Cachorro pode comer repolho? Prepare corretamente para não oferecer riscos

O repolho precisa ser preparado corretamente para não oferecer riscos aos cães. Veja os benefícios e como inserir na alimentação do pet
cachorro pode comer repolho

Por mais que a base da alimentação dos cães sejam as proteínas, a dieta deles também pode ser complementada com legumes, frutas, verduras e alguns tipos de hortaliças.

No entanto, é muito importante estar atento ao que os cachorros realmente podem ingerir, pois alguns desses alimentos não são bem digeridos ou podem ser tóxicos para os cães.

O repolho é um alimento barato, versátil, e muito saboroso se bem preparado. Logo, acaba sendo considerado pelos tutores para variar um pouco a dieta dos pets ao oferecer uma alimentação mais natural.

E se você está pensando em variar e mudar a dieta do seu cãozinho acrescentando o repolho, é muito importante verificar se ele pode comer esse vegetal. Neste artigo nós vamos te contar o que deve ser levado em consideração na hora de oferecê-lo para o pet. Para ficar por dentro, acompanhe até o final. Vamos lá!

Afinal, cachorro pode comer repolho?

Sim, os cães podem comer repolho. No entanto, nunca ofereça cru e opte por dar uma leve cozida no vegetal. Também é muito importante que o repolho seja oferecido de maneira gradativa para os cães, ou seja, em pequenas porções e apenas uma vez na semana.

Além disso, é essencial conversar com um médico veterinário antes de colocar o repolho na alimentação do bichinho. Qualquer mudança precisa ser feita com cautela.

Restrições do repolho para os cães

Vale lembrar que o repolho em excesso pode favorecer a formação de gases no estômago do animal, gerando cólicas abdominais fortes. Por isso, o vegetal pode ser consumido apenas uma vez na semana e nunca ultrapasse mais de 100 gramas do alimento na dieta do cachorro.

É importante ressaltar ainda que o repolho possui uma substância chamada tiocianato, que em grandes quantidades pode acabar causando intoxicação canina. Mas não se preocupe, existe uma forma de eliminar essa toxina durante o preparo.

O tiocianato pode ser eliminado do repolho quando o vegetal é cozido em água quente, logo, jamais deve ser oferecido cru para os cães. Esteja muito atento a este ponto!

Antes de cozinhar o repolho, lave bem as folhas do vegetal com vinagre de álcool ou algum outro produto específico. Após isso, cozinhe o repolho em água fervente por cerca de 5 a 7 minutos. Espere esfriar e ofereça para o pet.

Quais são os benefícios do repolho para os cães?

O repolho é um alimento rico em sais minerais como cálcio, enxofre e ferro, logo, acaba sendo excelente para fortalecer a saúde dos ossos, dentes e também da pele e pelagem dos cães.

O vegetal também é rico em vitamina A, B e K, tendo uma boa quantidade de ácido fólico presente. Ele também possui excelentes propriedades anti-inflamatórias, sendo uma boa escolha para os cães que estão gripados ou já idosos. Confira um pouco mais dos benefícios:

  • Fortalece o sistema imunológico dos pets;
  • Previne doenças cardiovasculares;
  • Controla a pressão arterial;
  • Auxilia no processo de coagulação sanguínea;
  • Melhora a aparência e retarda o envelhecimento da pele;
  • Ajuda a controlar o peso dos cães que apresentam obesidade;
  • Previne problemas do estômago;
  • Fortalece os ossos;
  • Melhora o funcionamento do intestino.

Mas por mais incrível e benéfico que esse alimento seja, lembre-se: nada de oferecê-lo cru ou sem a orientação de um médico veterinário, ok? Boa sorte!

Comentários