Ração Royal Canin Diabetic é boa? Veja avaliação completa em Setembro de 2021

Veja a avaliação completa sobre a ração Royal Canin Diabetic indicada para cães com diabetes. Atualizado em Setembro de 2021.

A alimentação é um fator essencial para a boa saúde dos cães, e pode servir como suplemento para o tratamento de doenças. É o caso das rações medicamentosas, como a Royal Canin Veterinary Diabetic, que é especial para cães com diabetes.

Mas para saber se essa ração é mesmo de qualidade, preparamos essa análise sobre seus principais componentes, destacando seus principais pontos e respondendo às perguntas mais frequentes. Para descobrir se a Royal Canin Diabetic é bem recomendada, é só acompanhar esse artigo até o fim.

Sobre a Royal Canin Diabetic

A Royal Canin Veterinary Diabetic é uma ração do tipo Super Premium, o que indica que possui o mais alto nível de qualidade. Além disso, ela é uma ração medicamentosa, ou seja, foi desenvolvida para servir como complemento para o tratamento de doenças e deve ser oferecida aos cães somente sob prescrição veterinária.

Pra que serve essa ração?

O objetivo desta ração é auxiliar na saúde de cães com diabetes mellitus, por isso, conta com formulação específica para ajudar a diminuir as variações da glicemia pós-prandial nos cães diabéticos. Além disso, possui alto teor de proteína, promovendo a manutenção da massa magra e fornecendo uma quantidade equilibrada de glicose.

Quais os ingredientes da Royal Canin Diabetic?

O primeiro ingrediente da Royal Canin Diabetic é a farinha de vísceras de aves, que é uma fonte de proteína de qualidade, importante para o desenvolvimento dos músculos e manutenção da condição corporal.

Em seguida, é possível listar a aveia descascada, farelo de glúten de milho, glúten de trigo e milho integral moído, que são as fontes de carboidratos da ração, responsáveis por proporcionar energia para o organismo canino.

Ingredientes

Farinha de vísceras de aves, aveia descascada, cascade ervilha, glúten de milho*, glúten de trigo, milho integral moído*, gordura de frango, polpa debeterraba, óleo de peixe refinado, casca de psyllium, fruto-oligossacarídeos, cloreto de potássio,cloreto de sódio (sal comum), sorbato de potássio, cloreto de colina, extrato de marigold,Vitaminas (A, C, E, D3, B1, B2, B6, B12, PP), ácido pantotênico, biotina, ácido fólico, sulfato deferro, sulfato de cobre, carbonato de cálcio, óxido de manganês, óxido de zinco, iodato de cálcio,levedura seca de cervejaria, levedura enriquecida com selênio, cobre aminoácido quelato,manganês aminoácido quelato, zinco aminoácido quelato, taurina, L-carnitina, DL-metionina,palatabilizante à base de fígado de frango, antioxidante (BHA).*Milho integral moído e glúten de milho geneticamente modificados por Bacillus thuringiensis,Streptomyces viridochromogenes, Agrobacterium tumefaciens, Zea mays.

Outros ingredientes que se destacam são a gordura de frango e levedura seca de cervejaria, além de óleo de peixe refinado, que é fonte de ômegas, e biotina, que são essenciais para a manutenção dos pelos.

A Royal Canin Veterinary Diabetic também age no equilíbrio intestinal, devido a casca de ervilha e casca de psyllium, reduzindo ainda o volume e odor das fezes, já que conta com polpa de beterraba.

Quantidade de ração Royal Canin Diabetic

De acordo com o fabricante, esta deve ser a quantidade de ração de acordo com as características do cachorro:

Peso do cão Magro Peso ideal Tendência sobrepeso
2 kg 61 g 54 g 46 g
4 kg 102 g 90 g 78 g
6 kg 139 g 122 g 105 g
10 kg 203 g 179 g 155 g
15 kg 276 g 243 g 210 g
20 kg 342 g 301 g 260 g
25 kg 404 g 356 g 307 g
30 kg 464 g 408 g 352 g
35 kg 521 g 458 g 396 g
40 kg 575 g 506 g 437 g
50 kg 680 g 599 g 517 g
60 kg 780 g 686 g 593 g

Perguntas frequentes sobre a ração

A Royal Canin Veterinary Diabetic contém transgênicos?

Sim, há presença de milho transgênico em sua composição.

A Royal Canin Veterinary Diabetic contém aditivos químicos?

Sim, a ração contém antioxidante BHA em sua fórmula.

Pontos positivos da ração

Tem qualidade Super Premium

A Royal Canin Veterinary Diabetic é classificada como Super Premium, o que significa que possui o nível máximo de qualidade. Assim, é possível perceber que seus ingredientes são mesmo de qualidade e que a ração é bem recomendada.

Possui bons componentes para cães com diabetes

A composição da Royal Canin Diabetic contribui para a saúde dos cães com diabetes, fazendo com que a ração cumpra com seu objetivo. Isso porque possui formulação específica para ajudar a diminuir as variações da glicemia pós-prandial e alto teor de proteína, que contribui para a manutenção da massa magra e limita a deposição de gordura.

Pontos negativos da ração

Possui transgênicos

A composição da Royal Canin Diabetic conta com ingredientes transgênicos, o que não é bem recomendado. Porém, é importante que os tutores de cães saibam que não existem comprovações de que os transgênicos presentes nas rações são prejudiciais para a saúde dos cães.

Possui antioxidantes sintéticos

A Royal Canin Diabetic possui antioxidantes sintéticos ao invés dos naturais, como é o mais recomendado, o que pode pode ser ruim para a saúde canina.

Afinal, a ração Royal Canin Diabetic é boa?

Sim, a Royal Canin Veterinary Diabetic é uma ração de boa qualidade. A ração cumpre com seu principal objetivo e atende bem aos cães com diabetes, já que conta com níveis adequados de proteínas. Sua composição conta com bons ingredientes, que são fontes de nutrientes essenciais, como carboidratos e ômegas 3 e 6.

Por outro lado, é possível encontrar pontos negativos no alimento, que carrega ingredientes transgênicos e antioxidantes sintéticos em sua composição, o que pode ser prejudicial para a saúde canina.

Comentários