Cachorro pode comer maçã?

Cachorro pode comer maçã? As maçãs são saudáveis para cachorros assim como são para nós? Leia sobre os benefícios, riscos e como dar maçã para seu cachorro.
Cachorro comendo maçã em uma árvore

Nem todos os donos de cachorro sabem que é possível incluir frutas na dieta dos seus cães. Na verdade, elas são uma excelente forma de tornar a alimentação canina mais completa e diversificada.

Maçãs, especialmente, são largamente consumidas pelos seres humanos, e é difícil encontrar quem não goste dessa fruta doce e levemente ácida. Porém, fica a dúvida: cachorro pode comer maçã? É sobre isso que trataremos a seguir.

Pode dar maçã para cachorro?

Sim, pode. Mas é preciso cautela! As maçãs na verdade estão entre as frutas mais usadas na alimentação canina. Elas fornecem muitos nutrientes benéficos para o organismo dos cães e eles costumam adorar o seu sabor adocicado.

Maçãs contêm uma grande quantidade de água, e por isso ajudam a hidratar o organismo. Especialmente nos dias mais quentes, experimente oferecer maçã ao seu cão para diminuir os efeitos do calor.

Maçãs também contêm uma quantidade considerável de vitamina C, essencial para o bom funcionamento do sistema imunológico e a absorção de ferro. O ferro é, aliás, outro nutriente bastante encontrado na maçã. Assim como nos humanos, ele ajuda a prevenir a anemia nos cães.

Outro benefício muito admirado da maçã é a grande quantidade de antioxidantes que ela fornece ao organismo. Essas substâncias retardam o envelhecimento e previnem contra uma série de doenças.

A maçã ainda contém outro nutriente bem especial, chamado pectina. Trata-se de uma fibra que ajuda a diminuir os níveis de colesterol ruim. A pectina, no entanto, se concentra na casca da fruta, e essa é uma das razões de se recomendar oferecer a maçã para os cães sem descascá-la.

Além desses nutrientes já mencionados, a maçã também contém potássio, fósforo, magnésio, cálcio, vitamina A, ácido fólico, entre outros. Ela também ajuda a regular o funcionamento do intestino e a fortalecer os dentes do seu pet.

Cachorro pode comer sementes de maçã?

Como você pôde ver, a maçã traz diversos benefícios para a saúde canina. Porém, é preciso tomar alguns cuidados na hora de introduzir a maçã na alimentação do seu pet.

Não ofereça as sementes, a parte central da maçã (aquela que envolve as sementes) ou o talo para o seu cão. As sementes, especialmente, são a parte da maçã com a qual você deve tomar mais cuidado. Elas contêm amigdalina, um composto a base de ácido cianídrico que é tóxico para o organismo canino. O talo e a parte central da maçã podem causar engasgamento, além de não serem facilmente digeridas pelo organismo.

Além disso, a maçã possui quantidades consideráveis de carboidratos, especialmente de açúcares. Logo, deve ser oferecida de forma moderada para os cães, pois o alto consumo de carboidratos pode levar à obesidade, e o de açúcares pode levar ao surgimento de diabetes.

Cachorro pode comer a casca da maçã?

É comum a dúvida se é possível oferecer a maçã com casca ao cachorro, e a resposta é sim. Na verdade, como já dissemos nesse artigo, é na casca que se encontra um dos principais nutrientes da maçã, a pectina, que auxilia no controle do colesterol.

Graças às fibras que a maçã contém, incluindo a pectina, ela é um alimento recomendado para o tratamento de problemas no intestino dos cães. Se o seu pet estiver com diarreia, por exemplo, experimente oferecer a maçã cozida para ele ou misturá-la com outros alimentos, para torná-la mais palatável e de mais fácil digestão.

Como usar maçã na alimentação canina?

Como dissemos acima, é recomendável oferecer a maçã de forma moderada. Procure cortá-la em pequenas fatias e jamais ofereça a maçã inteira. Novamente, lembre-se de retirar as sementes, a parte central da fruta e o talo. Duas ou três vezes por semana são uma boa frequência para o uso de maçã na alimentação do seu cão.

Agora você já sabe que a maçã é uma excelente opção para complementar a alimentação do seu cão. Alguns cães podem até estranhar a presença dessa adorável fruta na sua dieta, mas isso pode ser evitado se os tutores os ensinarem a comer frutas e legumes desde que eles sejam filhotes. E caso não aprovem mesmo a maçã, paciência. Cada um tem o seu gosto.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *