Filhote de pitbull: saiba os principais cuidados, treinamentos e curiosidades

Filhotes de pitbull requerem cuidados essenciais durante essa fase. Veja quais são e garanta um desenvolvimento saudável para seu cão
filhote pitbull

O cuidado com o filhote de pitbull começa antes do dia em que você o traz para casa. Para começar seu relacionamento com a “pata” certa, algumas pesquisas e preparações são necessárias para que você garanta que esse peludo vá crescer forte, saudável e muito feliz.

Os pitbulls, como muitas raças, possuem características únicas que requerem atenção especial. Além de sua personalidade corajosa, eles são considerados cães de grande porte. Isso significa que sua nutrição e rotina de exercícios são essenciais para mantê-los saudáveis e desenvolvidos. Por isso, acompanhe até o final para ficar por dentro do assunto!

Principais cuidados com o filhote de pitbull

Nutrição e exercícios para filhotes

É claro que queremos nossos filhotes felizes e saudáveis, e isso começa com visitas ao veterinário, dieta e exercícios. Por isso, por se tratar de um animal de porte grande e forte, o pitbull precisa ter uma alimentação completa e nutritiva logo após que deixa a fase do desmame. O mais recomendado é procurar uma ração premium de qualidade ou buscar fazer uma alimentação natural com orientação do médico veterinário.

Cuidados médicos desde cedo

Nunca se esqueça das vacinas e vermífugos para seu pitbull. Comece sua pesquisa veterinária antes de trazer seu filhote para casa. Visite alguns hospitais veterinários locais e encontre uma prática que esteja de acordo com seus valores. Assim como você faz com seu próprio médico, seu cachorro vai querer se sentir o mais seguro e confortável possível para iniciar os cuidados essenciais na fase de filhote.

Nutrição

Como cães de porte grande, os pit bulls precisam de uma dieta adequada. As taxas de crescimento e as idades de maturidade variam de acordo com o tamanho da raça e exigem diferentes níveis de nutrientes. Eles crescem rapidamente e precisam de ajuda extra com sua nutrição para garantir ossos e articulações fortes. Logo, alguns filhotes, além da alimentação, precisam de uma suplementação. Converse com um profissional a respeito.

Exercícios

Como uma criança, seu cachorro precisará gastar energia. Filhotes de pit bull são enérgicos e podem ter problemas se não forem exercitados regularmente. Quando reprimidos, encontrarão uma maneira de aliviar essa energia, seja mastigando seu sofá ou arranhando um tapete. É melhor relaxá-los naturalmente com uma curta caminhada enquanto são jovens e estender o tempo conforme ficam maiores. Os passeios também são uma oportunidade perfeita para expô-los a novas coisas e pessoas.

Treinamento

A maioria dos cães infelizes ou perigosos do mundo não tem treinamento. Quando um cão fica sem adestramento, ele pode ficar fora de controle, temeroso e perigoso. Certifique-se de que seu filhote pit bull vá se tornar uma animal dócil e companheiro, investindo em treinos de sociabilização e aprendizado.

Socialização

Uma das partes mais críticas dos cuidados com o filhote de cachorro pitbull é a socialização. Habituá-los a novos animais e humanos, junto com lugares, sons e cheiros, é a melhor maneira de garantir que seu pitbull seja dócil e também feliz. Quando os cães começam a mostrar sinais de agressão ou medo, geralmente é porque eles não foram expostos a uma grande variedade de pessoas, outros cães e situações quando filhotes.

Comandos básicos

Entenda que treinar seu filhote não é uma forma de punição. O treinamento deve ser uma experiência divertida de ligação entre vocês dois. Além disso, comandos simples podem salvar a vida do seu pitbull. Um comando de rechamada, como “venha!” irá garantir que o seu cachorro volte para você em vez de atravessar uma rua perigosa. Treine seu filhote para seguir estes comandos básicos:

  • Senta;
  • Fica;
  • Deita;
  • Chamá-lo para perto de você;

Todos esses comandos podem ser usados em situações cotidianas para manter seu animal sob controle. Um cão que vai sentar e ficar quando mandado, não precisa ficar isolado quando recebem visitas. Em vez disso, ele pode desfrutar da companhia tanto quanto você.

Em última análise, o treinamento permite que seu filhote desfrute de uma vida gratificante ao seu lado. No entanto, pode ser um grande compromisso. É necessário muito tempo e energia para fazer bem o trabalho. Se você tem uma agenda lotada ou um trabalho exaustivo que não lhe permite treinar corretamente, considere contratar um treinador de cães profissional.

Fatos e curiosidades sobre o pitbull filhote

Filhotes de pitbull desenvolvem o “mouthing”

Como muitas raças, os filhotes de pit bulls são tagarelas. Mouthing significa que eles adoram explorar o mundo com a boca, incluindo lamber, morder e mastigar. Embora seja inofensivo e às vezes bonito em um filhote, é importante cortar esse hábito pela raiz. Quando eles crescem mas continuam com esse hábito, podem ter problemas ou machucar alguém.

Desencoraje esse comportamento de boca, encerrando a brincadeira quando eles começarem a morder. Você também pode oferecer a eles um brinquedo como uma forma de dizer “morde isso, não eu” e pare de brincar com eles.

Podem ficar agressivos quando sentem fome

Um dos motivos mais comuns pelos quais um cão se torna agressivo é a comida. A agressão alimentar pode ser perigosa para todos os membros da família, principalmente crianças pequenas. Para evitar esse problema, vez ou outra interrompa a alimentação do seu filhote pegando a ração da tigela. Isso irá acostumá-lo com a ideia de compartilhar a comida e evitará a agressão alimentar ou mordidas acidentais porque alguém se aproximou muito na hora das refeições.

Agora que você já sabe mais a respeito de um pitbull filhote, você já pode trazer um para casa. Mas busque adquirir o cãozinho em um abrigo ou canil sério e confiável, isso é de extrema importância. Boa sorte!

Comentários