9 curiosidades incríveis sobre a raça lhasa apso

Cães da raça lhasa apso são muito populares nos lares brasileiros e trazem diversas curiosidades. Separamos 9 fatos que talvez você não saiba
Lhasa Apso de pelo longo marrom

De porte pequeno, pelagem longa e olhinhos irresistíveis, o cãozinho da raça lhasa apso é um dos mais queridos do país. Uma pesquisa realizada pela empresa Dog Hero, mostrou que a raça é a 5º mais popular do Brasil. E a fama do cãozinho entre os brasileiros não é à toa, o animal tem uma personalidade forte mas ao mesmo tempo é muito amável e companheiro, sendo uma excelente opção para as famílias. 

Pensando nisso, nós vamos te mostrar 9 curiosidades que apontam o porque desse pet ser tão querido em todo o país. Além disso, você ficara encantado após conhecer um pouco mais sobre os lhasa apso. Acompanhe até o final!

9 curiosidades sobre o lhasa apso

1. Eles são tibetanos

A raça surgiu em uma das aldeias do Tibet em 800 a.C., onde por muitos anos esse cãozinho foi companheiro dos monges e budistas. Eles possuíam crenças sagradas sobre o animal, devido ao seu porte nobre e inteligência. Além disso, esses cães também protegiam os templos pela capacidade de identificarem quem era amigo ou inimigo. 

2. Amuleto da sorte 

Antigamente os cães da raça lhasa apso eram considerados sinais de sorte, por isso eles eram dados de presente e nunca vendidos. Dalai Lama, um dos líderes espirituais do Tibete, tinha o costume de oferecer o cãozinho como presente. Ele deu exemplares para o imperador da China e também para outras figuras chinesas importantes.

3. Lhasa apso x shih tzu  

O costume de oferecer os cãezinhos da raça lhasa apso aos chineses pode ter contribuído com a semelhança com os shih tzus, pois acredita-se que o lhasa apso deu origem a uma série de raças de cães chineses.  Até hoje em dia, muitas pessoas têm o costume de fazer diversas comparações entre as raças, no entanto elas são bem diferentes.

As duas raças chegaram a pertencer ao mesmo grupo em 1935 devido à grande semelhança. Entretanto, algumas diferenças na aparência e comportamento foram percebidas e as raças foram separadas. O lhasa apso tem um pelo liso e comprido, já o shih tzu tem uma pelagem encaracolada e possui uma maior variedade de cores. Além disso, eles apresentam algumas diferenças no crânio e até mesmo no tamanho, o lhasa apso costuma crescer mais que o shih tzu.

4. Cão sagrado

Além de ser considerado um amuleto da sorte, os tibetanos possuíam a crença de que o cãozinho era sagrado, pois para eles, o animal fazia parte do processo de reencarnação. Ou seja, quando o tutor morria, o espírito dele entrava no cachorro. Os monges tibetanos protegiam os lhasa apsos pois acreditavam que eles eram a reencarnação dos sacerdotes dos templos. 

5. Personagem da Turma da Mônica

De cor verde e  uma aparência um pouco difícil de decifrar, o cãozinho do Cebolinha, da Turma da Mônica, é da raça lhasa apso. O próprio personagem revela a raça do animal na revistinha em quadrinhos, na número 107. Incrível, não é?

6. Vasta paleta de cores

O cachorrinho dessa raça é conhecido pela sua pelagem longa, brilhante e bastante sedosa. Apesar de apresentarem algumas variações de cor como areia, cinza escuro, mel e preto, a cor mais comum e branco com dourado. O tutor ainda deve estar ciente em aparar o pelo do animal, principalmente na região dos olhos. 

7. Cão lobo

Mesmo tendo um porte pequeno, algumas teorias apontam que o cãozinho da raça lhasa apso tem uma ligação distante com os lobos das montanhas do Tibete. Alguns pesquisadores chegaram a iniciar estudos com o DNA da raça para terem provas mais concretas, entretanto, ainda ninguém conseguiu validar a teoria. 

8. Inteligência 

O cãozinho da raça lhasa apso está na 68º posição no ranking de inteligência canina feita por Stanley Coren. O pequeno ocupa esse lugar, pois ele tende a ser bastante teimoso e disperso. Entretanto,  o cãozinho pode ser bastante inteligente e atender aos comando do tutor, desde que o adestramento seja feito desde cedo.  

9. Não se engane pelo seu tamanho 

Mesmo sendo pequeno e aparentar ser frágil, o cãozinho dessa raça adora brincar e tem muita energia. Além disso, ele é bastante desconfiado com estranhos e pode latir para algum desconhecido na tentativa de alertar o tutor, fazendo jus à sua característica fiel e companheira. Logo, para que ele não seja um cão antissocial com estranhos, é importante que você inicie os treinamentos de sociabilização quando ele ainda é filhote.

Como é a saúde do lhasa apso?

Os cães da  raça lhasa apso são bastante saudáveis e apresentam poucas complicações de saúde, mas o tutor deve estar atento aos olhos e a pelagem. Por ter uma boa saúde, sua expectativa de vida pode chegar aos 12 ou 14 anos, ou facilmente ultrapassar isso. Um dos cães da raça chegou a atingir os 29 anos de idade, sendo considerado um dos cachorros mais velhos do mundo. 

No entanto, é muito importante que o tutor tenha uma atenção especial voltada para os olhos do pet, o lhasa apso tem uma forte tendência a apresentar problemas oftalmológicos, como conjuntivite, catarata e até mesmo cegueira. Os pelos também merece atenção e precisam ser escovados diariamente.

Qual é o preço do lhasa apso no Brasil?

Os cães dessa raça não costumam ser muito caros, um filhote de lhasa apso pode custar cerca de R$ 800 ou R$ 2000. Mas antes de comprar um cachorro, tente considerar a adoção! Além de ser gratuita, você estará dando um nova oportunidade para milhares de cães que vivem em abrigo a espera de um lar. Adotar é tudo de bom, boa sorte!

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *