel) e tem aparecido com freqüência em episódios da série desde 1989.

Pet dos famosos

J. K. Rowling, a autora dos livros de Harry Potter, adotou uma greyhound de 4 anos chamada Sapphire de um grupo de adoção na Escócia. O grupo teve uma grande surpresa quando uma doação significativa foi acrescentada à taxa de adoção. Mais uma prova de que a raça é extremamente popular na Europa até hoje.

Eles podem ser facilmente adotados

Existe uma grande campanha para adoção de greyhounds após sua aposentadoria das pistas. Muitos desses cães, quando não adotados, são abandonados, sacrificados ou doados para laboratórios. Se você tiver a chance de adotar um ao invés de comprar seria uma grande ajuda para esses companheiros carinhosos, amáveis e maravilhosos. Se em seu estado tem um inverno muito rigoroso, seu greyhound vai precisar de boas proteções para o frio. Se for clima muito quente, evite deixá-lo muito exposto ao sol nos horários mais quentes.

A história do greyhound

O Greyhound é uma raça antiga que se originou no Oriente Médio e Norte da África e ganhou a admiração de muitas culturas diferentes, tendo destaque principalmente no Reino Unido. Antes de cair na graça dos britânicos,  o Greyhound foi trazido para o Ocidente por fenícios, celtas ou croatas, em seguida selecionados por Henrique VIII da Inglaterra para a caça à lebre. E a raça se destacou justamente pela velocidade que desempenhava durante as caças, pois era muito difícil encontrar um animal que conseguisse fugir do greyhound.

Eles eram tão respeitados por suas proezas de caça, que as leis da época protegiam as reservas de caça reais, proibindo qualquer pessoa que vivia em torno na florestas do rei de possuir um Greyhound.

A popularidade continuou a crescer na Inglaterra, graças ao coursing (o esporte de perseguir presas) e corridas. Com o tempo, exploradores espanhóis e colonos britânicos trouxeram a raça para as Américas, onde se tornou também muito popular.

Atualmente, os Greyhounds participam de provas de racing e correm atrás de uma lebre artificial. Os ingleses adoram ter a raça para essa finalidade. No entanto, o esporte é muito criticado por uma boa parte da população, pois muitos tutores que adquirem o greyhound para essa finalidade, tendem a abandonar o animal caso ele não tenha um bom rendimento nas corridas. Infelizmente muitos cães dessa raça vivem em abrigos ingleses, pois foram abandonados nas ruas.

Personalidade do greyhound

Diferente de muitos cães, o greyhound precisa do treino de sociabilização desde filhote, mas não porque pode se tornar agressivo, mas sim porque pode desenvolver um comportamento medroso e assustado com pessoas desconhecidas. Logo, sele deve ser introduzido a várias pessoas e ambientes diferentes desde cedo para evitar que se torne um animal inseguro. E isso já é uma prova de que ele não serve para ser um cão de guarda.

O greyhound tem um temperamento muito sereno e calmo, sendo uma ótima companhia para crianças e idosos. Ele gosta de passar bastante tempo ao lado da família, logo, o seu greyhound estará disposto a te acompanhar em todos os momentos. Esse cãozinho tende ainda a ser silencioso, logo, ele só vai latir em situações de extrema necessidade. Mesmo sendo de porte médio, precisa ser criado em ambientes com espaço para poder correr e brincar.

A saúde do greyhound

Por mais que sejam excelentes corredores, os greyhounds são cães com baixo nível de energia e precisam de uma caminhada diária. Se eles não se exercitarem regularmente, podem tornar-se aborrecidos e consequentemente ter um comportamento destrutivo .

O greyhound tem um instinto nato para perseguir presas, e os proprietários precisam de um muro para evitar que seus cães cacem pequenos animais. Para evitar que ele saia correndo atrás de algo durante um passeio, sempre utilize coleiras fortes e resistentes.

Além disso, essa raça infelizmente apresenta tendência a obesidade, logo, é muito importante que em conjunto com atividades físicas, ele tenha uma alimentação balanceada e de qualidade.

Outro ponto importante é que eles são animais bem limpos, logo, os banhos podem ser mensais. No entanto, a escovação dos pelos precisa ser diária para evitar quedas e até mesmo dermatites. E no geral, podem viver até os 14 anos se bem cuidados pela família.

Quanto custa um greyhound?

Um filhote da raça greyhound no Brasil pode custar cerca de R$ 2.000 a R$ 5.000. Não é difícil encontrar essa raça em alguns abrigos de cidades grandes, no entanto, para comprá-lo é necessário procurar um canil especializado, já que a raça não é uma das mais populares para venda no Brasil.

Comentários