Cachorro pode comer caqui? Veja os benefícios da fruta e os cuidados necessários

O caqui é uma boa opção para os cachorros, mas não pode ser oferecida em excesso. Saiba os benefícios e cuidados com a fruta
caquis

Com um cheiro único e um sabor delicioso, o caqui é uma fruta muito popular no Brasil. Considerada o primo do tomate, o caqui não conquista apenas os humanos como também os cães.

Mas será que os nossos peludos também podem saborear essa fruta? Antes de oferecer o caqui para os cães é muito importante saber primeiro se eles podem consumir a fruta.

Além disso, qualquer novo alimento ou mudança na dieta do cachorro deve ser feito com a ajuda de um médico veterinário, pois cada cãozinho possui necessidades nutricionais únicas. Acompanhe e tire suas dúvidas!

Os cães podem comer caqui?

Sim, os cães podem saborear o caqui. No entanto, deve ser oferecido apenas uma vez na semana e as porções nunca devem ultrapassar de 100 gramas. Também é importante remover todas as sementes e oferecê-la em pedaços, a fruta nunca deve ser oferecida inteira.

Os cães não podem comer muito caqui, pois a fruta é extremamente rica em açúcares e também em carboidratos, logo, pode favorecer a obesidade. Além disso, o consumo da fruta não é recomendado para os pets que apresentam o quadro de diabetes, pois pode acabar aumentando a produção de insulina no sangue. Fique atento!

Uma unidade de caqui contém cerca de 21 gramas de carboidratos e 78 calorias, incluindo os açúcares, uma quantidade alta para os cães. Por isso, os nossos queridos peludos não podem comer mais de um caqui por semana. Além de ser potencialmente tóxicas, em excesso podem provocar obstrução intestinal, cólicas e vômitos.

Benefícios do caqui para os cães

cachorro com a lingua pra fora

Mesmo tendo um alto valor de carboidratos, a fruta também oferece benefícios e pode ser muito mais saudável que muitos petiscos industrializados, logo pode ser uma excelente opção de snack.

O caqui possui uma alta quantidade de fibras, betacaroteno, minerais e vitamina A e C, que podem ajudar na manutenção do sistema imunológico. Além disso, auxilia no trânsito intestinal, prevenindo a constipação nos pets. Confira outros benefícios:

  • Ajuda na saúde do coração, prevenindo doenças cardiovasculares;
  • Melhora o funcionamento do intestino do animal, ajudando os pets que sofrem com constipação;
  • Ajuda a controlar a pressão arterial;
  • Faz bem para a visão, sendo uma excelente opção para os cães com a idade avançada;
  • Ajuda cadelas prenhas na gestação devido a alta concentração de fibras e vitamina A;
  • Combate o estresse e também a ansiedade nos peludos.

É importante saber que para cães adultos saudáveis, o consumo de frutas não deve ultrapassar 10% das calorias diárias recomendadas por um veterinário.

Portanto, pode dar caqui para cachorro, contanto que seja moderado. Lembre-se! Antes de acrescentar a fruta na dieta do seu cachorro, converse com um profissional, pois cada animal tem necessidades nutricionais únicas. Acrescentar novos alimentos na dieta do pet sem orientação pode ser arriscado.

Comentários